Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cinema
Zac Efron vive o serial killer Ted Bundy em novo filme estreado no Sundance Film Festival

Segunda, 28/1/2019 10:59.
Divulgação

Publicidade

(FOLHAPRESS)

Ted Bundy foi um dos assassinos em série mais temidos dos Estados Unidos durante a década de 1970. Com charme e personalidade comunicativa, ele conseguiu estuprar e assassinar diversas mulheres e meninas antes de ser condenado à pena de morte em 1989.

Agora, 30 anos depois, é Zac Efron, 31, quem revive o serial killer no novo filme "Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile" ("Extremamente malvado, chocantemente maldoso e perverso", em tradução livre), que estreou neste sábado (26) no Sundance Film Festival, festival de cinema nos EUA que vai até 3 de fevereiro.

O filme, que também traz Lily Collins e Kaya Scodelario, ganhou trailer na última sexta-feira (25). O diretor, Joe Berliniger, chegou a dizer à revista americana Variety que a escolha por Efron foi proposital, aproveitando o apelo sexual do ator.

Para interpretar o assassino, Efron deixou todos os carboidratos de lado e chegou a perder quase seis quilos.

"Eu me sinto responsável por fazer com que este filme não seja uma celebração de Ted Bundy", disse Efron em uma entrevista à Variety. "Ou uma glorificação dele. Mas sim um estudo psicológico de quem era essa pessoa."

"Este filme é realmente sobre um ser humano, alguém que talvez eu fosse amigo", completou. "E uma história de amor de uma perspectiva única. Eu nunca vi isso antes. É intrigante para mim."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Zac Efron vive o serial killer Ted Bundy em novo filme estreado no Sundance Film Festival

Divulgação

Publicidade

Segunda, 28/1/2019 10:59.

(FOLHAPRESS)

Ted Bundy foi um dos assassinos em série mais temidos dos Estados Unidos durante a década de 1970. Com charme e personalidade comunicativa, ele conseguiu estuprar e assassinar diversas mulheres e meninas antes de ser condenado à pena de morte em 1989.

Agora, 30 anos depois, é Zac Efron, 31, quem revive o serial killer no novo filme "Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile" ("Extremamente malvado, chocantemente maldoso e perverso", em tradução livre), que estreou neste sábado (26) no Sundance Film Festival, festival de cinema nos EUA que vai até 3 de fevereiro.

O filme, que também traz Lily Collins e Kaya Scodelario, ganhou trailer na última sexta-feira (25). O diretor, Joe Berliniger, chegou a dizer à revista americana Variety que a escolha por Efron foi proposital, aproveitando o apelo sexual do ator.

Para interpretar o assassino, Efron deixou todos os carboidratos de lado e chegou a perder quase seis quilos.

"Eu me sinto responsável por fazer com que este filme não seja uma celebração de Ted Bundy", disse Efron em uma entrevista à Variety. "Ou uma glorificação dele. Mas sim um estudo psicológico de quem era essa pessoa."

"Este filme é realmente sobre um ser humano, alguém que talvez eu fosse amigo", completou. "E uma história de amor de uma perspectiva única. Eu nunca vi isso antes. É intrigante para mim."


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade