Jornal Página 3
Geral

Operação vai tentar rebocá-la para o alto mar


Geral

Acidente aconteceu em Itapema


Esportes

Abertura foi realizada nesta segunfa-feira


Policia

Crime aconteceu no começo da manhã de ontem


Saúde

Veja a programação do Outubro Rosa e participe


Publicidade


Publicidade

Resort de Balneário Camboriú terá programação especial para crianças e adultos


publicidade

Centro comunitário do Estaleiro será entregue (novamente) à população
Celso Peixoto

A Prefeitura de Balneário Camboriú anunciou que fará na terça-feira (17), às 19h, cerimônia para nova entrega do Centro Comunitário do Estaleiro. É que a unidade foi inaugurada pelo prefeito Edson Renato Dias em dezembro do ano passado, mas teve que passar por uma reforma antes mesmo de ser aberta ao público.

O Centro Comunitário é uma reivindicação antiga da comunidade. Desde 2012 a associação de moradores luta por ele. A construção foi prometida pela antiga administração em 2013, mas começou a sair do papel só em 2015.

Logo que a atual gestão assumiu foi constatado que o espaço apresentava irregularidades na parte estrutural, como rachaduras e problemas na fiação.

“Notificamos a empresa responsável pela obra e cancelamos o pagamento até a conclusão do serviço. A Secretaria de Planejamento e Gestão Orçamentária acompanhou a reforma e a empresa concluiu os serviços no final de setembro. Agora, o espaço estará disponível para a comunidade”, comentou o secretário de Desenvolvimento e Inclusão Social, Luiz Maraschin.

O Centro Comunitário já recebeu até nome (apesar disso não ter sido discutido com aquela comunidade). Foi denominado Centro Comunitário Tonho Cilo, através de projeto do vereador Asinil Medeiros. A unidade fica na Rua Vereador Domingos Fonseca, ao lado do Centro Educacional Municipal Dona Lila - Bairro do Estaleiro.

A estrutura tem cozinha, vestiários, banheiro, churrasqueira e salão de festas.

O agendamento para eventos em outubro, novembro e dezembro poderá ser feito diretamente na unidade na quarta-feira (18), das 8h às 17h, gratuitamente. O interessado deve ser maior de 21 anos, levar documentos pessoais e comprovante de residência de Balneário Camboriú.

As entidades sem fins lucrativos e órgãos públicos têm preferência de uso e devem encaminhar ofício para a Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, antes das datas do agendamento para as pessoas físicas.

Mais informações na Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social pelo (47) 3363-2745.

Quem era Tonho Cilo

Segundo o projeto de denominação do centro, de autoria do vereador Asinil Medeiros, Antônio Pereira, popularmente conhecido como "Tonho Cilo", nasceu em 16 de Novembro de 1938, no município de Camboriú, foi casado com a Sra. Anadir Rebelo Pereira por 42 anos, com quem teve quatorze (14) filhos.

Nas décadas de 70, foi vendedor ambulante na praia central, na temporada, onde carregava os seus produtos da roça em seus ombros com o auxílio de bambu, sendo que esses produtos eram plantados e colhidos por ele mesmo com a ajuda de seus filhos.

Na baixa temporada viviam das suas plantações, como arroz, feijão, mandioca, café e amendoim, também utilizava esses produtos para realizar trocas de mercadorias, bem como, peixes e demais alimentos perecíveis. Nessa época também usava a mandioca para fazer farinha nos engenhos de alguns moradores da comunidade.

Nos anos 80 iniciou seus trabalhos na Prefeitura do nosso Município como "trecheiro", limpando ruas, logo após passou a servente da Escola e da Creche do Bairro Estaleiro, zelando pelas hortas e gramados, onde prestou seus serviços até se aposentar.

No dia 09 de Dezembro de 2015 faleceu, deixando 11 filhos, 25 netos e 02 bisnetos.


Quinta, 12/10/2017 9:57.


publicidade






publicidade





Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br