Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Próxima etapa para concessão do Centro de Eventos é análise do TCE

Terça, 12/11/2019 19:58.
Dani Sisnandes/Gab. Lucas Gotardo.

Publicidade

(Dani Sisnandes/Gab. Lucas Gotardo) - Nesta terça-feira (12), uma comitiva de Balneário Camboriú vistoriou juntamente com representantes da Santur as instalações do Centro de Eventos. A previsão do Governo do Estado é que o equipamento esteja em pleno funcionamento até o segundo semestre de 2020.

Na semana passada o governador Carlos Moisés assinou o decreto para concessão do equipamento por 20 anos. A próxima etapa é encaminhar a documentação ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas existe a preocupação que o recesso de fim de ano atrase essa análise.

“Controle social se faz assim, nós vamos continuar acompanhando e buscando o diálogo, porque reconhecemos a preocupação da população para que o Centro de Eventos comece o quanto antes a movimentar a economia de toda a região”, declarou o vereador Lucas Gotardo, que acompanhou a visita juntamente com o trade turístico

Nos últimos meses a Santur realizou o agendamento de eventos, entretanto, não será mais possível reservar datas (apenas uma lista de espera), até que o processo de concorrência pública seja concluído.

Representantes da Santur garantiram que se até julho a concessão não estiver finalizada, o Governo do Estado assume para que os eventos aconteçam.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Dani Sisnandes/Gab. Lucas Gotardo.

Próxima etapa para concessão do Centro de Eventos é análise do TCE

Publicidade

Terça, 12/11/2019 19:58.

(Dani Sisnandes/Gab. Lucas Gotardo) - Nesta terça-feira (12), uma comitiva de Balneário Camboriú vistoriou juntamente com representantes da Santur as instalações do Centro de Eventos. A previsão do Governo do Estado é que o equipamento esteja em pleno funcionamento até o segundo semestre de 2020.

Na semana passada o governador Carlos Moisés assinou o decreto para concessão do equipamento por 20 anos. A próxima etapa é encaminhar a documentação ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), mas existe a preocupação que o recesso de fim de ano atrase essa análise.

“Controle social se faz assim, nós vamos continuar acompanhando e buscando o diálogo, porque reconhecemos a preocupação da população para que o Centro de Eventos comece o quanto antes a movimentar a economia de toda a região”, declarou o vereador Lucas Gotardo, que acompanhou a visita juntamente com o trade turístico

Nos últimos meses a Santur realizou o agendamento de eventos, entretanto, não será mais possível reservar datas (apenas uma lista de espera), até que o processo de concorrência pública seja concluído.

Representantes da Santur garantiram que se até julho a concessão não estiver finalizada, o Governo do Estado assume para que os eventos aconteçam.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade