Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Audiência Pública, a chance para comunidade se informar sobre mercado público da Barra

Toda comunidade está convidada para participar do debate

Quarta, 4/9/2019 15:16.
Divulgação/PMBC
A entrega da conclusão do estudo aconteceu esta semana. Na foto, representantes do CGPPP, da comissão de obras e do consórcio.

Publicidade

Toda comunidade está convidada para participar do debate.

O diretor-presidente da BC Investimentos, Nelson Oliveira está convidando a comunidade para participar de Audiência Pública, no próximo dia 23, às 19h, na Câmara de Vereadores, para discutir o projeto do Mercado Público, que pretendem construir na Barra.

Esta semana o estudo do Mercado Público da Barra foi entregue pelos representantes do consórcio (Acquaplan/PDBS e o arquiteto Ênio Faqueti) ao Comitê Gestor de Parcerias Público Privadas (CGPPP) para submeter a apreciação da comissão técnica de análise para conclusão.

O projeto assinado pelo arquiteto Ênio Faqueti, foi aprovado pelo Conselho da Cidade no primeiro dia de agosto, mas nas redes foi bastante questionado pela falta de identidade com o bairro da Barra (características açorianas). Faqueti disse que seria como ‘criar um falso velho’, materiais e épocas mudaram muito e além disso, ele pesquisou projetos do tipo em várias cidades.

Outro questionamento da comunidade é que o mercado seria feito numa área de convivência, hoje ocupada por uma quadra de esportes pública, uma grande pracinha e parquinho para as crianças, e o anexo da Casa Linhares, utilizado por coletivos culturais, que desenvolvem naquele espaço oficinas de músicas e dança, artesanato e cultura popular.

A audiência dará oportunidade para que a comunidade se manifeste.

“Depois da audiência pública, o projeto será encaminhado para o Legislativo pelas duas questões, com relação ao Plano Diretor, altura e garagem. Hoje estamos dando entrada no Licenciamento Ambiental (LAP). Se forem aprovados pela Câmara e pelo Licenciamento, pode ser feita a licitação para execução da obra”, detalhou Oliveira.

A audiência será às 19h e é aberta a toda população, convidada a participar do debate. A Câmara de Vereadores fica na Avenida das Flores, 675.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinião

"Com estes valores, nenhuma unidade de saúde consegue se manter como PORTA ABERTA"


Cidade

Prefeitura é dona de terreno, próximo ao local, que poderia receber o Mercado


Brasil


Política

O vereador aproveitou que estava em Brasília pra falar sobre o saneamento básico de Camboriú


Cidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Audiência Pública, a chance para comunidade se informar sobre mercado público da Barra

Divulgação/PMBC
A entrega da conclusão do estudo aconteceu esta semana. Na foto, representantes do CGPPP, da comissão de obras e do consórcio.
A entrega da conclusão do estudo aconteceu esta semana. Na foto, representantes do CGPPP, da comissão de obras e do consórcio.

Publicidade

Quarta, 4/9/2019 15:16.

Toda comunidade está convidada para participar do debate.

O diretor-presidente da BC Investimentos, Nelson Oliveira está convidando a comunidade para participar de Audiência Pública, no próximo dia 23, às 19h, na Câmara de Vereadores, para discutir o projeto do Mercado Público, que pretendem construir na Barra.

Esta semana o estudo do Mercado Público da Barra foi entregue pelos representantes do consórcio (Acquaplan/PDBS e o arquiteto Ênio Faqueti) ao Comitê Gestor de Parcerias Público Privadas (CGPPP) para submeter a apreciação da comissão técnica de análise para conclusão.

O projeto assinado pelo arquiteto Ênio Faqueti, foi aprovado pelo Conselho da Cidade no primeiro dia de agosto, mas nas redes foi bastante questionado pela falta de identidade com o bairro da Barra (características açorianas). Faqueti disse que seria como ‘criar um falso velho’, materiais e épocas mudaram muito e além disso, ele pesquisou projetos do tipo em várias cidades.

Outro questionamento da comunidade é que o mercado seria feito numa área de convivência, hoje ocupada por uma quadra de esportes pública, uma grande pracinha e parquinho para as crianças, e o anexo da Casa Linhares, utilizado por coletivos culturais, que desenvolvem naquele espaço oficinas de músicas e dança, artesanato e cultura popular.

A audiência dará oportunidade para que a comunidade se manifeste.

“Depois da audiência pública, o projeto será encaminhado para o Legislativo pelas duas questões, com relação ao Plano Diretor, altura e garagem. Hoje estamos dando entrada no Licenciamento Ambiental (LAP). Se forem aprovados pela Câmara e pelo Licenciamento, pode ser feita a licitação para execução da obra”, detalhou Oliveira.

A audiência será às 19h e é aberta a toda população, convidada a participar do debate. A Câmara de Vereadores fica na Avenida das Flores, 675.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade