Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Bloco da Liga: Ilha das Cabras e Blokioski estreiam na avenida

Sexta, 1/3/2019 10:41.

Publicidade

Uma das novidades do Carnaval deste ano é o Bloco da Liga Carnavalesca, que uniu os grupos que desfilam pela primeira vez na avenida Atlântica: são cinco blocos que se unem (Alegria, Blokioski, Ilha das Cabras, Fênix e Vai que Cola) e levarão mais de 500 pessoas por noite, desfilando no domingo e na segunda-feira (3 e 4).

Blokioski

O Blokioski nasceu de um grupo de amigos, que se reunia todos os sábados no quiosque 27, que fica perto da Rua 3.300. Até o momento, 200 abadás já foram comercializados, e mais 50 foram feitos para o segundo lote, que ainda está à venda.

Marcello Nogueira de Sá, presidente do Blokioski, explica que sem a Liga Carnavalesca não teria conseguido sair na avenida. “Eles nos assessoraram muito bem. Estamos com muita expectativa, o pessoal está animado, e não estamos usando dinheiro público. Aliás, não vemos sentido em quem usa”, diz. Um empresário participante do bloco ajudou o Blokioski e eles vão ter até trio elétrico próprio.

O presidente diz que o Carnaval de Balneário melhorou ao longo dos anos. Ele relembra os shows nacionais que aconteciam e disse que chegou a ir, mas que tinha receio quanto a multidão, citando ainda o pré-Carnaval com o DJ Alok, ocorrido em 2017 e que acabou em confusão. “Os blocos são mais família, uma reunião de amigos. Já saí em outros e vi que tem mais segurança, é muito mais tranquilo”, comenta.

Quem quiser participar do Blokioski, os abadás estão sendo comercializados por R$ 70,00 através do Facebook (https://www.facebook.com/blokioski/). O bloco terá open bar de cerveja, água e batida de maracujá. O valor arrecadado que não for utilizado para cobrir as despesas do grupo será doado para uma instituição de caridade da cidade.

Ilha das Cabras

Outro bloco que desfila pela primeira vez é o Ilha das Cabras, que surgiu inspirado exatamente num dos principais cartões postais da cidade. O presidente do bloco é o jornalista Molina Orval. Ele conta que ele e um grupo de amigos resolveram criar o bloco para ‘ter um encontro descontraído, divertido e alegre’. Eles esperam reunir 150 pessoas no desfile.

O Ilha das Cabras também dispõe de um trio elétrico próprio, iluminado em LED, e desfilará no domingo (3). “Nós também não temos nenhum apoio financeiro público, e a nossa proposta é ser um bloco cultural. Pretendemos, a partir do próximo ano, homenagear uma personalidade que tenha prestado relevantes serviços para a cidade”, explica.

Para quem quiser desfilar junto ao bloco, os abadás estão sendo comercializados por a partir de R$ 80,00 e garante ainda copo personalizado e ingresso para uma festa que acontece terça-feira (4) no iVillage, na Praia Brava de Itajaí. Mais informações: (47) 9.9922-3165.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Bloco da Liga: Ilha das Cabras e Blokioski estreiam na avenida

Publicidade

Sexta, 1/3/2019 10:41.

Uma das novidades do Carnaval deste ano é o Bloco da Liga Carnavalesca, que uniu os grupos que desfilam pela primeira vez na avenida Atlântica: são cinco blocos que se unem (Alegria, Blokioski, Ilha das Cabras, Fênix e Vai que Cola) e levarão mais de 500 pessoas por noite, desfilando no domingo e na segunda-feira (3 e 4).

Blokioski

O Blokioski nasceu de um grupo de amigos, que se reunia todos os sábados no quiosque 27, que fica perto da Rua 3.300. Até o momento, 200 abadás já foram comercializados, e mais 50 foram feitos para o segundo lote, que ainda está à venda.

Marcello Nogueira de Sá, presidente do Blokioski, explica que sem a Liga Carnavalesca não teria conseguido sair na avenida. “Eles nos assessoraram muito bem. Estamos com muita expectativa, o pessoal está animado, e não estamos usando dinheiro público. Aliás, não vemos sentido em quem usa”, diz. Um empresário participante do bloco ajudou o Blokioski e eles vão ter até trio elétrico próprio.

O presidente diz que o Carnaval de Balneário melhorou ao longo dos anos. Ele relembra os shows nacionais que aconteciam e disse que chegou a ir, mas que tinha receio quanto a multidão, citando ainda o pré-Carnaval com o DJ Alok, ocorrido em 2017 e que acabou em confusão. “Os blocos são mais família, uma reunião de amigos. Já saí em outros e vi que tem mais segurança, é muito mais tranquilo”, comenta.

Quem quiser participar do Blokioski, os abadás estão sendo comercializados por R$ 70,00 através do Facebook (https://www.facebook.com/blokioski/). O bloco terá open bar de cerveja, água e batida de maracujá. O valor arrecadado que não for utilizado para cobrir as despesas do grupo será doado para uma instituição de caridade da cidade.

Ilha das Cabras

Outro bloco que desfila pela primeira vez é o Ilha das Cabras, que surgiu inspirado exatamente num dos principais cartões postais da cidade. O presidente do bloco é o jornalista Molina Orval. Ele conta que ele e um grupo de amigos resolveram criar o bloco para ‘ter um encontro descontraído, divertido e alegre’. Eles esperam reunir 150 pessoas no desfile.

O Ilha das Cabras também dispõe de um trio elétrico próprio, iluminado em LED, e desfilará no domingo (3). “Nós também não temos nenhum apoio financeiro público, e a nossa proposta é ser um bloco cultural. Pretendemos, a partir do próximo ano, homenagear uma personalidade que tenha prestado relevantes serviços para a cidade”, explica.

Para quem quiser desfilar junto ao bloco, os abadás estão sendo comercializados por a partir de R$ 80,00 e garante ainda copo personalizado e ingresso para uma festa que acontece terça-feira (4) no iVillage, na Praia Brava de Itajaí. Mais informações: (47) 9.9922-3165.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade