Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Procuradoria Especial da Mulher será implantada na Câmara de Balneário Camboriú

Sexta, 13/9/2019 16:03.
Divulgação
Juliethe, David e o Gestor Municipal de Convênios, Wellington Viana (E)

Publicidade

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú vai oficializar a implantação da Procuradoria Especial da Mulher na segunda-feira (16), às 19h30. A ideia surgiu através de um projeto de lei de autoria da vereadora Juliethe Nitz e será mais uma ferramenta para atender mulheres em situações de vulnerabilidade.

A vereadora Juliethe conta que está muito feliz por ver o projeto se tornando realidade, e explica que a Procuradoria vai funcionar dentro da Câmara, sendo mais uma forma do município receber as mulheres vítimas de violência.

“É um marco para a cidade e será mais um meio para as mulheres buscarem meios legais e práticos para terem apoio em todas as situações de vulnerabilidade. Elas poderão denunciar e serão encaminhadas para a rede de apoio, seja OAB, como a delegacia e outros programas existentes na cidade. A Procuradoria servirá ainda para fiscalizar os programas governamentais, atuando em defesa dos direitos das mulheres”, diz.

Juliethe opina que o Abraço à Mulher, programa municipal que auxilia mulheres vítimas de violência doméstica, foi uma grande conquista para a cidade, mas que ela acha que precisa haver uma integração maior.

“Os programas existentes hoje são muito individualizados, e a Procuradoria vai atuar para integrá-los também, unindo essa rede de apoio. As mulheres ficam sem saber como buscar apoio. É preciso unir a delegacia, a Saúde, o Abraço...”, pontua.

A expectativa é que o evento conte com a participação da desembargadora do Tribunal de Justiça Salete Sommariva e da delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das Delegacias de Polícia de Atendimento à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMIs) de Santa Catarina, além de autoridades municipais.

“Convidamos a comunidade a participar desse momento muito importante para a segurança das mulheres”, completa a vereadora.

Botão do Pânico

Na sexta-feira (9) Juliethe recebeu o secretário de Segurança de Balneário Camboriú, David Queiroz, para discutir a implantação do aplicativo do Botão do Pânico na cidade, outra ação em prol das mulheres vítimas de violência.

“Um aplicativo já está em teste na secretaria e algumas mulheres, que já possuem medidas protetivas no município, utilizam o sistema. Ele está funcionando muito bem, pois assim que o agressor apresenta alguma ameaça a própria mulher aciona o aplicativo e alguém da Guarda Municipal se desloca para o atendimento”, disse David na ocasião.

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Juliethe, David e o Gestor Municipal de Convênios, Wellington Viana (E)
Juliethe, David e o Gestor Municipal de Convênios, Wellington Viana (E)

Procuradoria Especial da Mulher será implantada na Câmara de Balneário Camboriú

Publicidade

Sexta, 13/9/2019 16:03.

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú vai oficializar a implantação da Procuradoria Especial da Mulher na segunda-feira (16), às 19h30. A ideia surgiu através de um projeto de lei de autoria da vereadora Juliethe Nitz e será mais uma ferramenta para atender mulheres em situações de vulnerabilidade.

A vereadora Juliethe conta que está muito feliz por ver o projeto se tornando realidade, e explica que a Procuradoria vai funcionar dentro da Câmara, sendo mais uma forma do município receber as mulheres vítimas de violência.

“É um marco para a cidade e será mais um meio para as mulheres buscarem meios legais e práticos para terem apoio em todas as situações de vulnerabilidade. Elas poderão denunciar e serão encaminhadas para a rede de apoio, seja OAB, como a delegacia e outros programas existentes na cidade. A Procuradoria servirá ainda para fiscalizar os programas governamentais, atuando em defesa dos direitos das mulheres”, diz.

Juliethe opina que o Abraço à Mulher, programa municipal que auxilia mulheres vítimas de violência doméstica, foi uma grande conquista para a cidade, mas que ela acha que precisa haver uma integração maior.

“Os programas existentes hoje são muito individualizados, e a Procuradoria vai atuar para integrá-los também, unindo essa rede de apoio. As mulheres ficam sem saber como buscar apoio. É preciso unir a delegacia, a Saúde, o Abraço...”, pontua.

A expectativa é que o evento conte com a participação da desembargadora do Tribunal de Justiça Salete Sommariva e da delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila, coordenadora das Delegacias de Polícia de Atendimento à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMIs) de Santa Catarina, além de autoridades municipais.

“Convidamos a comunidade a participar desse momento muito importante para a segurança das mulheres”, completa a vereadora.

Botão do Pânico

Na sexta-feira (9) Juliethe recebeu o secretário de Segurança de Balneário Camboriú, David Queiroz, para discutir a implantação do aplicativo do Botão do Pânico na cidade, outra ação em prol das mulheres vítimas de violência.

“Um aplicativo já está em teste na secretaria e algumas mulheres, que já possuem medidas protetivas no município, utilizam o sistema. Ele está funcionando muito bem, pois assim que o agressor apresenta alguma ameaça a própria mulher aciona o aplicativo e alguém da Guarda Municipal se desloca para o atendimento”, disse David na ocasião.

 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade