Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ozawa usa argumento falso para se opor ao alargamento da praia
Arquivo JP3.
Ozawa, conta errada para justificar argumento.

Terça, 26/2/2019 7:49.

O ex-candidato a prefeito de Balneário Camboriú Luiz Fernando Ozawa lançou campanha de coleta de assinaturas contra o alargamento da praia central de Balneário Camboriú onde usa argumento falso para convencimento da população.

No texto, postado num aplicativo de coleta de assinaturas, Ozawa alega que com o valor que será investido no alargamento, R$ 85 milhões, é possível construir 42 unidades de pronto atendimento à saúde como a do Bairro das Nações.

A informação é falsa. Quando foi licitada, em 2013, a UPA do Bairro das Nações custou R$ 1.920.000,00, sem incluir terreno ou equipamentos.

Em valores atualizados, cerca de R$ 2,7 milhões.

O político também omitiu que não basta construir, é necessário manter e o custeio de uma UPA como a do Bairro das Nações é estimado em R$ 20 milhões ao ano.

O investimento de Balneário Camboriú em saúde, em 2019, está orçado em R$ 157 milhões, correspondentes a 26% do orçamento municipal e quase o dobro do exigido pela Constituição.

Aparentemente Ozawa se prepara para disputar mais uma eleição à prefeitura. Disputando pelo PSOL em 2016 ele fez 1.889 votos (2,87%) e ficou na quarta colocação entre os quatro candidatos. 
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ozawa usa argumento falso para se opor ao alargamento da praia

Arquivo JP3.
Ozawa, conta errada para justificar argumento.
Ozawa, conta errada para justificar argumento.

Publicidade

Terça, 26/2/2019 7:49.

O ex-candidato a prefeito de Balneário Camboriú Luiz Fernando Ozawa lançou campanha de coleta de assinaturas contra o alargamento da praia central de Balneário Camboriú onde usa argumento falso para convencimento da população.

No texto, postado num aplicativo de coleta de assinaturas, Ozawa alega que com o valor que será investido no alargamento, R$ 85 milhões, é possível construir 42 unidades de pronto atendimento à saúde como a do Bairro das Nações.

A informação é falsa. Quando foi licitada, em 2013, a UPA do Bairro das Nações custou R$ 1.920.000,00, sem incluir terreno ou equipamentos.

Em valores atualizados, cerca de R$ 2,7 milhões.

O político também omitiu que não basta construir, é necessário manter e o custeio de uma UPA como a do Bairro das Nações é estimado em R$ 20 milhões ao ano.

O investimento de Balneário Camboriú em saúde, em 2019, está orçado em R$ 157 milhões, correspondentes a 26% do orçamento municipal e quase o dobro do exigido pela Constituição.

Aparentemente Ozawa se prepara para disputar mais uma eleição à prefeitura. Disputando pelo PSOL em 2016 ele fez 1.889 votos (2,87%) e ficou na quarta colocação entre os quatro candidatos. 
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade