Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Filme de youtuber brasileiro Joe Penna ganha elogios em Cannes
Divulgação

Sexta, 11/5/2018 13:56.

GUILHERME GENESTRETI*

CANNES, FRANÇA (FOLHAPRESS) - Fora da competição pela Palma de Ouro, mas ainda assim na seleção oficial, o Festival de Cannes também recebeu a estreia de "Arctic", longa dirigido por Joe Penna, um youtuber brasileiro.

Também conhecido na internet como MysteryGuitarMan, Jônatas de Moura Penna é um paulistano de 30 anos radicado na Califórnia.
Em sua estreia na direção de um longa, ele escalou o ator dinamarquês Mads Mikkelsen (de "A Caça" e "007–Cassino Royale") para o papel do sobrevivente de um acidente, perdido no deserto gelado do Ártico.

O gênero é velho conhecido que o público já conhece de "Náufrago", de "127 Horas", de "O Regresso", de "Até o Fim"... Isto é, drama de sobrevivência ancorado num único personagem, com muitas cenas de privação e pouquíssimos diálogos.

Comparando o filme de Penna a essas outras referências cinematográficas, a revista Variety elogiou a empreitada do brasileiro: "Com seu estilo independente, [Arctic] é o anti-'Náufrago'. É o que o torna bom e cativante. Deixa que sobrevivência pareça crua como ela de fato é."
O longa, que ainda não tem data de estreia no Brasil, acaba de fechar um acordo para distribuição nos Estados Unidos.

*O jornalista se hospeda a convite do festival.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Filme de youtuber brasileiro Joe Penna ganha elogios em Cannes

Divulgação

Publicidade

Sexta, 11/5/2018 13:56.

GUILHERME GENESTRETI*

CANNES, FRANÇA (FOLHAPRESS) - Fora da competição pela Palma de Ouro, mas ainda assim na seleção oficial, o Festival de Cannes também recebeu a estreia de "Arctic", longa dirigido por Joe Penna, um youtuber brasileiro.

Também conhecido na internet como MysteryGuitarMan, Jônatas de Moura Penna é um paulistano de 30 anos radicado na Califórnia.
Em sua estreia na direção de um longa, ele escalou o ator dinamarquês Mads Mikkelsen (de "A Caça" e "007–Cassino Royale") para o papel do sobrevivente de um acidente, perdido no deserto gelado do Ártico.

O gênero é velho conhecido que o público já conhece de "Náufrago", de "127 Horas", de "O Regresso", de "Até o Fim"... Isto é, drama de sobrevivência ancorado num único personagem, com muitas cenas de privação e pouquíssimos diálogos.

Comparando o filme de Penna a essas outras referências cinematográficas, a revista Variety elogiou a empreitada do brasileiro: "Com seu estilo independente, [Arctic] é o anti-'Náufrago'. É o que o torna bom e cativante. Deixa que sobrevivência pareça crua como ela de fato é."
O longa, que ainda não tem data de estreia no Brasil, acaba de fechar um acordo para distribuição nos Estados Unidos.

*O jornalista se hospeda a convite do festival.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade