Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Balneabilidade sem novidades, só o Pontal Norte segue poluído

Terça, 16/7/2019 19:19.
Divulgação/Sectur

Publicidade

Dos 15 pontos analisados pelo laboratório Freitag, somente um, o Pontal Norte continua impróprio para banho, como acontece todas as semanas. Mas várias frentes de trabalho estão em andamento para despoluir o canal do rio Marambaia, principal causador da poluição naquele local.

O diretor geral da Emasa, Douglas Beber falou ao Página 3 sobre as frentes de trabalho que estão acontecendo e que mudarão esse cenário em breve. Acompanhe:

 

Se Liga na Rede

“Com o programa Se Liga na Rede intensificamos as ações e baixamos só na região da Bacia do Marambaia e parte dos bairros Ariribá, Nações e Pioneiros, onde tínhamos mais de duas mil irregularidades ligadas ao esgoto, reduzimos para menos de 400 e continuamos baixando. A ideia é nos próximos meses zerar essas residências que fiscalizamos”.

 

Nova legislação

“Além disso veio a nova legislação (Lei Nº 4.260, que institui a obrigatoriedade da “Declaração de Regularidade Sanitária de edificações”, onde todos os imóveis, exceto imóveis unifamiliares residenciais, localizados em áreas contempladas pelo sistema de rede de esgoto no Município, são obrigados a apresentar essa declaração à Emasa, no prazo de até 180 dias, do início de vigência da Lei) que os imóveis não unifamiliares tem que fazer a declaração de regularidade, ou seja, eles mesmo se autofiscalizar, emitir essa declaração, para depois a Emasa dar um certificado de regularidade”.

 

Nova Rede

“Já iniciamos a obra da nova rede de esgoto, que é o emissário que vai passar por dentro da galeria de drenagem da avenida Atlântica. Essa obra vai atacar diretamente a poluição do rio Marambaia, porque ela vai pegar contribuição de duas grandes elevatórias daquela região, a do Marambaia e a da Alvim Bauer. Vai diminuir 50% da contribuição e vai fazer com que aquele extravasamento que acontece algumas vezes no verão na rede da Emasa, deixe de acontecer”.

 

Reforço de Rede

“Já foi lançada a licitação do reforço de rede, é um complemento da rede de esgoto em várias regiões da cidade e também na região do Marambaia. Vai fazer com que tenhamos um grande volume de rede de esgoto complementar. Por exemplo, as ruas 1601, 1801 e a 1901 algumas vezes acabam extravasando, não somente pelo problema na elevatória, mas porque a própria rede destas ruas não comporta o grande volume, principalmente no verão”.

 

Nanobolhas

“Além disso temos a tecnologia dos nanobolhas em teste, ela vai acabar com o cheiro, eliminar o odor e fazer o tratamento do rio que hoje é muito poluído, tem muita matéria orgânica”.

 

Molhe Pontal Norte

“As obras do Molhe do Pontal Norte já iniciaram, é uma grande ação que que vai diminuir significativamente a questão do esgoto sendo lançado no começo da praia e isso vai afetar diretamente a balneabilidade”.

 

15 pontos

Os 15 pontos analisados são: Estaleirinho, Estaleiro, Taquaras (em frente ao ponto de ônibus e em frente à Escola Municipal), Laranjeiras, Frente a Rua 4009 - Pontal Sul, Rua 4000, Rua 3500, Rua 3000, Rua 2500, Rua 2000, Rua 1400, Rua 51, Rua 1001, Pontal Norte.

 

O relatório atualizado está disponível no site da Emasa: www.emasa.com.br/analises.

 

Informações - Emasa (47) 3261-0000 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/Sectur

Balneabilidade sem novidades, só o Pontal Norte segue poluído

Publicidade

Terça, 16/7/2019 19:19.

Dos 15 pontos analisados pelo laboratório Freitag, somente um, o Pontal Norte continua impróprio para banho, como acontece todas as semanas. Mas várias frentes de trabalho estão em andamento para despoluir o canal do rio Marambaia, principal causador da poluição naquele local.

O diretor geral da Emasa, Douglas Beber falou ao Página 3 sobre as frentes de trabalho que estão acontecendo e que mudarão esse cenário em breve. Acompanhe:

 

Se Liga na Rede

“Com o programa Se Liga na Rede intensificamos as ações e baixamos só na região da Bacia do Marambaia e parte dos bairros Ariribá, Nações e Pioneiros, onde tínhamos mais de duas mil irregularidades ligadas ao esgoto, reduzimos para menos de 400 e continuamos baixando. A ideia é nos próximos meses zerar essas residências que fiscalizamos”.

 

Nova legislação

“Além disso veio a nova legislação (Lei Nº 4.260, que institui a obrigatoriedade da “Declaração de Regularidade Sanitária de edificações”, onde todos os imóveis, exceto imóveis unifamiliares residenciais, localizados em áreas contempladas pelo sistema de rede de esgoto no Município, são obrigados a apresentar essa declaração à Emasa, no prazo de até 180 dias, do início de vigência da Lei) que os imóveis não unifamiliares tem que fazer a declaração de regularidade, ou seja, eles mesmo se autofiscalizar, emitir essa declaração, para depois a Emasa dar um certificado de regularidade”.

 

Nova Rede

“Já iniciamos a obra da nova rede de esgoto, que é o emissário que vai passar por dentro da galeria de drenagem da avenida Atlântica. Essa obra vai atacar diretamente a poluição do rio Marambaia, porque ela vai pegar contribuição de duas grandes elevatórias daquela região, a do Marambaia e a da Alvim Bauer. Vai diminuir 50% da contribuição e vai fazer com que aquele extravasamento que acontece algumas vezes no verão na rede da Emasa, deixe de acontecer”.

 

Reforço de Rede

“Já foi lançada a licitação do reforço de rede, é um complemento da rede de esgoto em várias regiões da cidade e também na região do Marambaia. Vai fazer com que tenhamos um grande volume de rede de esgoto complementar. Por exemplo, as ruas 1601, 1801 e a 1901 algumas vezes acabam extravasando, não somente pelo problema na elevatória, mas porque a própria rede destas ruas não comporta o grande volume, principalmente no verão”.

 

Nanobolhas

“Além disso temos a tecnologia dos nanobolhas em teste, ela vai acabar com o cheiro, eliminar o odor e fazer o tratamento do rio que hoje é muito poluído, tem muita matéria orgânica”.

 

Molhe Pontal Norte

“As obras do Molhe do Pontal Norte já iniciaram, é uma grande ação que que vai diminuir significativamente a questão do esgoto sendo lançado no começo da praia e isso vai afetar diretamente a balneabilidade”.

 

15 pontos

Os 15 pontos analisados são: Estaleirinho, Estaleiro, Taquaras (em frente ao ponto de ônibus e em frente à Escola Municipal), Laranjeiras, Frente a Rua 4009 - Pontal Sul, Rua 4000, Rua 3500, Rua 3000, Rua 2500, Rua 2000, Rua 1400, Rua 51, Rua 1001, Pontal Norte.

 

O relatório atualizado está disponível no site da Emasa: www.emasa.com.br/analises.

 

Informações - Emasa (47) 3261-0000 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade