Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Obras de drenagem pode deixar Bairro Vila Real sem água nesta quarta-feira

Quarta, 8/5/2019 10:24.
Divulgação/PMBC

Publicidade

A EMASA comunica que nesta quarta-feira (08), poderá ocorrer falta de água no Bairro Vila Real, devido as obras de drenagem pluvial executadas pela Secretaria de Obras na Rua Araquari. Para o serviço de troca da tubulação de drenagem antiga por uma nova, foi necessário fechar o registro. A previsão para conclusão do serviço e retorno do abastecimento é até às 14h.

ATENÇÃO!

A Emasa recomenda que os moradores economizem água neste período, e caso percebam a falta de água fechem os registros de entrada dos cavaletes e reabram somente após a normalização, para evitar a ocorrência de água turva.

A Autarquia lembra que, a água que estará na rede de distribuição no primeiro momento sairá turva, já que nas paredes internas das tubulações há o acúmulo de sais inorgânicos, conhecidos na indústria como incrustação, que com grandes variações de velocidade da água devido a despressurização das redes, pode se desprender das partículas, ocasionando o aumento da cor e turbidez. Logo que ocorre o retorno do abastecimento, não é recomendado utilizar para lavar roupas, por exemplo.

Dúvidas e informações pelo telefone 0800 643 6272 ou no Whatsapp da EMASA (47) 3261-0000.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Obras de drenagem pode deixar Bairro Vila Real sem água nesta quarta-feira

Publicidade

Quarta, 8/5/2019 10:24.

A EMASA comunica que nesta quarta-feira (08), poderá ocorrer falta de água no Bairro Vila Real, devido as obras de drenagem pluvial executadas pela Secretaria de Obras na Rua Araquari. Para o serviço de troca da tubulação de drenagem antiga por uma nova, foi necessário fechar o registro. A previsão para conclusão do serviço e retorno do abastecimento é até às 14h.

ATENÇÃO!

A Emasa recomenda que os moradores economizem água neste período, e caso percebam a falta de água fechem os registros de entrada dos cavaletes e reabram somente após a normalização, para evitar a ocorrência de água turva.

A Autarquia lembra que, a água que estará na rede de distribuição no primeiro momento sairá turva, já que nas paredes internas das tubulações há o acúmulo de sais inorgânicos, conhecidos na indústria como incrustação, que com grandes variações de velocidade da água devido a despressurização das redes, pode se desprender das partículas, ocasionando o aumento da cor e turbidez. Logo que ocorre o retorno do abastecimento, não é recomendado utilizar para lavar roupas, por exemplo.

Dúvidas e informações pelo telefone 0800 643 6272 ou no Whatsapp da EMASA (47) 3261-0000.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade