Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Vereador sugere que motos não paguem estacionamento rotativo

Terça, 1/10/2019 15:50.
Divulgação
Parquímetros sendo instalados desde sexta-feira (27)

Publicidade

O vereador Marcelo Achutti vai fazer uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira para que crie vagas gratuitas para motos no estacionamento rotativo que está em fase de instalação em Balneário Camboriú.

Minha preocupação é o prestador de serviço, pessoas que usam motos para trabalhar. São trabalhadores da construção civil, pedreiros, encanadores, motoboys e como não é possível distinguir os que estão trabalhando com a moto naquele momento, então a indicação é para que nenhuma moto pague estacionamento rotativo na cidade”, disse.

Outra indicação que o vereador fará na sessão desta terça-feira (1) diz respeito à tolerância mínima no sistema.

“Defendemos uma tolerância mínima para que os motoristas consigam regularizar sua situação em até 10 minutos, quem sabe 15 minutos. Como tem em Itajaí,por exemplo. Acho que tem que ter, porque o objetivo do estacionamento é dar rotatividade às vagas e não arrecadar e multar”, afirmou Achutti.

Motos - R$ 1

Se o prefeito atender a sugestão do vereador Achutti, o sistema terá que sofrer mudanças. Até este momento, a cobrança por 2 horas de permanência na vaga será de R$ 2 para carros e R$ 1 para motos.

Nos próximos dias inicia a fase de testes do estacionamento rotativo, que está sendo instalado na cidade. Na fase de teste (10 a 15 dias) não haverá cobrança.

A gestão das vagas será feita pela prefeitura. O pagamento poderá ser online, por aplicativo pelo celular, nos parquímetros e nos pontos de venda do comércio. O horário de cobrança será de segunda a sábado, das 9h às 20h.

Segundo o gestor do Fundo Municipal de Trânsito (Fumtran), Fernando Marchiori o estacionamento entra em atividade na próxima semana. Nesta primeira etapa serão mil vagas, entre as ruas 1001 e 1822, trechos entre a avenida Atlântica e as avenidas do Estado e Terceira Avenida.

“A empresa está acelerando os trabalhos para antecipar a entrega das 2800 vagas que estarão disponíveis na temporada. Deste total, 300 vagas estão previstas para motos”, disse Marchiori.

Até a temporada serão criadas 300 vagas pagas para motosAté a temporada serão criadas 300 vagas pagas para motos


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Parquímetros sendo instalados desde sexta-feira (27)
Parquímetros sendo instalados desde sexta-feira (27)

Vereador sugere que motos não paguem estacionamento rotativo

Publicidade

Terça, 1/10/2019 15:50.

O vereador Marcelo Achutti vai fazer uma indicação ao prefeito Fabrício Oliveira para que crie vagas gratuitas para motos no estacionamento rotativo que está em fase de instalação em Balneário Camboriú.

Minha preocupação é o prestador de serviço, pessoas que usam motos para trabalhar. São trabalhadores da construção civil, pedreiros, encanadores, motoboys e como não é possível distinguir os que estão trabalhando com a moto naquele momento, então a indicação é para que nenhuma moto pague estacionamento rotativo na cidade”, disse.

Outra indicação que o vereador fará na sessão desta terça-feira (1) diz respeito à tolerância mínima no sistema.

“Defendemos uma tolerância mínima para que os motoristas consigam regularizar sua situação em até 10 minutos, quem sabe 15 minutos. Como tem em Itajaí,por exemplo. Acho que tem que ter, porque o objetivo do estacionamento é dar rotatividade às vagas e não arrecadar e multar”, afirmou Achutti.

Motos - R$ 1

Se o prefeito atender a sugestão do vereador Achutti, o sistema terá que sofrer mudanças. Até este momento, a cobrança por 2 horas de permanência na vaga será de R$ 2 para carros e R$ 1 para motos.

Nos próximos dias inicia a fase de testes do estacionamento rotativo, que está sendo instalado na cidade. Na fase de teste (10 a 15 dias) não haverá cobrança.

A gestão das vagas será feita pela prefeitura. O pagamento poderá ser online, por aplicativo pelo celular, nos parquímetros e nos pontos de venda do comércio. O horário de cobrança será de segunda a sábado, das 9h às 20h.

Segundo o gestor do Fundo Municipal de Trânsito (Fumtran), Fernando Marchiori o estacionamento entra em atividade na próxima semana. Nesta primeira etapa serão mil vagas, entre as ruas 1001 e 1822, trechos entre a avenida Atlântica e as avenidas do Estado e Terceira Avenida.

“A empresa está acelerando os trabalhos para antecipar a entrega das 2800 vagas que estarão disponíveis na temporada. Deste total, 300 vagas estão previstas para motos”, disse Marchiori.

Até a temporada serão criadas 300 vagas pagas para motosAté a temporada serão criadas 300 vagas pagas para motos


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade