Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Postinho de saúde da praia central de Balneário Camboriú já realizou mais de 590 atendimentos neste verão

Segunda, 13/1/2020 11:29.
Fotos Renata Rutes
Atendimento na praia voltou a funcionar em dezembro

Publicidade

O postinho de saúde da praia central, que voltou a funcionar embaixo do posto dos guarda-vidas em frente à Rua 1.400, já atendeu mais de 590 pessoas neste verão. Os atendimentos iniciaram em 14 de dezembro. 95% do público que vai ao local são idosos. Lá são feitas medições de pressão e glicemia, além de vacinas e curativos. Todos os atendimentos são gratuitos e abertos a todos, desde moradores como turistas (inclusive estrangeiros).

Atendimentos

Aposentado Paterno diz que é frequentador assíduo

A diretora da Vigilância Epidemiológica,Adriana Ribeiro, estava no posto para receber a reportagem do Página 3. Ela conta que desde 14 de dezembro já foram feitas no local 590 medições de pressão e glicemia, seis curativos (sendo um de queimadura por água-viva) e um encaminhamento ao SAMU. No local também são oferecidas vacinas contra a febre amarela e a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola).

“Das pessoas que nos procuram 95% são idosos, mas o público geral sabe que reabrimos e ficam felizes por que é uma opção rápida não necessitando ir até outro posto. Quem está na praia, pode vir aqui”, diz.

O local foi todo reformado, desde pintura como pisos, ar-condicionado e estrutura para atender a equipe que lá atua (frigobar, microondas, etc).

A prefeitura também elaborou uma série de panfletos informativos, falando desde a importância da higiene e de lavar as mãos, como dicas de acondicionamento de alimentos na praia, dengue, febre amarela e sarampo. Todos eles podem ser retirados na unidade.

O aposentadoOsvaldo Paternoestava sendo atendido no local na manhã desta quarta-feira (8), ele diz que é frequentador assíduo do postinho, e inclusive foi até lá para fazer um curativo nesta semana porque havia se machucado.

“É muito bom, o pessoal já me conhece. Dessa vez vim medir a pressão”, conta.

Febre amarela e sarampo

Adriana salienta que a grande preocupação é com a febre amarela e o sarampo. Ela lembra que Santa Catarina possui o chamado ‘corredor da Mata Atlântica’, por onde o vírus circula. Hoje 54% da população de Balneário Camboriú está imunizada quanto a febre amarela, restando pouco menos da metade, o que é um número significativo.

“Fomos até bares, restaurantes e hotéis pedindo apoio na divulgação de nossa campanha com os turistas também, e isso vale ainda para o caso de sarampo. 95% da população da cidade está imunizada, mas há a preocupação com os turistas”, diz.

Quem não lembra se foi vacinado pode ir até o postinho da praia e tomar a vacina da febre amarela. Essa vacina é para crianças a partir de nove anos até adultos de 59. Idosos precisam passar por exame médico para ver a necessidade.

No caso da tríplice viral Adriana salienta que os jovens adultos precisam tomar a segunda dose, e que muitos não sabem disso.

Dicas para o verão

Adriana destaca que muitas pessoas levam alimentos para a praia, como sanduíches e frutas, mas que não os acondicionam da maneira certa, e isso pode causar problemas como a disenteria.

“Tudo afeta, o calor, a falta de higiene, o mau acondicionamento também. Fica na térmica com gelo, que acaba derretendo. Uma dica é fazer gelo em garrafas plásticas, assim quando derrete fica concentrado ali”, destaca.

A profissional diz ainda o quanto o álcool em excesso é prejudicial, já que a pessoa desidrata rápido, principalmente no verão. O ideal é, se consumi-lo, ir intercalando com água, além de manter uma boa alimentação com frutas e verduras.

“É recomendável também sempre manter as mãos higienizadas e evitar o sol das 10h às 16h. O horário do meio-dia é o pior. O uso de filtro solar é essencial e o repelente também é positivo”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Fotos Renata Rutes
Atendimento na praia voltou a funcionar em dezembro
Atendimento na praia voltou a funcionar em dezembro

Postinho de saúde da praia central de Balneário Camboriú já realizou mais de 590 atendimentos neste verão

Publicidade

Segunda, 13/1/2020 11:29.

O postinho de saúde da praia central, que voltou a funcionar embaixo do posto dos guarda-vidas em frente à Rua 1.400, já atendeu mais de 590 pessoas neste verão. Os atendimentos iniciaram em 14 de dezembro. 95% do público que vai ao local são idosos. Lá são feitas medições de pressão e glicemia, além de vacinas e curativos. Todos os atendimentos são gratuitos e abertos a todos, desde moradores como turistas (inclusive estrangeiros).

Atendimentos

Aposentado Paterno diz que é frequentador assíduo

A diretora da Vigilância Epidemiológica,Adriana Ribeiro, estava no posto para receber a reportagem do Página 3. Ela conta que desde 14 de dezembro já foram feitas no local 590 medições de pressão e glicemia, seis curativos (sendo um de queimadura por água-viva) e um encaminhamento ao SAMU. No local também são oferecidas vacinas contra a febre amarela e a tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola).

“Das pessoas que nos procuram 95% são idosos, mas o público geral sabe que reabrimos e ficam felizes por que é uma opção rápida não necessitando ir até outro posto. Quem está na praia, pode vir aqui”, diz.

O local foi todo reformado, desde pintura como pisos, ar-condicionado e estrutura para atender a equipe que lá atua (frigobar, microondas, etc).

A prefeitura também elaborou uma série de panfletos informativos, falando desde a importância da higiene e de lavar as mãos, como dicas de acondicionamento de alimentos na praia, dengue, febre amarela e sarampo. Todos eles podem ser retirados na unidade.

O aposentadoOsvaldo Paternoestava sendo atendido no local na manhã desta quarta-feira (8), ele diz que é frequentador assíduo do postinho, e inclusive foi até lá para fazer um curativo nesta semana porque havia se machucado.

“É muito bom, o pessoal já me conhece. Dessa vez vim medir a pressão”, conta.

Febre amarela e sarampo

Adriana salienta que a grande preocupação é com a febre amarela e o sarampo. Ela lembra que Santa Catarina possui o chamado ‘corredor da Mata Atlântica’, por onde o vírus circula. Hoje 54% da população de Balneário Camboriú está imunizada quanto a febre amarela, restando pouco menos da metade, o que é um número significativo.

“Fomos até bares, restaurantes e hotéis pedindo apoio na divulgação de nossa campanha com os turistas também, e isso vale ainda para o caso de sarampo. 95% da população da cidade está imunizada, mas há a preocupação com os turistas”, diz.

Quem não lembra se foi vacinado pode ir até o postinho da praia e tomar a vacina da febre amarela. Essa vacina é para crianças a partir de nove anos até adultos de 59. Idosos precisam passar por exame médico para ver a necessidade.

No caso da tríplice viral Adriana salienta que os jovens adultos precisam tomar a segunda dose, e que muitos não sabem disso.

Dicas para o verão

Adriana destaca que muitas pessoas levam alimentos para a praia, como sanduíches e frutas, mas que não os acondicionam da maneira certa, e isso pode causar problemas como a disenteria.

“Tudo afeta, o calor, a falta de higiene, o mau acondicionamento também. Fica na térmica com gelo, que acaba derretendo. Uma dica é fazer gelo em garrafas plásticas, assim quando derrete fica concentrado ali”, destaca.

A profissional diz ainda o quanto o álcool em excesso é prejudicial, já que a pessoa desidrata rápido, principalmente no verão. O ideal é, se consumi-lo, ir intercalando com água, além de manter uma boa alimentação com frutas e verduras.

“É recomendável também sempre manter as mãos higienizadas e evitar o sol das 10h às 16h. O horário do meio-dia é o pior. O uso de filtro solar é essencial e o repelente também é positivo”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade