Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Balneário Camboriú lançará programa de proteção animal

Quarta, 23/1/2019 11:45.

Está marcado para meados de fevereiro o lançamento do Programa Abraço Animal, que englobará diversas ações de proteção animal.

A iniciativa é do Conselho de Proteção Animal (COMPA-BC) e da Secretaria de Meio Ambiente (Seman) e vai divulgar de forma compilada o que vem sendo feito desde 2017 pela causa animal em Balneário Camboriú.

Segundo a presidente do COMPA-BC, Karine Gomes, o Abraço Animal segue a mesma linha dos projetos "Abraço" no município, que também trabalham com acolhimento. O telefone para contato em caso de necessidade é o 153.

"O objetivo é o acolhimento de animais em situação de vulnerabilidade, machucados e que de alguma forma necessitam de auxílio ou tratamento, animais que não possuem tutores", comenta Karine.

Entre as novidades que serão apresentadas está um site para ter contato direto com protetores para divulgar as ações, os animais que podem ser adotados e materiais informativos.

"No lançamento do programa iremos iniciar um cadastramento de protetores que irão alimentar o portal do Abraço Animal, assim organizando a rede de proteção animal voluntária do município, com o objetivo de ajuda mútua, de disponibilização de lares temporários, e de direcionamento de políticas públicas de proteção animal envolvendo não somente órgãos mas também os protetores do município", explicou a presidente do COMPA-BC.

Muitas das ações do Programa já aconteceram ou estão em andamento, como censo animal, castrações sociais, além do trabalho educativo feito pelo programa Terra Limpa, nas escolas municipais, sem falar nos convênios com ONGs para receber animais abandonados ou machucados.

De acordo com Karine, os animais durante o horário comercial são conduzidos para a ONG Viva Bicho, já fora do horário comercial os animais são conduzidos para clínica veterinária 24h que possui contrato de prestação de serviços para a ONG.

A diretora da Seman, Maria Heloisa Furtado Lenzi, esclarece que os convênios são mantidos (em vez de municipalizar o serviço) porque os custos são menores para os cofres públicos. Por isso a guarda, alimentação e castração de animais abandonados é terceirizada, através da Viva Bicho para cachorros e gatos. O Instituto Catarinense de Conservação da Fauna e Flora (ICCO), que funciona no zoo da Santur, recebe os animais silvestres machucados, trata e depois pode encaminhá-los novamente à natureza.

Conforme a presidente da Viva Bicho, Vanessa Freitas Siemann, a ONG conta hoje com 650 animais para adoção.

Apoiadores

Esta semana a Seman lançou um edital de chamamento para apoiadores interessados em participar do lançamento do programa. O evento será dia 16 de fevereiro, no Dog Park da Rua 2950.

Não há cobrança de patrocínio, apenas exigência de montagem de estrutura no dia do evento e distribuição de brindes para os participantes. Em troca os apoiadores ainda recebem publicidade grátis nos materiais gráficos e releases distribuídos pela Prefeitura

Podem se inscrever apenas pessoas físicas. Leia o edital na íntegra aqui.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Geral

A organização estima a participação de 5 mil fiéis


Geral

 Igreja Luterana, Igreja Matriz Sta Inês, Capela Santa Catarina de Alexandria, Paróquia São Sebastião


Opinião

Por Felipe Gustavo Koch Buttelli


Cidade

As bandeiras voltam a ser hasteadas na temporada


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário Camboriú lançará programa de proteção animal

Publicidade

Quarta, 23/1/2019 11:45.

Está marcado para meados de fevereiro o lançamento do Programa Abraço Animal, que englobará diversas ações de proteção animal.

A iniciativa é do Conselho de Proteção Animal (COMPA-BC) e da Secretaria de Meio Ambiente (Seman) e vai divulgar de forma compilada o que vem sendo feito desde 2017 pela causa animal em Balneário Camboriú.

Segundo a presidente do COMPA-BC, Karine Gomes, o Abraço Animal segue a mesma linha dos projetos "Abraço" no município, que também trabalham com acolhimento. O telefone para contato em caso de necessidade é o 153.

"O objetivo é o acolhimento de animais em situação de vulnerabilidade, machucados e que de alguma forma necessitam de auxílio ou tratamento, animais que não possuem tutores", comenta Karine.

Entre as novidades que serão apresentadas está um site para ter contato direto com protetores para divulgar as ações, os animais que podem ser adotados e materiais informativos.

"No lançamento do programa iremos iniciar um cadastramento de protetores que irão alimentar o portal do Abraço Animal, assim organizando a rede de proteção animal voluntária do município, com o objetivo de ajuda mútua, de disponibilização de lares temporários, e de direcionamento de políticas públicas de proteção animal envolvendo não somente órgãos mas também os protetores do município", explicou a presidente do COMPA-BC.

Muitas das ações do Programa já aconteceram ou estão em andamento, como censo animal, castrações sociais, além do trabalho educativo feito pelo programa Terra Limpa, nas escolas municipais, sem falar nos convênios com ONGs para receber animais abandonados ou machucados.

De acordo com Karine, os animais durante o horário comercial são conduzidos para a ONG Viva Bicho, já fora do horário comercial os animais são conduzidos para clínica veterinária 24h que possui contrato de prestação de serviços para a ONG.

A diretora da Seman, Maria Heloisa Furtado Lenzi, esclarece que os convênios são mantidos (em vez de municipalizar o serviço) porque os custos são menores para os cofres públicos. Por isso a guarda, alimentação e castração de animais abandonados é terceirizada, através da Viva Bicho para cachorros e gatos. O Instituto Catarinense de Conservação da Fauna e Flora (ICCO), que funciona no zoo da Santur, recebe os animais silvestres machucados, trata e depois pode encaminhá-los novamente à natureza.

Conforme a presidente da Viva Bicho, Vanessa Freitas Siemann, a ONG conta hoje com 650 animais para adoção.

Apoiadores

Esta semana a Seman lançou um edital de chamamento para apoiadores interessados em participar do lançamento do programa. O evento será dia 16 de fevereiro, no Dog Park da Rua 2950.

Não há cobrança de patrocínio, apenas exigência de montagem de estrutura no dia do evento e distribuição de brindes para os participantes. Em troca os apoiadores ainda recebem publicidade grátis nos materiais gráficos e releases distribuídos pela Prefeitura

Podem se inscrever apenas pessoas físicas. Leia o edital na íntegra aqui.

Publicidade

Publicidade