Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Prefeitura procura ideias para mercado público e passarela da Barra

Processo tortuoso também inclui um deck na ilha do mangue

Sexta, 7/12/2018 9:34.
JC Drones
Talvez fosse melhor deixar as ilhas do rio Camboriú em paz.

Publicidade

A prefeitura de Balneário Camboriú lançou ontem chamamento público de apresentação de projetos para a passarela da Barra; para o mercado público da Barra e para o “deck da ilha”, uma estrutura que seria construída na pequena ilha fluvial existente no rio Camboriú em frente à Marina Tedesco.

Era de se esperar que algum projeto concreto surgisse nos quase dois anos transcorridos desde que a administração municipal falou pela primeira vez em terceirizar esses espaços, mas isso não ocorreu.

Se fosse elaborado um projeto a cidade poderia estar licitando os espaços e não propostas de viabilidade para eles.

Poderão participar do chamamento pessoas físicas e jurídicas nacionais ou estrangeiras.

Os projetos selecionados no todo ou em parte para futura licitação poderão ser pagos a quem os desenvolveu por quem vencer essas licitações.

Para acessar o edital de chamamento clique aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
JC Drones
Talvez fosse melhor deixar as ilhas do rio Camboriú em paz.
Talvez fosse melhor deixar as ilhas do rio Camboriú em paz.

Prefeitura procura ideias para mercado público e passarela da Barra

Processo tortuoso também inclui um deck na ilha do mangue

Publicidade

Sexta, 7/12/2018 9:34.

A prefeitura de Balneário Camboriú lançou ontem chamamento público de apresentação de projetos para a passarela da Barra; para o mercado público da Barra e para o “deck da ilha”, uma estrutura que seria construída na pequena ilha fluvial existente no rio Camboriú em frente à Marina Tedesco.

Era de se esperar que algum projeto concreto surgisse nos quase dois anos transcorridos desde que a administração municipal falou pela primeira vez em terceirizar esses espaços, mas isso não ocorreu.

Se fosse elaborado um projeto a cidade poderia estar licitando os espaços e não propostas de viabilidade para eles.

Poderão participar do chamamento pessoas físicas e jurídicas nacionais ou estrangeiras.

Os projetos selecionados no todo ou em parte para futura licitação poderão ser pagos a quem os desenvolveu por quem vencer essas licitações.

Para acessar o edital de chamamento clique aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade