Jornal Página 3
Edson Fachin autoriza abertura de inquérito contra presidente Michel Temer
Marcos Oliveira.

LETÍCIA CASADO, RUBENS VALENTE E TALITA FERNANDES
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a abertura de inquérito para apurar se o presidente Michel Temer cometeu crime de obstrução à Justiça com base na delação premiada dos irmãos Batista, do grupo JBS.

Os empresários Wesley e Joesley Batista entregaram aos procuradores uma gravação em que Temer dá aval a um pagamento para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do doleiro Lúcio Funaro, informou reportagem do jornal "O Globo". Os dois já estavam presos pela Lava Jato.

Temer ouviu de Batista que ele estava pagando a Cunha e Funaro "uma mesada na prisão para ficarem calados'. Diante da informação, Temer incentivou: 'Tem que manter isso, viu?'", de acordo com o jornal.

Segundo a Folha apurou, ainda em abril, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez consultas ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no (STF) Supremo Tribunal Federal, sobre a possibilidade de investigar Temer. 

 


Quinta, 18/5/2017 15:04.




Geral

Previsão é que trabalhos sejam concluídos no ano que vem


Cidade

Mudanças cumprem exigência da Vigilância Sanitária  


Cultura

O lançamento no Brasil está previsto para o segundo semestre 


Justiça

Condenado a 181 anos de prisão estuprador de dezenas de mulheres ficou menos de 3 anos na cadeia 


publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br