Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Feiras livres da Rua 200 voltam obedecendo restrições

Quarta, 15/4/2020 16:37.
Divulgação/PMBC

Publicidade

A Fundação Cultural publicou nesta terça-feira (15) instruções sobre o funcionamento das feiras livres da Rua 200, a partir desta quarta-feira (15). Elas devem obedecer as regras estabelecidas pela autorização estadual para a reabertura do comércio de rua.

Em sua publicação, a Fundação Cultural estabelece quais os produtos que poderão ser comercializados, relacionados exclusivamente à cultura alimentar, e os cuidados que feirantes e clientes devem observar.

Por enquanto somente as feiras do Boulevard da Rua 200, que ocorrem às quartas-feiras e aos sábados, das 7h às 12h, na lateral do Teatro Municipal Bruno Nitz podem funcionar.

Será permitida apenas a comercialização de produtos alimentares sem consumo no local, para que não haja permanência de público. Os produtos deverão estar embalados e rotulados conforme a legislação sanitária. Todos os trabalhadores deverão usar máscaras. Os feirantes devem também controlar o fluxo de público, preservando o distanciamento entre pessoas de, ao menos, 1,5 metro, com sinalização visual disposta no piso para orientar o consumidor e, assim, evitar aglomeração.

As determinações da instrução normativa podem ser lidas no site culturabc.com.br

As feiras da Praça da Cultura (aos sábados, das 9h às 15h) e da Praça do Pescador (aos domingos, das 10h às 16h, no Bairro da Barra) ainda não estão autorizadas a funcionar, porque o decreto estadual 525/2020 proíbe, até o dia 31 de maio, a concentração da população em praias, parques e praças.

Informações: Fundação Cultural (47) 3366-5325


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC

Feiras livres da Rua 200 voltam obedecendo restrições

Publicidade

Quarta, 15/4/2020 16:37.

A Fundação Cultural publicou nesta terça-feira (15) instruções sobre o funcionamento das feiras livres da Rua 200, a partir desta quarta-feira (15). Elas devem obedecer as regras estabelecidas pela autorização estadual para a reabertura do comércio de rua.

Em sua publicação, a Fundação Cultural estabelece quais os produtos que poderão ser comercializados, relacionados exclusivamente à cultura alimentar, e os cuidados que feirantes e clientes devem observar.

Por enquanto somente as feiras do Boulevard da Rua 200, que ocorrem às quartas-feiras e aos sábados, das 7h às 12h, na lateral do Teatro Municipal Bruno Nitz podem funcionar.

Será permitida apenas a comercialização de produtos alimentares sem consumo no local, para que não haja permanência de público. Os produtos deverão estar embalados e rotulados conforme a legislação sanitária. Todos os trabalhadores deverão usar máscaras. Os feirantes devem também controlar o fluxo de público, preservando o distanciamento entre pessoas de, ao menos, 1,5 metro, com sinalização visual disposta no piso para orientar o consumidor e, assim, evitar aglomeração.

As determinações da instrução normativa podem ser lidas no site culturabc.com.br

As feiras da Praça da Cultura (aos sábados, das 9h às 15h) e da Praça do Pescador (aos domingos, das 10h às 16h, no Bairro da Barra) ainda não estão autorizadas a funcionar, porque o decreto estadual 525/2020 proíbe, até o dia 31 de maio, a concentração da população em praias, parques e praças.

Informações: Fundação Cultural (47) 3366-5325


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade