Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Apartamentos mais valiosos de Balneário Camboriú têm preços próximos a R$ 30 milhões

Cidade é destaque nacional em valorização de imóveis

Sexta, 10/1/2020 16:12.
Tonino Lamborghini Residences, cobertura por R$ 15 milhões.

Publicidade

(Waldemar Cezar Neto/JP3) - O Portal ZAP, um dos mais importantes no país na área imobiliária, anunciava à venda nesta sexta-feira 170 apartamentos em Balneário Camboriú com valor acima de R$ 8 milhões.

Comparando com Curitiba, capital com 1,8 milhão de habitantes do quinto Estado mais rico do país, existem apenas 18 apartamentos com preço acima de R$ 8 milhões à venda no Portal Zap.

Durante a semana Balneário Camboriú foi destaque no noticiário nacional porque o Índice Fipe-Zap apontou a cidade como segunda colocada no litoral brasileiro (e terceira no geral) no ranking dos imóveis com metro quadrado mais valioso do país.

Perder para Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca não chega a ser motivo para lamentar a segunda posição.

O Fipe-Zap leva em conta todos os imóveis de determinada cidade anunciados no Portal Zap, atualizando ao longo do tempo as estatísticas de preço do metro quadrado e da valorização imobiliária.

Balneário também se destacou entre as cidades onde os imóveis mais valorizaram, confirmando que não é conversa de vendedor o argumento dos construtores e corretores que investir aqui é retorno garantido.

O apartamento mais caro à venda em Balneário Camboriú, no Portal Zap, nesta sexta-feira, estava oferecido por R$ 24.870.000,00, a cobertura do edifício Epic Tower, 568 m2 em construção na Barra Sul, com 5 quartos, 6 banheiros, 4 vagas de garagem e demais mordomias típicas das mansões suspensas.

Os preços anunciados não costumam ser os concretizados, pois como em qualquer negócio existe barganha, permutas e outros malabarismos do ritual de quem quer comprar e quem precisa vender.

Na Embraed, a principal responsável pela construção civil de Balneário Camboriú ter investido no mercado de alto padrão, está à venda a cobertura do recém lançado Tonino Lamborghini Residences, ao preço de R$ 15 milhões.

O apartamento, no prédio com assinatura da grife italiana, tem 430 m2 onde estão previstas cinco suítes, mas a divisão interna fica a gosto do comprador.

Se a dona de casa achar que é muito trabalhoso varrer um apartamento tão grande, existem outras opções como a cobertura do New York Apartments, com 379m2 por R$ 8,2 milhões ou no penúltimo andar do Aurora Exclusive Homes, que tem 231 m2 e custa apenas R$ 7,6 milhões.



Piscina infantil do Aurora da Embraed.

Para bolsos mais modestos, na faixa de três a sete milhões de reais estão à venda no Portal Zap 1.606 apartamentos de todos os tipos e tamanhos.

Mesmo assim, se seu bolso não alcança, o consolo é escolher um dentre os 7.191 imóveis que custam entre R$ 1 milhão e R$ 2,9 milhões.

Balneário Camboriú definitivamente não é o paraíso do proletariado, quem tiver 500 mil e quiser comprar um apartamento com três dormitórios encontrará apenas 85 à venda.

Com esse mesmo dinheiro tem para vender em Itajaí 400 apartamentos e em Itapema 521.

O Portal Zap espelha bem essa ilha de valorização imobiliária: Itapema tem apenas um imóvel acima de R$ 8 milhões à venda e Itajai, apesar da poderosa Praia Brava tem 43, contra 170 em Balneário Camboriú.

O espantoso é que uma cidade pequena, com menos de 150 mil habitantes, onde nunca colocaram um tijolo grandes construtoras com ações cotadas em bolsa, tenha sobrevivido aos cinco anos de marasmo da economia brasileira e continue surfando a crista da onda do mercado de imóveis.

A competência e criatividade das construtoras locais é marcante. Por exemplo, para ser vizinho de Neymar (que é dono da cobertura) no edifício que será o maior residencial do Brasil, o Yachthouse by Pininfarina, o interessado deverá pagar R$ R$ 4.700.000,00.

São dois apartamentos por andar, com 257 m2 de área privativa e uma vista panorâmica que só um gigante com 81 pavimentos e 275 metros e altura pode proporcionar.

Esses R$ 4,7 milhões dão direito a 4 suítes, sendo uma master, uma semi master e duas convencionais, living com vista mar, espaço gourmet, cozinha semi-integrada, lavabo, área de serviço e dependência de empregada completa.



Yachthouse by Pininfarina.

É engano imaginar que Balneário Camboriú chegou ao limite, pois se o alargamento da praia central se concretizar, neste ano, é previsível que todos os imóveis, desde a casa de bairro mais modesta ao palacete de cobertura mais refinado sofram intensa valorização.

Falando em casas, as mais baratas à venda no Portal Zap, com 69m2 (cabem 8 dessas na cobertura do Epic Tower), custam R$ 220 mil, no Nova Esperança, o aprazível bairro que se desenvolveu ao longo da BR-101.

Epic Tower, esse grandão, quem pagarR$ 24.870.000,00 pode ficar com a cobertura.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Tonino Lamborghini Residences, cobertura por R$ 15 milhões.
Tonino Lamborghini Residences, cobertura por R$ 15 milhões.

Apartamentos mais valiosos de Balneário Camboriú têm preços próximos a R$ 30 milhões

Cidade é destaque nacional em valorização de imóveis

Publicidade

Sexta, 10/1/2020 16:12.

(Waldemar Cezar Neto/JP3) - O Portal ZAP, um dos mais importantes no país na área imobiliária, anunciava à venda nesta sexta-feira 170 apartamentos em Balneário Camboriú com valor acima de R$ 8 milhões.

Comparando com Curitiba, capital com 1,8 milhão de habitantes do quinto Estado mais rico do país, existem apenas 18 apartamentos com preço acima de R$ 8 milhões à venda no Portal Zap.

Durante a semana Balneário Camboriú foi destaque no noticiário nacional porque o Índice Fipe-Zap apontou a cidade como segunda colocada no litoral brasileiro (e terceira no geral) no ranking dos imóveis com metro quadrado mais valioso do país.

Perder para Ipanema, Leblon e Barra da Tijuca não chega a ser motivo para lamentar a segunda posição.

O Fipe-Zap leva em conta todos os imóveis de determinada cidade anunciados no Portal Zap, atualizando ao longo do tempo as estatísticas de preço do metro quadrado e da valorização imobiliária.

Balneário também se destacou entre as cidades onde os imóveis mais valorizaram, confirmando que não é conversa de vendedor o argumento dos construtores e corretores que investir aqui é retorno garantido.

O apartamento mais caro à venda em Balneário Camboriú, no Portal Zap, nesta sexta-feira, estava oferecido por R$ 24.870.000,00, a cobertura do edifício Epic Tower, 568 m2 em construção na Barra Sul, com 5 quartos, 6 banheiros, 4 vagas de garagem e demais mordomias típicas das mansões suspensas.

Os preços anunciados não costumam ser os concretizados, pois como em qualquer negócio existe barganha, permutas e outros malabarismos do ritual de quem quer comprar e quem precisa vender.

Na Embraed, a principal responsável pela construção civil de Balneário Camboriú ter investido no mercado de alto padrão, está à venda a cobertura do recém lançado Tonino Lamborghini Residences, ao preço de R$ 15 milhões.

O apartamento, no prédio com assinatura da grife italiana, tem 430 m2 onde estão previstas cinco suítes, mas a divisão interna fica a gosto do comprador.

Se a dona de casa achar que é muito trabalhoso varrer um apartamento tão grande, existem outras opções como a cobertura do New York Apartments, com 379m2 por R$ 8,2 milhões ou no penúltimo andar do Aurora Exclusive Homes, que tem 231 m2 e custa apenas R$ 7,6 milhões.



Piscina infantil do Aurora da Embraed.

Para bolsos mais modestos, na faixa de três a sete milhões de reais estão à venda no Portal Zap 1.606 apartamentos de todos os tipos e tamanhos.

Mesmo assim, se seu bolso não alcança, o consolo é escolher um dentre os 7.191 imóveis que custam entre R$ 1 milhão e R$ 2,9 milhões.

Balneário Camboriú definitivamente não é o paraíso do proletariado, quem tiver 500 mil e quiser comprar um apartamento com três dormitórios encontrará apenas 85 à venda.

Com esse mesmo dinheiro tem para vender em Itajaí 400 apartamentos e em Itapema 521.

O Portal Zap espelha bem essa ilha de valorização imobiliária: Itapema tem apenas um imóvel acima de R$ 8 milhões à venda e Itajai, apesar da poderosa Praia Brava tem 43, contra 170 em Balneário Camboriú.

O espantoso é que uma cidade pequena, com menos de 150 mil habitantes, onde nunca colocaram um tijolo grandes construtoras com ações cotadas em bolsa, tenha sobrevivido aos cinco anos de marasmo da economia brasileira e continue surfando a crista da onda do mercado de imóveis.

A competência e criatividade das construtoras locais é marcante. Por exemplo, para ser vizinho de Neymar (que é dono da cobertura) no edifício que será o maior residencial do Brasil, o Yachthouse by Pininfarina, o interessado deverá pagar R$ R$ 4.700.000,00.

São dois apartamentos por andar, com 257 m2 de área privativa e uma vista panorâmica que só um gigante com 81 pavimentos e 275 metros e altura pode proporcionar.

Esses R$ 4,7 milhões dão direito a 4 suítes, sendo uma master, uma semi master e duas convencionais, living com vista mar, espaço gourmet, cozinha semi-integrada, lavabo, área de serviço e dependência de empregada completa.



Yachthouse by Pininfarina.

É engano imaginar que Balneário Camboriú chegou ao limite, pois se o alargamento da praia central se concretizar, neste ano, é previsível que todos os imóveis, desde a casa de bairro mais modesta ao palacete de cobertura mais refinado sofram intensa valorização.

Falando em casas, as mais baratas à venda no Portal Zap, com 69m2 (cabem 8 dessas na cobertura do Epic Tower), custam R$ 220 mil, no Nova Esperança, o aprazível bairro que se desenvolveu ao longo da BR-101.

Epic Tower, esse grandão, quem pagarR$ 24.870.000,00 pode ficar com a cobertura.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade