Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Prefeito apresenta Plano Cicloviário: mais 47km até final de 2020

O plano foi construído por quem pedala e conhece o assunto

Quarta, 11/12/2019 18:14.
Divulgação/PMBC

Publicidade

O prefeito Fabrício Oliveira apresentou o Plano Cicloviário, que pretende implantar mais 47km de malha cicloviária até o final do próximo ano, abrangendo praticamente toda a cidade e ligando pontos que não estavam conectados.

Fabricio Oliveira, Carlos Humberto e Fernando Marchiori

O prefeito disse na reunião que, quando pronta, esta será a malha cicloviária mais completa do Estado e talvez até do país, proporcionalmente.

“A expansão será para todos os bairros da cidade e vai interligar pontos que não estavam conectados na malha atual. Vai atender ainda áreas com densidade populacional elevada, e, consequentemente, incentivar as pessoas a utilizarem esse tipo de transporte que não polui, ocupa pouco espaço e é muito mais saudável”, afirmou.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento Carlos Humberto Metzner Silva lembrou que em janeiro de 2017, a malha cicloviária da cidade era de 30km.

“Vamos triplicar este número e chegar até o ano que vem a 90km de ciclovias e ciclofaixas. Este investimento é importante e vem ao encontro de tendência mundial de valorização das pessoas”, disse.

ACBC

A Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú (ACBC) participou da reunião e durante a execução do Plano atuou ativamente, com opiniões e sugestões.

O conselheiro de mobilidade da ACBC, Luiz Carlos Chaves disse que esse plano foi muito esperado e foi feito por pessoas que pedalam, que sabem das dificuldades do dia-a-dia do ciclista e conhecem as melhores alternativas, especialmente as rotas alternativas que não colocam o ciclista em perigo.

“A gente vê um crescimento muito grande em relação ao uso da bicicleta e com isso é preciso oferecer cada vez mais condições para o uso da bicicleta. O Plano Cicloviário está chegando em uma boa hora, imaginamos que em até um ano ele seja implantado. Importante também colocar que a verba não vai afetar o orçamento da prefeitura, é uma verba até baixa pelo tanto que será implementado, mais ou menos 45km. Ficamos muito felizes vendo o Plano sendo construído, opinamos bastante, sobre rotas”, disse Chaves Junior.

Outro destaque deste Plano, segundo Chaves Junior, é que ele ultrapassa somente criar vias para ciclistas.

“Ele é muito mais que isso. Ele vem acompanhado de campanhas de conscientização sobre o certo e o errado, precisamos investir nessa área e tudo isso será englobado. Meu questionamento foi sobre quem vai fazer estas obras, é se a secretaria de Obras que vai executar com parceria do Departamento de Trânsito. Também será criada uma equipe de manutenção de ciclovias, já que vamos ter 90km de extensão, é preciso ter manutenção permanente, para não colocar a vida do ciclista em risco”, segue Chaves Junior.

Os estudos para a elaboração do projeto foram feitos por arquitetos e urbanistas da Secretaria de Planejamento em parceria com o Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN). Dentre as novidades está o aumento em extensão de espaços destinados não só ao deslocamento de bicicletas, mas também de triciclos, patinetes e similares.

O presidente da União dos Ciclistas do Brasil (UCB), André Geraldo Soares também participou da reunião e gostou de tudo que viu.

“O projeto é excelente para Balneário Camboriú. A cidade está mais avançada que a maior parte dos municípios do país. Mais que isso, essa apresentação foi importante para identificarmos os pontos de conflito ainda existentes e melhorar isso, também, para os ciclistas”, afirma.

Também participaram da reunião, o gestor do FUMTRAN, Fernando Marchiori, o gestor do FETPC, Rubens Spernau, André Soares, Chaves Junior e demais membros da diretoria da ACBC, os atletas Syvia Kruger e Charles Borges.

Secretaria de Planejamento (47) 3267-7169


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Prefeito apresenta Plano Cicloviário: mais 47km até final de 2020

O plano foi construído por quem pedala e conhece o assunto

Publicidade

Quarta, 11/12/2019 18:14.

O prefeito Fabrício Oliveira apresentou o Plano Cicloviário, que pretende implantar mais 47km de malha cicloviária até o final do próximo ano, abrangendo praticamente toda a cidade e ligando pontos que não estavam conectados.

Fabricio Oliveira, Carlos Humberto e Fernando Marchiori

O prefeito disse na reunião que, quando pronta, esta será a malha cicloviária mais completa do Estado e talvez até do país, proporcionalmente.

“A expansão será para todos os bairros da cidade e vai interligar pontos que não estavam conectados na malha atual. Vai atender ainda áreas com densidade populacional elevada, e, consequentemente, incentivar as pessoas a utilizarem esse tipo de transporte que não polui, ocupa pouco espaço e é muito mais saudável”, afirmou.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento Carlos Humberto Metzner Silva lembrou que em janeiro de 2017, a malha cicloviária da cidade era de 30km.

“Vamos triplicar este número e chegar até o ano que vem a 90km de ciclovias e ciclofaixas. Este investimento é importante e vem ao encontro de tendência mundial de valorização das pessoas”, disse.

ACBC

A Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú (ACBC) participou da reunião e durante a execução do Plano atuou ativamente, com opiniões e sugestões.

O conselheiro de mobilidade da ACBC, Luiz Carlos Chaves disse que esse plano foi muito esperado e foi feito por pessoas que pedalam, que sabem das dificuldades do dia-a-dia do ciclista e conhecem as melhores alternativas, especialmente as rotas alternativas que não colocam o ciclista em perigo.

“A gente vê um crescimento muito grande em relação ao uso da bicicleta e com isso é preciso oferecer cada vez mais condições para o uso da bicicleta. O Plano Cicloviário está chegando em uma boa hora, imaginamos que em até um ano ele seja implantado. Importante também colocar que a verba não vai afetar o orçamento da prefeitura, é uma verba até baixa pelo tanto que será implementado, mais ou menos 45km. Ficamos muito felizes vendo o Plano sendo construído, opinamos bastante, sobre rotas”, disse Chaves Junior.

Outro destaque deste Plano, segundo Chaves Junior, é que ele ultrapassa somente criar vias para ciclistas.

“Ele é muito mais que isso. Ele vem acompanhado de campanhas de conscientização sobre o certo e o errado, precisamos investir nessa área e tudo isso será englobado. Meu questionamento foi sobre quem vai fazer estas obras, é se a secretaria de Obras que vai executar com parceria do Departamento de Trânsito. Também será criada uma equipe de manutenção de ciclovias, já que vamos ter 90km de extensão, é preciso ter manutenção permanente, para não colocar a vida do ciclista em risco”, segue Chaves Junior.

Os estudos para a elaboração do projeto foram feitos por arquitetos e urbanistas da Secretaria de Planejamento em parceria com o Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN). Dentre as novidades está o aumento em extensão de espaços destinados não só ao deslocamento de bicicletas, mas também de triciclos, patinetes e similares.

O presidente da União dos Ciclistas do Brasil (UCB), André Geraldo Soares também participou da reunião e gostou de tudo que viu.

“O projeto é excelente para Balneário Camboriú. A cidade está mais avançada que a maior parte dos municípios do país. Mais que isso, essa apresentação foi importante para identificarmos os pontos de conflito ainda existentes e melhorar isso, também, para os ciclistas”, afirma.

Também participaram da reunião, o gestor do FUMTRAN, Fernando Marchiori, o gestor do FETPC, Rubens Spernau, André Soares, Chaves Junior e demais membros da diretoria da ACBC, os atletas Syvia Kruger e Charles Borges.

Secretaria de Planejamento (47) 3267-7169


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade