Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Obras do elevado da Quarta Avenida em Balneário Camboriú já começaram: confira como será

Este elevado fará a ligação entre a Avenida Martin Luther e a Quarta Avenida, passando por cima da Avenida do Estado

Terça, 3/3/2020 17:30.
Divulgação

Publicidade

A equipe da empresa Pacopedra Pavimentadora, vencedora da licitação, está trabalhando nesta terça-feira (3) no canteiro de obras do local. A ordem de serviço foi assinada na segunda-feira (2) pelo prefeito Fabrício Oliveira.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento Urbano de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Metzner Silva, explica que a equipe está trabalhando no canteiro de obras, iniciando a montagem.

“Hoje o principal problema daquela localidade é a união do Binário com a Quarta Avenida. Temos outros ‘gargalos’ como esse na cidade, mas ele é o pior, e a Avenida Panorâmica junto com o elevado vão resolver essa questão”, diz.

Atualmente, passam pelo entroncamento da Quarta Avenida com a Avenida dos Estados 4,7 mil veículos no horário de pico. O cálculo é que daqui a dez anos a movimentação aumente para quase 10 mil veículos passando pelo local nos horários de rush.

Esta obra vem para dar fluidez no sistema viário, pois com a implantação do elevado, o trânsito neste entroncamento Norte/Sul e Oeste/Leste vai fluir naturalmente, sem congestionamento. Esta obra interliga o Binário Norte (Av. Martin Luther) com o Binário Sul (Quarta Avenida). A expectativa é que a obra seja finalizada em oito meses, mas Carlos Humberto destaca que se houverem períodos de chuva isso pode atrasar.

“Se chover muito na fundação do elevado, teremos que adiar esse prazo”, afirma.

O secretário lembra ainda da economia que a cidade teve através da licitação. O valor previsto no edital era de R$ 11,8 milhões, mas a empresa vencedora, Pacopedra Pavimentadora, fará a obra por R$ 10,6 milhões.

“Nesse edital tivemos economia de R$ 1,2 milhões, mas se comparar com os editais que tratavam do elevado no passado, tivemos uma economia ainda maior”, aponta.

O elevado terá quatro pistas paralelas para o trânsito de veículos, ciclovia protegida, calçadas com acessibilidade e uma área de urbanização com 15 mil m² em seu entorno – a qual Carlos Humberto destaca.

“Essa área de convivência vai ser a principal área de lazer da cidade após a praia, já que ela está muito bem localizada, entre três bairros (Centro, Nações e Estados)”, comenta.

Neste local haverá itens de lazer, como dog park, espaço para ginástica, parquinho infantil, praça e paisagismo, além de possuir mobiliários urbanos e iluminação com sistema de led.

Com a implantação do elevado, em conjunto com a finalização da Avenida Panorâmica, o fluxo do trânsito será da seguinte forma: os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther e vão em sentido à Avenida das Flores terão que acessar a Avenida Panorâmica; os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther, mas que vão para a Quarta Avenida, passarão por cima do elevado.

“Irá auxiliar tanto quem transita por esse local porque trabalha nas proximidades como os moradores dos três bairros próximos, Nações, Estados e Centro. O Centro é o principal da cidade, o Bairro das Nações o mais populoso e o Estados um dos que mais cresce, com a presença do shopping, Havan, rodoviária e outros equipamentos da prefeitura ali presentes”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Obras do elevado da Quarta Avenida em Balneário Camboriú já começaram: confira como será

Este elevado fará a ligação entre a Avenida Martin Luther e a Quarta Avenida, passando por cima da Avenida do Estado

Publicidade

Terça, 3/3/2020 17:30.

A equipe da empresa Pacopedra Pavimentadora, vencedora da licitação, está trabalhando nesta terça-feira (3) no canteiro de obras do local. A ordem de serviço foi assinada na segunda-feira (2) pelo prefeito Fabrício Oliveira.

O vice-prefeito e secretário de Planejamento Urbano de Balneário Camboriú, Carlos Humberto Metzner Silva, explica que a equipe está trabalhando no canteiro de obras, iniciando a montagem.

“Hoje o principal problema daquela localidade é a união do Binário com a Quarta Avenida. Temos outros ‘gargalos’ como esse na cidade, mas ele é o pior, e a Avenida Panorâmica junto com o elevado vão resolver essa questão”, diz.

Atualmente, passam pelo entroncamento da Quarta Avenida com a Avenida dos Estados 4,7 mil veículos no horário de pico. O cálculo é que daqui a dez anos a movimentação aumente para quase 10 mil veículos passando pelo local nos horários de rush.

Esta obra vem para dar fluidez no sistema viário, pois com a implantação do elevado, o trânsito neste entroncamento Norte/Sul e Oeste/Leste vai fluir naturalmente, sem congestionamento. Esta obra interliga o Binário Norte (Av. Martin Luther) com o Binário Sul (Quarta Avenida). A expectativa é que a obra seja finalizada em oito meses, mas Carlos Humberto destaca que se houverem períodos de chuva isso pode atrasar.

“Se chover muito na fundação do elevado, teremos que adiar esse prazo”, afirma.

O secretário lembra ainda da economia que a cidade teve através da licitação. O valor previsto no edital era de R$ 11,8 milhões, mas a empresa vencedora, Pacopedra Pavimentadora, fará a obra por R$ 10,6 milhões.

“Nesse edital tivemos economia de R$ 1,2 milhões, mas se comparar com os editais que tratavam do elevado no passado, tivemos uma economia ainda maior”, aponta.

O elevado terá quatro pistas paralelas para o trânsito de veículos, ciclovia protegida, calçadas com acessibilidade e uma área de urbanização com 15 mil m² em seu entorno – a qual Carlos Humberto destaca.

“Essa área de convivência vai ser a principal área de lazer da cidade após a praia, já que ela está muito bem localizada, entre três bairros (Centro, Nações e Estados)”, comenta.

Neste local haverá itens de lazer, como dog park, espaço para ginástica, parquinho infantil, praça e paisagismo, além de possuir mobiliários urbanos e iluminação com sistema de led.

Com a implantação do elevado, em conjunto com a finalização da Avenida Panorâmica, o fluxo do trânsito será da seguinte forma: os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther e vão em sentido à Avenida das Flores terão que acessar a Avenida Panorâmica; os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther, mas que vão para a Quarta Avenida, passarão por cima do elevado.

“Irá auxiliar tanto quem transita por esse local porque trabalha nas proximidades como os moradores dos três bairros próximos, Nações, Estados e Centro. O Centro é o principal da cidade, o Bairro das Nações o mais populoso e o Estados um dos que mais cresce, com a presença do shopping, Havan, rodoviária e outros equipamentos da prefeitura ali presentes”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade