Jornal Página 3

Yachthouse Residence emprega sistema inédito em construções
Yachthouse Residence ultrapassa metade da obra e emprega sistema inédito em construções no sul do país, o Outrigger
Yachthouse Residence ultrapassa metade da obra e emprega sistema inédito em construções no sul do país, o Outrigger

Terça, 29/8/2017 11:00.

No final de 2019 o maior empreendimento residencial da América latina, o Yachthouse Residence Club, da Construtora Pasqualotto & GT será concluído, na Barra Sul, em Balneário Camboriú.

A imponência vai além do número de andares, 81 pavimentos em cada torre, mas também pela área de lazer de deixar os principais hotéis de luxo abismados. São 10 mil m² de áreas de lazer, dos quais 5,5 mil abertos, que oferecem mais de 30 instalações aos moradores, entre piscinas, lounges, salas de festa, cinema e academia, que terão no residencial serviços com categoria de hotel cinco estrelas.

Para dar conta de movimentar os moradores e seus convidados, 17 elevadores irão transportar os usuários pelo empreendimento. São 10 elevadores com capacidade para até 14 pessoas, com um deslocamento de seis metros por segundo.

O trajeto do térreo ao 78º andar, último pavimento de apartamentos levará impressionantes 50 segundos. Dois elevadores são exclusivos do Heliponto, com capacidade para 9 pessoas e velocidade de 1 m/s. Dois servirão as Garagens da Marina, com capacidade para 8 pessoas e velocidade de 1m/s. Outro elevador atenderá ao escritório frontal, capacidade para 13 pessoas e velocidade 1m/s e dois atenderão a boate e o restaurante, com capacidade para 17 pessoas e velocidade de 1m/s.

A magnitude do empreendimento também se traduz em números, que impressionam. Somente na fundação, que levou um ano e meio pra ficar pronta foram usados 4562 caminhões de cimento. Nos apartamentos, a amplitude dos espaços – com cerca de 250 m² privativos e 450 m² de área total, chama a atenção. Todas as 252 unidades terão quatro suítes, duas com closet e uma com hidromassagem, além de lavabo e dependência de empregada com banheiro.

Para dar conta de erguer uma obra deste porte, sem riscos à estrutura, a construtora está empregando um procedimento inédito no sul do país, chamado de Outrigger. O objetivo deste sistema é auxiliar na redução da oscilação em edifícios altos aumentando a rigidez.

- É um dos dispositivos utilizados para absorver os efeitos dinâmicos na estrutura dos maiores arranha-céus, explica o Engenheiro Civil, Davi Hanel Rotilli Junior, responsável pelo planejamento da obra. Davi explica que o Outrigger consiste em um reforço na estrutura, que no caso do Yachthouse ocupou dois pavimentos, na metade do empreendimento.

“Foram projetados dois pavimentos Outriggers em cada Torre, sendo que cada um deles possui volume de concreto e peso de aço equivalente a três pavimentos de apartamento. Esse montante de materiais dificultou muito a execução”, pontuou o Engenheiro.

Atualmente o Yachthouse Residence tem a Torre 01 no 49º pavimento e a Torre 02 iniciando a concretagem do 48º. Considerando Fundação Profunda, Blocos, Contenção e Supra Estrutura foram utilizados até agora mais de 57.000 m³ de Concreto com resistências de 30Mpa a 56Mpa. A sigla MPa é uma unidade de medida de pressão do sistema internacional. Significa “mega pascale” e mede a resistência do concreto.

Para números tão impressionantes, os desafios são igualmente grandes, conforme explica Davi Rotilli. “Cada etapa do Yachthouse gera um planejamento da equipe e desde a fundação tem sido assim”, pontua. Na fundação dois grandes desafios foram enfrentados pela equipe, a logística para a concretagem dos blocos e a montagem da armação, que foi composta em sua maioria por barras de diâmetro de 40mm.

Na parte estrutural o desafio tem sido o transporte vertical de materiais, sendo que para o aço foi utilizada uma grua em cada torre e para a concretagem foi instalado um mastro para distribuição do concreto.

Além dos pavimentos Outrigger, citados pelo Engenheiro, a execução da fachada do Yachthouse será outro grande desafio. “Nesta forma de execução os painéis já vêm de fábrica confeccionados com 3,24m de altura e são acoplados à estrutura do prédio através de ancoragens previamente fixadas. O maior desafio desse sistema é garantir que todos os painéis sejam distribuídos para os pavimentos e o sistema de içamento para instalação”, acrescentou Davi.

As instalações hidrossanitárias também requerem atenção da equipe de planejamento do empreendimento, cujo desafio maior é o bombeamento de água e garantia da pressão uniforme nos apartamentos, em todos os andares.

Em uma obra deste porte a segurança ganha destaque e é um dos focos da construtora. “Precisamos garantir que os moradores se sintam e estejam seguros no Yachthouse, por isso temos diversos dispositivos não convencionais de segurança, como instalação de Sprinkler em todos os pavimentos, (componente que descarrega água quando for detectado um incêndio, por exemplo), Escada Pressurizada e Janelas de desenfumagem.

O projeto da Construtora e Incorporadora Pasqualotto & GT Incorporadora, ainda leva a assinatura do estúdio de design Pininfarina – reconhecido internacionalmente como um símbolo do estilo italiano. As características diferenciadas do empreendimento atraíram celebridades como o jogador Neymar e o cantor Luan Santana, e outros artistas e desportistas que já garantiram unidades.

 

 


Publicidade


Colunistas
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
Geral

Começou na segunda-feira e segue até quarta-feira 


Cultura

Edital vai distribuir R$ 920 mil para projetos culturais


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Comercial

Promoções Rosar Alimentos para esta semana