Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Arrecadação de imposto contradiz números oficiais do turismo

Tributos pagos pela hotelaria aumentaram apenas 5%

Segunda, 8/1/2018 8:48.
Arquivo Página 3.

Publicidade

Na última semana a prefeitura de Balneário Camboriú divulgou que a cidade recebeu em 2017 um total de 4.200.903 turistas, com crescimento de 22% em relação ao ano anterior.

O número de turistas causa estranheza quando se examina um dado oficial da própria prefeitura: a arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) na hotelaria cresceu apenas 5% em 2017. Descontada a inflação, o aumento real ficou em torno de 2%.

Em 2016 a prefeitura arrecadou R$ 4 milhões com ISS e em 2017 a arrecadação totalizou R$ 4,2 milhões.

Considerando o valor de R$ 100,00 por dia por hóspede fora da temporada (abril/2018), o mais baixo que se pode encontrar nos portais especializados, os R$ 4,2 milhões de ISS corresponderiam a 4.600 hóspedes por dia na cidade o que totalizaria ao final de um ano 1,7 milhão de hóspedes.

Para fechar a conta os outros 2,5 milhões de turistas teriam que se hospedar em casas ou apartamentos na razão de 42 pessoas por ano em cada imóvel.

As hipóteses para o descompasso são várias, incluindo sonegação de tributos.

Em janeiro do ano passado a secretaria de Turismo calculou a série histórica e constatou que entre 2012 e 2016 Balneário Camboriú reduziu a quantidade de turistas em 22,5%.

Se os números de 2017 são reais, significa que a cidade voltou a ter a mesma quantidade de visitantes de seis anos atrás.

O período de queda coincide com o início da crise econômica e seu agravamento.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Arquivo Página 3.

Arrecadação de imposto contradiz números oficiais do turismo

Tributos pagos pela hotelaria aumentaram apenas 5%

Publicidade

Segunda, 8/1/2018 8:48.

Na última semana a prefeitura de Balneário Camboriú divulgou que a cidade recebeu em 2017 um total de 4.200.903 turistas, com crescimento de 22% em relação ao ano anterior.

O número de turistas causa estranheza quando se examina um dado oficial da própria prefeitura: a arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) na hotelaria cresceu apenas 5% em 2017. Descontada a inflação, o aumento real ficou em torno de 2%.

Em 2016 a prefeitura arrecadou R$ 4 milhões com ISS e em 2017 a arrecadação totalizou R$ 4,2 milhões.

Considerando o valor de R$ 100,00 por dia por hóspede fora da temporada (abril/2018), o mais baixo que se pode encontrar nos portais especializados, os R$ 4,2 milhões de ISS corresponderiam a 4.600 hóspedes por dia na cidade o que totalizaria ao final de um ano 1,7 milhão de hóspedes.

Para fechar a conta os outros 2,5 milhões de turistas teriam que se hospedar em casas ou apartamentos na razão de 42 pessoas por ano em cada imóvel.

As hipóteses para o descompasso são várias, incluindo sonegação de tributos.

Em janeiro do ano passado a secretaria de Turismo calculou a série histórica e constatou que entre 2012 e 2016 Balneário Camboriú reduziu a quantidade de turistas em 22,5%.

Se os números de 2017 são reais, significa que a cidade voltou a ter a mesma quantidade de visitantes de seis anos atrás.

O período de queda coincide com o início da crise econômica e seu agravamento.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade