Jornal Página 3

Empregos continuam em baixa em Balneário Camboriú

Sábado, 17/6/2017 11:58.

Pelo segundo ano consecutivo Balneário Camboriú vem amargando mau desempenho na geração de empregos com carteira assinada é o que mostram as estatísticas do Ministério do Trabalho.

A sazonalidade se faz sentir com mais intensidade e os saldos (diferença entre admissões e demissões) mostram isso.

No geral o principal problema é a construção civil que parou de gerar empregos nos dois últimos anos e em 2016 demitiu cerca de 25% dos seus empregados.

Veja os números da variação de empregos com carteira assinada em Balneário Camboriú

Quadrimestral Janeiro a Abril
2017 – 1174
2016 - 1512
2015 - 410
2014 - 140
2013 – 377

Anual de abril a abril
2016 a 2017 – 725
2015 a 2016 – 2034
2014 a 2015 + 942
2013 a 2014 + 1430
2012 a 2013 + 701

Só construção civil anual abril a abril
2016 a 2017 - 159
2015 a 2016 -1285
2014 a 2015 + 227
2013 a 2014 + 530
2012 a 2013 + 352

Fonte: Cadastro geral de Empregados e Desempregados do MTE.


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Cidade

PIB cresceu forte sob Pavan e Spernau e desacelerou entre 2010 e 2015


Cidade

Crise econômica impacta negativamente nas contas públicas  


Cidade

Vigoroso trabalho de recuperação está em andamento 


Policia

Soldados tiveram sete meses de aulas práticas e teóricas no 12º Batalhão


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade