Jornal Página 3

Disponível um novo guia de Balneário para moradores e turistas

Entrou em funcionamento na madrugada de sábado o aplicativo para celulares Guia Legal BC (www.guialegalbc.com) que oferece informações atualizadas sobre Balneário Camboriú para moradores e turistas.

Ele funciona nas plataformas Android (já disponível) e IOS (a partir de 09/11), além de poder ser visualizado diretamente no computador, sem baixá-lo para o celular.

Desenvolvido pelo Página 3 em parceria com o Atracadouro Barra Sul (do Grupo Tedesco) o Guia Legal BC visava atender inicialmente os cerca de 60.000 passageiros de navios de turismo que virão à cidade nesta temporada.

Em seguida o Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, que procurava um aplicativo semelhante para distribuir nos eventos realizados na cidade, aderiu ao projeto que se tornou mais amplo, agregando informações.

Na sequência a Associação dos Bares e Restaurantes de Balneário Camboriú (ABRES) também aderiu, para promover seus associados.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) igualmente quis participar e o Guia Legal BC passou a ter informações sobre o comércio em geral.

A ideia de entidade é colocar no aplicativo cerca de 600 empresas, das quais a metade já está implantada.

O Guia Legal BC á baseado em divulgação contínua e intensiva dos restaurantes e lojas participantes. É uma plataforma de publicidade a baixo custo que agrega informações turísticas.

Foram iniciadas neste sábado campanhas nos portais do Página 3 que cobrem Balneário Camboriú, Itapema e Bombinhas; em redes sociais e na rádio Menina.

O Guia Legal BC também será divulgado no Atracadouro Barra Sul durante os desembarques de passageiros de navios e nas feiras e convenções que se realizaram na cidade.

O que oferece o guia

Georreferenciamento – Todos os locais indicados no Guia Legal BC são georreferenciados, o usuário pode obter rotas, calcular tempos e distâncias usando as tecnologias Google Maps.

Restaurantes – Informações sobre alguns dos principais restaurantes da cidade com ou sem cupons de desconto que o usuário pode baixar pelo próprio aplicativo para obter o benefício de pagar menos.

Comércio – Lojas separadas por segmento de negócios, com uma breve descrição do que cada uma oferece.

Praias – Detalhes sobre as praias de Balneário Camboriú, como acessá-las e cuidados necessários ao frequentá-las.

Passeios – Relaciona os principais passeios disponíveis na cidade para turistas e moradores. Informa detalhes como preços de ingressos, horários de funcionamento etc.

Eventos – Informa os principais eventos que ocorrem na cidade na área cultural, baladas etc. É um serviço compartilhado com o jornal Página 3 que já produz rotineiramente esse conteúdo.

Como acessar

É possível baixar gratuitamente o guia para seu celular nas lojas de aplicativos para Android e Iphone (a partir 9/11) ou acessar diretamente guialegalbc.com.

O aplicativo é leve por isto baixa rapidamente e ocupa pouco espaço no celular.

Para sua empresa participar

Se você tem um comércio ou restaurante o Guia Legal BC pode lhe ajudar a atrair clientes através da divulgação a baixo custo junto aos turistas e moradores da cidade.

Para obter detalhes o contato pode ser feito através do Convention Bureau, da CDL, da ABRES ou diretamente com o Página 3 pelo telefone (47) 98402.1643.


Sexta, 27/10/2017 7:34.
Publicidade


Colunistas
por Waldemar Cezar Neto
por Sonia Tetto
por Augusto Cesar Diegoli
por Saint Clair Nickelle
por Enéas Athanázio
Cultura

Na programação 76 filmes, feira, cursos e palestras  


Cidade

A deste ano com 20 escalas nem começou e a próxima já prevê 35% de crescimento 


Esportes

Aqui será conhecida a melhor associação do Estado


Saúde

O alerta maior é para que todos façam a sua parte  


Cidade

Aplicativo é voltado para turistas e moradores 


Variedades

Neste final de semana 


Cidade

Balneário Camboriú, o Atracadouro e o empreendedor foram os vencedores neste ano


Cidade

Decreto quer reduzir impacto no trânsito


Cidade

Administração segue sem apresentar proposta objetiva sobre IPTU 


Publicidade

Projetos têm nomes de árvores nativas e podem ser adequados ao gosto dos clientes


Publicidade