Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Casa de Passagem hospedou mais de 1.700 moradores de rua esse ano

Sexta, 12/7/2019 17:50.

Publicidade

A secretaria da Inclusão Social divulgou balanço do movimento realizado pela Casa de Passagem do Migrante, que registrou 9.115 atendimentos no primeiro semestre de 2019. Os registros referem três formas de atendimento, alimentação, higiene pessoal e pernoite. Ao todo, 1.741 pessoas em situação de rua passaram pela casa.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello disse que o trabalho da assistência social é extenso. Além do atendimento na casa, a secretaria faz encaminhamentos para clínicas e oferece passagens para quem quiser voltar à sua cidade de origem.

“Este ano 109 pessoas foram internadas em clínicas de reabilitação para para tratar a dependência química. Também compramos 475 passagens para aqueles que voltaram à sua cidade”, comentou.

A equipe do Resgate Social recebeu duas vans para o trabalho de abordagem nas ruas. Agora serão duas vans e um carro à disposição do acolhimento das pessoas em situação de rua e uma em standby, para qualquer emergência.

“No verão deste ano, tivemos quatro equipes de abordagem para conseguir acolher as pessoas e levar para a Casa de Passagem. Por isso, esses dois novos transportes vem para somar”, disse a secretária.

Informações - Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3344 2559


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Casa de Passagem hospedou mais de 1.700 moradores de rua esse ano

Publicidade

Sexta, 12/7/2019 17:50.

A secretaria da Inclusão Social divulgou balanço do movimento realizado pela Casa de Passagem do Migrante, que registrou 9.115 atendimentos no primeiro semestre de 2019. Os registros referem três formas de atendimento, alimentação, higiene pessoal e pernoite. Ao todo, 1.741 pessoas em situação de rua passaram pela casa.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello disse que o trabalho da assistência social é extenso. Além do atendimento na casa, a secretaria faz encaminhamentos para clínicas e oferece passagens para quem quiser voltar à sua cidade de origem.

“Este ano 109 pessoas foram internadas em clínicas de reabilitação para para tratar a dependência química. Também compramos 475 passagens para aqueles que voltaram à sua cidade”, comentou.

A equipe do Resgate Social recebeu duas vans para o trabalho de abordagem nas ruas. Agora serão duas vans e um carro à disposição do acolhimento das pessoas em situação de rua e uma em standby, para qualquer emergência.

“No verão deste ano, tivemos quatro equipes de abordagem para conseguir acolher as pessoas e levar para a Casa de Passagem. Por isso, esses dois novos transportes vem para somar”, disse a secretária.

Informações - Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social (47) 3344 2559


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade