Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Biblioteca pública e arquivo histórico ficará fechada até final de maio
Google.

Terça, 19/3/2019 8:19.

A prefeitura de Balneário Camboriú lançou licitação para reforma do telhado do Arquivo Histórico e Biblioteca Municipal Machado de Assis, obra que se tudo correr bem ficará pronta em final de maio.

A reforma é barata e rápida, está orçada em R$ 31 mil, com prazo de execução de 30 dias.

Em verdade a burocracia exigida em lei demora mais do que a obra.

Por barata e rápida a obra, se torna mais inexplicável o fato do governo Edson Piriquito ter deixado aquele prédio semi-abandonado com goteiras e outros problemas relatados mais de uma vez pelo Página 3 naquele governo.

Também não é aceitável que o governo Fabrício Oliveira tenha demorado dois anos e dois meses para reformar um prédio que abriga preciosidades históricas da cidade.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Biblioteca pública e arquivo histórico ficará fechada até final de maio

Google.

Publicidade

Terça, 19/3/2019 8:19.

A prefeitura de Balneário Camboriú lançou licitação para reforma do telhado do Arquivo Histórico e Biblioteca Municipal Machado de Assis, obra que se tudo correr bem ficará pronta em final de maio.

A reforma é barata e rápida, está orçada em R$ 31 mil, com prazo de execução de 30 dias.

Em verdade a burocracia exigida em lei demora mais do que a obra.

Por barata e rápida a obra, se torna mais inexplicável o fato do governo Edson Piriquito ter deixado aquele prédio semi-abandonado com goteiras e outros problemas relatados mais de uma vez pelo Página 3 naquele governo.

Também não é aceitável que o governo Fabrício Oliveira tenha demorado dois anos e dois meses para reformar um prédio que abriga preciosidades históricas da cidade.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade