Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Secretária acompanhou a largada do programa Bem Estar da Família

Terça, 15/10/2019 15:47.
Divulgação/PMBC
A secretária acompanhou o início do programa

Publicidade

Mais de 50 pessoas que moram na Rua Corupá, no Bairro dos Municípios receberam as visitadoras do Programa Bem Estar da Família, que começou nesta segunda-feira (14), em Balneário Camboriú. A secretária do Desenvolvimento e da Inclusão Social, Christina Barichello acompanhou a estreia do programa.

“De um modo geral, todos foram receptivos, depois que receberam informações sobre o programa. Muitos ficaram contentes, disseram que somos anjos da guarda. Uma mulher ficou preocupada em responder muitas perguntas, porque poderia perder o benefício. Encontramos uma família com 14 pessoas em um espaço mínimo. Vimos necessidades de todos os tipos, desde uma criança de 8 anos que ainda chupa bico. Muitas questões ligadas à saúde. Tem pedidos, queixas, histórias. Essa foi a primeira aproximação. Semana que vem elas voltam, esse é o primeiro período do programa, fazer a vinculação com as famílias”, disse Christina.

As visitadoras visitarão 200 famílias no bairro.

Um grupo de 10 visitadoras foram capacitadas para visitar 200 famílias que fazem parte do Cadastro Único do Bairro dos Municípios. Esta primeira etapa vai durar seis meses e a meta é visitar, uma vez por semana, cada família.

“A ação propõe a atuação intersetorial no atendimento às famílias e envolve todos os benefícios sociais ofertados pelo município. Será feita uma triagem das necessidades e das potencialidades de cada morador destas núcleos familiares para então fazer o encaminhamento necessário. É uma parceria entre a prefeitura, governo federal, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)”, explicou Christina.

O programa conta com a participação das secretarias municipais de Articulação, Saúde, Meio Ambiente, Cultura, Esporte, Segurança, Educação e Desenvolvimento e Inclusão Social, que coordena a ação. É considerado inovador no país, já que vai ao encontro das famílias, oferecendo atendimento intersetorial e poderá servir de exemplo para o governo federal.

A equipe de visitadores recebeu capacitação nas áreas de saúde da mulher, do homem, em educação, acolhimento de famílias, trabalho social, abordagens com famílias estrangeiras, envelhecimento ativo e saudável, e pessoas com deficiência. Com o treinamento eles ficaram capacitados para identificar as necessidades familiares e fazer o encaminhamento aos programas adequados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/PMBC
A secretária acompanhou o início do programa
A secretária acompanhou o início do programa

Secretária acompanhou a largada do programa Bem Estar da Família

Publicidade

Terça, 15/10/2019 15:47.

Mais de 50 pessoas que moram na Rua Corupá, no Bairro dos Municípios receberam as visitadoras do Programa Bem Estar da Família, que começou nesta segunda-feira (14), em Balneário Camboriú. A secretária do Desenvolvimento e da Inclusão Social, Christina Barichello acompanhou a estreia do programa.

“De um modo geral, todos foram receptivos, depois que receberam informações sobre o programa. Muitos ficaram contentes, disseram que somos anjos da guarda. Uma mulher ficou preocupada em responder muitas perguntas, porque poderia perder o benefício. Encontramos uma família com 14 pessoas em um espaço mínimo. Vimos necessidades de todos os tipos, desde uma criança de 8 anos que ainda chupa bico. Muitas questões ligadas à saúde. Tem pedidos, queixas, histórias. Essa foi a primeira aproximação. Semana que vem elas voltam, esse é o primeiro período do programa, fazer a vinculação com as famílias”, disse Christina.

As visitadoras visitarão 200 famílias no bairro.

Um grupo de 10 visitadoras foram capacitadas para visitar 200 famílias que fazem parte do Cadastro Único do Bairro dos Municípios. Esta primeira etapa vai durar seis meses e a meta é visitar, uma vez por semana, cada família.

“A ação propõe a atuação intersetorial no atendimento às famílias e envolve todos os benefícios sociais ofertados pelo município. Será feita uma triagem das necessidades e das potencialidades de cada morador destas núcleos familiares para então fazer o encaminhamento necessário. É uma parceria entre a prefeitura, governo federal, Organização Mundial da Saúde (OMS) e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)”, explicou Christina.

O programa conta com a participação das secretarias municipais de Articulação, Saúde, Meio Ambiente, Cultura, Esporte, Segurança, Educação e Desenvolvimento e Inclusão Social, que coordena a ação. É considerado inovador no país, já que vai ao encontro das famílias, oferecendo atendimento intersetorial e poderá servir de exemplo para o governo federal.

A equipe de visitadores recebeu capacitação nas áreas de saúde da mulher, do homem, em educação, acolhimento de famílias, trabalho social, abordagens com famílias estrangeiras, envelhecimento ativo e saudável, e pessoas com deficiência. Com o treinamento eles ficaram capacitados para identificar as necessidades familiares e fazer o encaminhamento aos programas adequados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade