Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Balneário Camboriú sem condições ideais de receber turistas no feriadão

Situação aqui é a mesma de outras cidades desabastecidas

Terça, 29/5/2018 8:37.
Tomaz Silva/AB.

Publicidade

Apesar das afirmações da presidente do Conselho de Turismo, Dirce Fistarol e do gabinete do prefeito que acredita estar tudo normalizado até o feriado de quinta-feira a verdade é que Balneário Camboriú não tem condições de receber turistas nos próximos dias.

Não há abastecimento de combustíveis para veículos nem gás de cozinha. Os mercados estão sem produtos frescos como frutas, verduras e legumes e os serviços públicos funcionam no limite do possível.

Também há incertezas sobre a capacidade operacional dos aeroportos e possibilidades de bloqueios em estradas que dificultem o deslocamento de automóveis.

Mesmo que a greve dos caminhoneiros encerrasse hoje, o que é improvável, a normalização no abastecimento demoraria de três a sete dias.

Desde o final de semana o Página 3 vem recebendo consultas de turistas que programaram viagens para Balneário Camboriú e, diante das informações fornecidas pela reportagem, as cancelam.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Tomaz Silva/AB.

Balneário Camboriú sem condições ideais de receber turistas no feriadão

Situação aqui é a mesma de outras cidades desabastecidas

Publicidade

Terça, 29/5/2018 8:37.

Apesar das afirmações da presidente do Conselho de Turismo, Dirce Fistarol e do gabinete do prefeito que acredita estar tudo normalizado até o feriado de quinta-feira a verdade é que Balneário Camboriú não tem condições de receber turistas nos próximos dias.

Não há abastecimento de combustíveis para veículos nem gás de cozinha. Os mercados estão sem produtos frescos como frutas, verduras e legumes e os serviços públicos funcionam no limite do possível.

Também há incertezas sobre a capacidade operacional dos aeroportos e possibilidades de bloqueios em estradas que dificultem o deslocamento de automóveis.

Mesmo que a greve dos caminhoneiros encerrasse hoje, o que é improvável, a normalização no abastecimento demoraria de três a sete dias.

Desde o final de semana o Página 3 vem recebendo consultas de turistas que programaram viagens para Balneário Camboriú e, diante das informações fornecidas pela reportagem, as cancelam.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade