Jornal Página 3
Colunistas
Cidade

Sistema engloba de casas a edifícios e parece mais moderno e ágil 


Cidade

Depósitos de entulho são vistos por toda a cidade


Política

 Relembre os diálogos de Aécio com Joesley da JBS


Saúde

CVV atende agora em SC pelo 188 e de graça


Esportes

Campeões 2016 confirmaram presença


Variedades

Shows de rock, workshops e acessórios do mundo cervejeiro no BS Hall


Geral

Comunidade pode participar das palestras mediante inscrição prévia


Equilíbrio

Em debate resíduos sólidos na região da Costa Brava  


Cidade

Em 10 meses ela se transformou num sucesso que já ocupa duas praças e uma avenida


Publicidade


Publicidade

Resort de Balneário Camboriú terá programação especial para crianças e adultos


publicidade

Alésio, o ‘bruxo’ das plantas
Caroline Cezar

Alésio dos passos, conhecido como “Bruxo”, é ambientalista, cultivador de plantas medicinais, estudante interessado e um professor generoso.

Nascido e vivendo na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, até hoje, Alésio é também é um semeador: já participou da montagem de “umas 150” farmácias vivas pelo Estado, inclusive em postos de saúde; fez capacitações para residentes de medicina; leva jardins medicinais e a ideia de conhecer a natureza como aliada para centenas de pessoas.

Em Canasvieiras tem um projeto que é modelo pro Estado, com uma horta bem desenhada, coleção de frutas exóticas, campo de compostagem, reaproveitamento da água da chuva e laboratório para manipular, lá fazem diversos produtos. Citou também a pastoral da saúde, funcionando há 24 anos ao lado de um shopping, que dá mais movimento que muita farmácia.

Junto com Viviane Corazza, farmacêutica que há quase uma década é parceira de trabalho, já fizeram mais de 200 palestras na região, incluindo uma na Secretaria do Idoso em Balneário Camboriú no início de junho, trazendo muitas espécies e dicas práticas.

“A saúde é uma prática diária: como estamos respirando, olhando a vida, nos alimentando? As plantas ajudam muito, desde aprender a ingerir, até tomar banho de natureza, ficar descalço na terra, respirar lá fora, fazer essa conexão... a maioria das doenças vem por esse afastamento”, fala Viviane, contando por que tomou o caminho das plantas na carreira de farmacêutica.

Para iniciar a fala alertaram que o tratamento com plantas deve ser muito cuidadoso: sempre deve-se conhecer o nome popular, o nome científico, para que se usa, como se usa e as contra indicações. Planta não tem nada de inofensivo, e é muito importante ter prudência, porque na interação com medicamentos pode potencializar ou anular o efeito de outro remédio. Também é bom adotar dose definida e tratamento sistemático, e isso se faz muitas vezes, através das farmácias de manipulação, que usa a concentração exata.

O “certo”, diz Alésio, seria fazer uma abordagem individual bem completa. “O médico não consegue fazer isso em 5 minutos, mas pra ajudar real mente aquela pessoa, precisa querer saber como ela tá, o corpo físico, o corpo espiritual, o que está comendo, como está se sentindo, se tá feliz ou não tá feliz, como tá a energia vital dela, e até saber se tá ficando ou não tá ficando (risos)... ficar é bom pra saúde.

”Nesse clima descontraído citou mais de 20 plantas e brincou com o público, que também trazia curiosidades e informações que vinham de encontro com o estudo: “Tudo que eu aprendi é com a comunidade simples... a verdade tá toda solta por aí...”, afirmou Alésio.

Alésio e Viviane tem um blog chamado Farmácia da Natureza (www.farmaciadanatureza. com.br), onde compartilham indicações, curiosidades, dicas fitocosméticas (Viviane tem uma linha completa de cosméticos naturais), e até receitas desenvolvidas pela esposa de Alésio, Cléa Bregue, que é gastrônoma e chef funcional.


Sábado, 29/7/2017 15:17.


publicidade






publicidade





Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br