Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Caçambas e caminhões de concretagem proibidos no pico da temporada
Divulgação PMBC
A área citada pelo decreto

Quinta, 1/11/2018 11:37.

O prefeito de Balneário Camboriú Fabrício Oliveira assinou um decreto estabelecendo regras para veículos pesados, válido entre 19 de dezembro de 2018 e 7 de janeiro do ano que vem. O objetivo é melhorar a mobilidade da cidade.

De acordo com o decreto nº 9090, neste período estão proibidas as operações de concretagem para construção civil, através da circulação de caminhões de concretagem, concretagem bomba, e a colocação (permanência) de caçambas coletoras de resíduos sólidos nas vias públicas.

A medida é válida no trecho da “Zona Central de Tráfego” que inicia na Avenida Atlântica, esquina com a Rua Miguel Matte, segue até a Avenida do Estado, contornando-a em direção ao Sul até a 3ª Avenida, segue pela 3ª Avenida até a confluência com a Avenida Brasil, em direção à Barra Sul, retornando pela Avenida Atlântica até a Rua Miguel Matte.

O descumprimento das normas estabelecidas no decreto ficam sujeitos às penalidades legais cabíveis.

Para ler o decreto na íntegra clique aqui.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Caçambas e caminhões de concretagem proibidos no pico da temporada

Divulgação PMBC
A área citada pelo decreto
A área citada pelo decreto

Publicidade

Quinta, 1/11/2018 11:37.

O prefeito de Balneário Camboriú Fabrício Oliveira assinou um decreto estabelecendo regras para veículos pesados, válido entre 19 de dezembro de 2018 e 7 de janeiro do ano que vem. O objetivo é melhorar a mobilidade da cidade.

De acordo com o decreto nº 9090, neste período estão proibidas as operações de concretagem para construção civil, através da circulação de caminhões de concretagem, concretagem bomba, e a colocação (permanência) de caçambas coletoras de resíduos sólidos nas vias públicas.

A medida é válida no trecho da “Zona Central de Tráfego” que inicia na Avenida Atlântica, esquina com a Rua Miguel Matte, segue até a Avenida do Estado, contornando-a em direção ao Sul até a 3ª Avenida, segue pela 3ª Avenida até a confluência com a Avenida Brasil, em direção à Barra Sul, retornando pela Avenida Atlântica até a Rua Miguel Matte.

O descumprimento das normas estabelecidas no decreto ficam sujeitos às penalidades legais cabíveis.

Para ler o decreto na íntegra clique aqui.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade