Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Emasa achou defeito no esgoto que poluía fortemente o Canal do Marambaia
Divulgação.

Sexta, 22/3/2019 9:11.

Através de vídeo-inspeção a Emasa descobriu nesta quinta-feira, na altura da Avenida do Estado com a Rua Gaivota, uma contaminação por esgoto na rede pluvial e por consequência no Canal do Marambaia.

O esgoto de parte do Ariribá e do Pioneiros em vez de seguir pela rede normal acabava desviado para o pluvial por causa do rompimento de um cano.

Dessa forma, mesmo que os imóveis estivessem corretamente ligados à rede, o material não ia para a estação de tratamento e sim para o Canal.

A poluição decorrente deste defeito foi maciça, mas a Emasa não tem como precisar a quantidade de casas e apartamentos.

“Podem ser centenas ou milhares, impossível dimensionar as economias”, disse um técnico da Emasa.

O conserto foi feito e a contaminação do Canal interrompida.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Emasa achou defeito no esgoto que poluía fortemente o Canal do Marambaia

Divulgação.

Publicidade

Sexta, 22/3/2019 9:11.

Através de vídeo-inspeção a Emasa descobriu nesta quinta-feira, na altura da Avenida do Estado com a Rua Gaivota, uma contaminação por esgoto na rede pluvial e por consequência no Canal do Marambaia.

O esgoto de parte do Ariribá e do Pioneiros em vez de seguir pela rede normal acabava desviado para o pluvial por causa do rompimento de um cano.

Dessa forma, mesmo que os imóveis estivessem corretamente ligados à rede, o material não ia para a estação de tratamento e sim para o Canal.

A poluição decorrente deste defeito foi maciça, mas a Emasa não tem como precisar a quantidade de casas e apartamentos.

“Podem ser centenas ou milhares, impossível dimensionar as economias”, disse um técnico da Emasa.

O conserto foi feito e a contaminação do Canal interrompida.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade