Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Projeto do Natal de Balneário Camboriú é aprovado pelo Ministério da Cultura

Corrida agora é para conseguir patrocinadores porque o tempo é curto

Sexta, 26/10/2018 10:10.
Divulgação
O projeto Brilhos de Natal será contemplado pela Lei Rouanet

Publicidade

O projeto Brilhos de Natal foi aprovado pelo Ministério da Cultura, na terça-feira (23), contemplado pela Lei Rouanet e poderá transformar-se na principal atração turística da temporada de Balneário Camboriú.

Apresentado pela Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc) em parceria com a secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e Fundação Cultural, com total apoio do prefeito Fabrício Oliveira, o projeto tem foco cultural, com muitas novidades inspiradas em cidades turísticas como Dubai, Paris e Nova Iorque.

A abertura do Brilhos de Natal está marcada para o próximo dia 23, com a chegada do Papai Noel e um show com a Família Lima, na praça Tamandaré, às 21h.

As atrações acontecerão em 13 pontos.

Em três destes pontos, estarão as principais novidades, segundo informou o secretário de Turismo, Miro Teixeira.

Na Barra Sul, bolas vermelhas gigantes e musicais (Frank Sinatra), inspiradas no clima natalino de Nova Iorque; no Calçadão da avenida Central, haverá túneis cobertos com iluminação inspirada em Paris; na Passarela da Barra, uma cascata colorida de led, inspirada em modelo de Dubai, que poderá permanecer o ano todo no local, disse o secretário de Turismo.

O molhe da Barra Sul que chamou tanta atenção no último Natal, vai repetir a decoração, com algumas diferenças: as estrelas cadentes mudarão de cor e no final do molhe, uma surpresa: uma bola de Natal gigante, sonorizada, onde as pessoas poderão entrar. “Será um local para reflexão”, atesta Miro Teixeira.

O Pontal Norte também receberá decoração este ano. Da ponte do Canal do Marambaia até a academia a decoração será toda em tons azuis, em homenagem a conquista da Bandeira Azul para duas praias de Balneário Camboriú esse ano: Estaleiro e Estaleirinho.

“É uma novidade, é uma homenagem, é uma conquista que precisamos divulgar”, acrescentou o secretário Miro.

Na Praça Tamandaré o projeto prevê uma árvore de maior porte, além da Casa do Noel e um palco para shows que vão acontecer de 23 de novembro até os primeiros dias de janeiro.

“Na Praça do Pescador o projeto segue os moldes do Natal cristão, com presépio, anjos, figuras grandes assim como na praça Higino Pio, onde faremos um Natal mais lúdico, com a fábrica do Noel e outros atrativos”, disse Miro.

Na corrida por patrocínios

A realização de toda a programação proposta vai depender de patrocínios. Apesar do pouco tempo, a busca por empresas para patrocinar o projeto está em andamento.

O presidente da Acibalc Augusto München disse que ‘o projeto é um sonho’, mas para realizá-lo na íntegra é preciso captar até R$ 3,5 milhões.

“Nosso grande desafio é captar os recursos, porque o tempo é escasso, mas várias empresas já demonstraram interesse. No ano passado, o Brilhos de Natal custou em torno de R$ 600 mil. Este ano, a programação é extensa e com muitas novidades, mas se não conseguirmos captar a totalização, faremos parte da programação prevista. Se conseguirmos R$ 1 milhão, já vai ser muito bom, mas estamos tentando levantar tudo que foi planejado”, afirmou München.

Ele entende que, se não conseguir todo volume de recursos planejado, o importante é a ‘semente’ plantada para que ano que vem o projeto comece a ser desenvolvido mais cedo, no início do ano.

Miro Teixeira está otimista, disse que empresas como Havan, Banco do Brasil, Bistek e várias outras estão sinalizando positivamente.

O Incentivo Fiscal ou Renúncia Fiscal é a forma de estimular a iniciativa privada. O patrocínio será através do Programa nacional de Apoio à Cultura (Pronac), implementado pela Lei Rouanet.

Imagens do projeto:

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Projeto do Natal de Balneário Camboriú é aprovado pelo Ministério da Cultura

Divulgação
O projeto Brilhos de Natal será contemplado pela Lei Rouanet
O projeto Brilhos de Natal será contemplado pela Lei Rouanet

Publicidade

Sexta, 26/10/2018 10:10.

O projeto Brilhos de Natal foi aprovado pelo Ministério da Cultura, na terça-feira (23), contemplado pela Lei Rouanet e poderá transformar-se na principal atração turística da temporada de Balneário Camboriú.

Apresentado pela Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc) em parceria com a secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e Fundação Cultural, com total apoio do prefeito Fabrício Oliveira, o projeto tem foco cultural, com muitas novidades inspiradas em cidades turísticas como Dubai, Paris e Nova Iorque.

A abertura do Brilhos de Natal está marcada para o próximo dia 23, com a chegada do Papai Noel e um show com a Família Lima, na praça Tamandaré, às 21h.

As atrações acontecerão em 13 pontos.

Em três destes pontos, estarão as principais novidades, segundo informou o secretário de Turismo, Miro Teixeira.

Na Barra Sul, bolas vermelhas gigantes e musicais (Frank Sinatra), inspiradas no clima natalino de Nova Iorque; no Calçadão da avenida Central, haverá túneis cobertos com iluminação inspirada em Paris; na Passarela da Barra, uma cascata colorida de led, inspirada em modelo de Dubai, que poderá permanecer o ano todo no local, disse o secretário de Turismo.

O molhe da Barra Sul que chamou tanta atenção no último Natal, vai repetir a decoração, com algumas diferenças: as estrelas cadentes mudarão de cor e no final do molhe, uma surpresa: uma bola de Natal gigante, sonorizada, onde as pessoas poderão entrar. “Será um local para reflexão”, atesta Miro Teixeira.

O Pontal Norte também receberá decoração este ano. Da ponte do Canal do Marambaia até a academia a decoração será toda em tons azuis, em homenagem a conquista da Bandeira Azul para duas praias de Balneário Camboriú esse ano: Estaleiro e Estaleirinho.

“É uma novidade, é uma homenagem, é uma conquista que precisamos divulgar”, acrescentou o secretário Miro.

Na Praça Tamandaré o projeto prevê uma árvore de maior porte, além da Casa do Noel e um palco para shows que vão acontecer de 23 de novembro até os primeiros dias de janeiro.

“Na Praça do Pescador o projeto segue os moldes do Natal cristão, com presépio, anjos, figuras grandes assim como na praça Higino Pio, onde faremos um Natal mais lúdico, com a fábrica do Noel e outros atrativos”, disse Miro.

Na corrida por patrocínios

A realização de toda a programação proposta vai depender de patrocínios. Apesar do pouco tempo, a busca por empresas para patrocinar o projeto está em andamento.

O presidente da Acibalc Augusto München disse que ‘o projeto é um sonho’, mas para realizá-lo na íntegra é preciso captar até R$ 3,5 milhões.

“Nosso grande desafio é captar os recursos, porque o tempo é escasso, mas várias empresas já demonstraram interesse. No ano passado, o Brilhos de Natal custou em torno de R$ 600 mil. Este ano, a programação é extensa e com muitas novidades, mas se não conseguirmos captar a totalização, faremos parte da programação prevista. Se conseguirmos R$ 1 milhão, já vai ser muito bom, mas estamos tentando levantar tudo que foi planejado”, afirmou München.

Ele entende que, se não conseguir todo volume de recursos planejado, o importante é a ‘semente’ plantada para que ano que vem o projeto comece a ser desenvolvido mais cedo, no início do ano.

Miro Teixeira está otimista, disse que empresas como Havan, Banco do Brasil, Bistek e várias outras estão sinalizando positivamente.

O Incentivo Fiscal ou Renúncia Fiscal é a forma de estimular a iniciativa privada. O patrocínio será através do Programa nacional de Apoio à Cultura (Pronac), implementado pela Lei Rouanet.

Imagens do projeto:

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade