Jornal Página 3
Geral

Medidas que podem acelerar empreedimentos tramitam lentamente na burocracia pública 


Geral


Cidade

Trecho da Avenida do Estado ficará interditado durante o dia


Política


Agora Balneario

Mais de mil contabilistas estão inscritos no encontro  


Geral


Cidade

Iniciativas do poder público e da iniciativa privada podem garantir um futuro verde para a cidade


Saúde

Incidência da doença tem aumentado no sul e sudeste


Geral


Cultura

Já foram 50 livros publicados e mais de duas décadas de coluna no Página 3


Publicidade

Leia a publicação do Convention Bureau 


publicidade

Crise no governo faz Bolsa travar negócios pela 1ª vez desde 2008

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira recorreu ao mecanismo de circuit breaker, que trava as negociações em caso de instabilidade no mercado, pela primeira vez desde 2008, após a crise provocada por gravação em que o presidente Michel Temer sugere a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

Isso significa que as ações que compõem o índice Ibovespa, dos papéis mais líquidos, tiveram seus preços negociados no limite máximo de queda permitido pela Bolsa antes de interromper os negócios.

O Ibovespa travou as negociações quando já caíra 10,46%, para 60.470 pontos.

O limite inferior de queda do índice para acionar o mecanismo era de 60.786,225 pontos, o que significaria queda de 10% ante o fechamento de quarta, que foi de 67.540 pontos.

O mecanismo havia sido adotado pela última vez em 22 de outubro de 2008, quando a Bolsa havia oscilado -10,18%.

O circuit break é uma ferramenta acionada quando o índice Ibovespa tem variação negativa de 10% em relação ao fechamento anterior. Os negócios são paralisados por 30 minutos.

Se, após a reabertura, o Ibovespa continuar caindo e tiver uma desvalorização de 15% ante o fechamento anterior, as operações são interrompidas novamente, agora por uma hora.

Caso os negócios sejam reabertos após a segunda interrupção e caírem mais de 20%, a Bolsa pode suspender os negócios por prazo indeterminado. 


Quinta, 18/5/2017 10:51.




publicidade




Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br