Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Ciência
Grupo descobre manada de filhotes de répteis primitivos no RS

Quinta, 18/10/2018 12:53.
Wikipédia
Dinodontosaurus

Publicidade

REINALDO JOSÉ LOPES(FOLHAPRESS)

Há 240 milhões de anos, o interior gaúcho era habitado por estranhos répteis dentuços comedores de plantas, que faziam parte da linhagem que daria origem aos mamíferos. Pertenciam ao gênero Dinodontosaurus e podiam alcançar meia tonelada de peso (e até 2,5 m de comprimento).

Agora, pesquisadores da Universidade Federal do Pampa anunciaram a descoberta de uma pequena manada de filhotes desses bichos, desencavada no município de Dona Francisca (RS).

Segundo Gianfrancis Ugalde, um dos autores descrevendo o achado na revista científica Historical Biology, havia ao menos seis indivíduos -possivelmente muitos mais-, conforme documentam crânios, mandíbulas, vértebras e vários outros ossos achados no local.

A causa da morte da bicharada é incerta, mas a presença de vários indivíduos juntos sugere a formação de bandos para proteção contra predadores, que eram comuns na região e incluíam parentes extintos dos atuais crocodilos e jacarés, mas de hábitos terrestres.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Wikipédia
Dinodontosaurus
Dinodontosaurus

Grupo descobre manada de filhotes de répteis primitivos no RS

Publicidade

Quinta, 18/10/2018 12:53.

REINALDO JOSÉ LOPES(FOLHAPRESS)

Há 240 milhões de anos, o interior gaúcho era habitado por estranhos répteis dentuços comedores de plantas, que faziam parte da linhagem que daria origem aos mamíferos. Pertenciam ao gênero Dinodontosaurus e podiam alcançar meia tonelada de peso (e até 2,5 m de comprimento).

Agora, pesquisadores da Universidade Federal do Pampa anunciaram a descoberta de uma pequena manada de filhotes desses bichos, desencavada no município de Dona Francisca (RS).

Segundo Gianfrancis Ugalde, um dos autores descrevendo o achado na revista científica Historical Biology, havia ao menos seis indivíduos -possivelmente muitos mais-, conforme documentam crânios, mandíbulas, vértebras e vários outros ossos achados no local.

A causa da morte da bicharada é incerta, mas a presença de vários indivíduos juntos sugere a formação de bandos para proteção contra predadores, que eram comuns na região e incluíam parentes extintos dos atuais crocodilos e jacarés, mas de hábitos terrestres.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade