Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Caiu o toldo do Colégio João Goulart na rua 1500

Estrutura está sobre a calçada

Quarta, 10/1/2018 9:12.
Edson Kratz.
O toldo sobre a calçada na rua 1500.

Publicidade

O toldo do Colégio João Goulart, na rua 1500, cedeu e está sobre a calçada.

O secretário do Planejamento, Edson Kratz, estava passando no local, percebeu, parou e constatou que a estrutura cedeu no final de semana, mas segundo vizinhos vinha dando sinais de fadiga há mais tempo.

Kratz reclamou que poderiam ter alertado a Defesa Civil porque se trata de uma estrutura em colapso em pleno centro da cidade.

O que diz a Gered

A gerente de Educação, Cleonice Berejuk, explicou que desde segunda-feira o setor está trabalhando em busca de orçamentos para decidir se será feita a recuperação do toldo ou a retirada e a colocação de um toldo novo.

No entanto, são necessários pelo menos três orçamentos, e as empresas estão demorando para responder, por isso o problema ainda não foi resolvido. Ela espera que até sexta-feira a situação seja resolvida.

“Pedi para retirarem o toldo para desobstruir a calçada enquanto aguardamos a definição dos orçamentos”, finalizou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Edson Kratz.
O toldo sobre a calçada na rua 1500.
O toldo sobre a calçada na rua 1500.

Caiu o toldo do Colégio João Goulart na rua 1500

Estrutura está sobre a calçada

Publicidade

Quarta, 10/1/2018 9:12.

O toldo do Colégio João Goulart, na rua 1500, cedeu e está sobre a calçada.

O secretário do Planejamento, Edson Kratz, estava passando no local, percebeu, parou e constatou que a estrutura cedeu no final de semana, mas segundo vizinhos vinha dando sinais de fadiga há mais tempo.

Kratz reclamou que poderiam ter alertado a Defesa Civil porque se trata de uma estrutura em colapso em pleno centro da cidade.

O que diz a Gered

A gerente de Educação, Cleonice Berejuk, explicou que desde segunda-feira o setor está trabalhando em busca de orçamentos para decidir se será feita a recuperação do toldo ou a retirada e a colocação de um toldo novo.

No entanto, são necessários pelo menos três orçamentos, e as empresas estão demorando para responder, por isso o problema ainda não foi resolvido. Ela espera que até sexta-feira a situação seja resolvida.

“Pedi para retirarem o toldo para desobstruir a calçada enquanto aguardamos a definição dos orçamentos”, finalizou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade