Jornal Página 3
Coluna
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

Festival Audiovisual Catarinense divulga lista de filmes selecionados

 

Chapecó, Lages, Blumenau e Florianópolis vão assistir 21 filmes do 2º FAÇA, entre 24 de outubro e 23 de novembro.

 

 

Vinte e um curtas-metragens ganham projeção estadual no 2º FAÇA (Festival Audiovisual Catarinense), que vai percorrer as cidades de Chapecó, Lages, Blumenau e Florianópolis entre os meses de outubro e novembro. Foram inscritos 90 filmes, sendo 62 ficções, 18 documentários e 10 animações.

 

Os filmes selecionados este ano (confira lista abaixo) vão concorrer a quatro prêmios de R$ 5 mil cada.  Três prêmios serão eleitos segundo critérios do Júri Oficial, sem categorias pré-definidas. Já a quarta premiação é o público de todas as cidades onde o FAÇA for realizado quem elege, ou seja, o Melhor Filme, segundo Júri Popular. A lista e outras informações também podem ser conferidas no site www.faca.art.br.

 

A maioria das produções inscritas no Festival é de Florianópolis (42). Mas outras cidades de Santa Catarina também participaram ativamente, entre elas Jaraguá do Sul (seis), Joinville (cinco) e Criciúma (três). Catarinenses que moram em cidades fora do Estado e do País também enviaram seus filmes - São Paulo/SP (cinco), Santos/SP (um), Guarulhos/SP (um), Curitiba/PR (seis), Rio de Janeiro/RJ (cinco), Porto Alegre/RS (três) e Nova York (um).

 

A novidade desse ano é a entrada de Chapecó no circuito, que recebe o Festival entre os dias 24 e 26 de outubro. Depois vem Lages, de 31 de outubro a 2 de novembro; e Blumenau de 07 a 09 de novembro. Encerramento é em Florianópolis, onde o FAÇA apresenta filmes de 20 a 23 de novembro, quando também vai ser realizada a premiação no último dia. Todas as sessões competitivas serão abertas por produções resultantes das oficinas de documentário do 1ºFAÇA.

 

O Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte do Estado (SOL) e FUNCULTURAL é patrocinador do 2º FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense. O Festival conta ainda com a parceria da Alquimidia.org, Hemisfério Criativo, A3 Design Empresa Jr., com apoio da Dfato Comunicação e com o apoio institucional do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis (FUNCINE), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Governo do Estado de Santa Catarina, CurtaDOC, SANTACINE – Sindicato da Industria do Audiovisual de Santa Catarina, SINTRACINE – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e do Cinema e Audiovisual de Santa Catarina, Cinemateca Catarinense, Cinesupport, Catarina Criativa e Onda Sonora.

 

Mais informações pelo site www.faca.art.br ou pelos telefones da produção – Ana Paula Domingues (48) 9601-6625 ou Guto Lima (48) 9952-5657.

 

Selecionados - 2º FAÇA

A 415, de Fred Paiva (Jaraguá do Sul |Fic.|6'|2013);?

Ao Velho Lobo do Mar, de Eduardo Guerreiro (Florianópolis |Fic.|14'|2012);?

Ausência, de Jardel Tambani (São Paulo/Ibirama|Doc.|8'|2012);?

Cárcere Privado, de Oscar R. Júnior e Melissa Lipinski (Florianópolis |Fic.|20'|2012);?

De Volta pra Casa, de Richard Valentini (Florianópolis |Doc.|24'|2010);?

Desencanto, de Marco Stroisch (Florianópolis |Fic.|15'|2013);?

Inverno, de Paulo Trejes (Florianópolis |Fic.|18'|2009);?

Lembranças de Maura, de Bruna Lessa (São Paulo/Ilhota | Fic.|16'|2013);?

Los Eucaliptos, de Cristian de Ciancio (Florianópolis |Fic.|12'|2013);?

Making of, de Fabrício Porto (Joinville e São Francisco do Sul|Fic.|17'|2010);?

Mbyá Reko Pyguá - A Luz das Palavras, de Kátia Klock (Florianópolis |Doc.|19'|2012);?

Noite, de Bruno Andrade (Florianópolis|Fic.|14'|2012);?O 100º Trabalho, de Luiz Mihich (Nova York e Nova Jersey/Blumenau |Fic.|20'|2009);?

O Gigante, de Julio Vanzeler & Luis da Matta Almeida (Florianópolis |Anim.|10'|2013);?

Quem decide é o bar, de Alexandre Meldau (Jaraguá do Sul |Fic.|8'|2013);?

Quem é Rogério Carlos?, de Pedro Bughay (Porto Alegre |Fic.|14'|2012);?

Quiriri, de Filipe Cargnin (Florianópolis |Anim.|10'|2013);?

Rua Mão Única, de André Gevaerd (São Paulo|Fic.|12'|2010);?

Tudo Bem, de Christopher Faust  (Curitiba |Fic.|11'|2012);?

Upcycling, de Henrique Ogro Perrone (Porto Alegre/Fpolis|Doc.|12'|2012);?

Vento Sul, de Renan Blah (Florianópolis|Fic.|20'|2012).

 

 

Escrito por André Gevaerd, 16/09/2013 às 17h50 | andre@cineramabc.com

Cinema, arte, fotografia e história na 4ª edição da Revista Lado C

 

Revista traz textos sobre cinema, arte, fotografia e história escritos pelos principais profissionais ligados à cultura da Capital Catarinense.

 

 

A professora Adriana Maria dos Santos, orientadora dos artistas da exposição Poéticas do desenho, participa da 4ª edição da revista Lado C, ilustrando a capa e algumas páginas internas. A publicação traz ainda um texto de Pedro MC em que ele relata suas impressões sobre a conversa que teve com o pernambucano Kleber Mendonça Filho, diretor de O som ao redor, considerado pelo New York Times como um dos melhores filmes da década.

 

Fernando Boppré discorre sobre a memória do cinema catarinense, enquanto o jornalista Paulo Markun conta uma pequena história sobre a fotografia de Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, fazendo analogia com as facilidades de produção com as novas tecnologias digitais. A produtora Flávia Person escreve sobre a gênese da “economia criativa”, discorrendo sobre sua importância nas políticas públicas implantadas pelo governo federal e cobrando devidamente a ausência desta reflexão nas políticas públicas de Santa Catarina.

 

LadoC traz ainda uma entrevista de Fifo Lima com o diretor Gilberto Scarpa e textos de Maria Augusta sobre o cineasta argentino Edgardo Cozarinsky e de Daniel Mendonça, sobre a pintura de Edward Hopper e sua influência na fotografia de alguns filmes. André Barcellos fala sobre o documentário A Caverna dos Esquecidos, de Werner Herzog, e de Chico Caprário sobre a ponte Hercílio Luz retratada no cinema. Para completar, trecho do roteiro de A Noite, de Rodrigo Amboni, fotografias de Natália Poli e os cadernos de produção do filme Diários Daltônicos, de Patrícia Monegatto.

 

Os exemplares da Revista Lado C podem ser retirados em Balneário Camboriú, gratuitamente, na recepção do Jornal Página 3 na Rua 2448, 360 em horário comercial.


 

Escrito por André Gevaerd, 12/09/2013 às 18h05 | andre@cineramabc.com

"CORES" CONQUISTA A FRANÇA E O JAPÃO

Filme Cores, produzido e montado pelo cineasta catarinense André Gevaerd, acaba de confirmar suas duas primeira janelas no mercado internacional. O filme foi negociado com a empresa Contre-Allee Distribution da França, com a Japonesa Action Inc e terá apoio financeiro do programa Cinema do Brasil para o lançamento.

Após mais de dois meses de seu lançamento o filme permanece em cartaz nos cinemas nacionais e continua sua bem-sucedida carreira em festivais ao redor do mundo em países como a Suíça, Costa Rica, Republica Dominicana, Taiwan, Filipinas, entre outros, conquistando os quatro canto do mundo.

Com direção de Francisco Garcia, "CORES" conta a história de amizade e desilusão entres três jovens amigos em uma grande metrópole, São Paulo, nos dias atuais. A narrativa desenrola-se enquanto o Brasil vive um momento de crescimento econômico que não se materializa na vida dos jovens.

Do jornalista Neil Young, da revista internacional The Hollywood Reporter: “o filme CORES deve entrar na lista do caderno de muita gente como um filme a ser observado...”.

O filme estreou durante o Festival de San Sebastian em 2012, um dos mais importantes do mundo, onde  André Gevaerd participará em 2013 com o projeto " Do Outro Lado da Lua". É o início de uma carreira internacional para um filme com DNA catarinense.

Escrito por André Gevaerd, 30/08/2013 às 09h50 | andre@cineramabc.com

Colecionador Francês solicita material do CINERAMABC

Acabo de receber um postal da França.

Um postal da França?

Sim. Ainda existem seres humanos que buscam conexão com o mundo através de antigos meios de comunicação.

O uso do postal neste caso é muito pertinente a finalizadade que o M. Bocquet Claude, ou Sr. Claude Bocquet, escolheu como projeto de realização pessoal. Ele simplesmente coleciona material gráfico de filmes e festivais que são produzidos e enchem o mundo de imagens ao redor do mundo.

É uma honra ter o trabalho reconhecido e solicitado no velho continente para fazer parte de uma das maiores coleções do mundo.

Cabe ao Festival agora fazer sua parte e enviar o material.

Esperamos seus postais também.

 

Escrito por André Gevaerd, 25/08/2013 às 18h53 | andre@cineramabc.com

Edital Catarinense de Cinema tem prazo prorrogado para 10/09/2013

 

As inscrições para o Edital Catarinense de Cinema terão prazos prorrogados em 15 dias para alterações no texto do Edital.  A decisão foi tomada no dia 8 de agosto pelo secretário de Turismo, Cultura e Esportes, José Roberto Martins, em despacho na Fundação Catarinense de Cultura (FCC), em que acatou reivindicações da classe do cinema e audiovisual do Estado. A errata com as alterações já foi publicada no Diário Oficial e está disponível para consulta e download no site da FCC (clique aqui). Com a determinação, a data limite de inscrições que era 26 de agosto, passou para 10 de setembro.  O secretário também oficializou a criação da Comissão de Organização e Acompanhamento  (COA) do Edital, que será presidida pela administradora do Museu da Imagem e do Som (MIS-SC), Cristiane Pedrini Ugolini.

Os livretos impressos do Edital do Prêmio Catarinense de Cinema, estão disponíveis na Fundação Cultural de Balneário Camboriú, na rua 300 fundos do Teatro Municipal, porém os interessados devem checar o site da FCC e verificar as correções e atualizações do texto através do link: 

http://www.fcc.sc.gov.br//pagina/14762/premiocatarinensedecinema20132014

 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

 

 

Escrito por André Gevaerd, 22/08/2013 às 16h01 | andre@cineramabc.com

Estão abertas as inscrições para a 8ª Mostra Disseminação

 

 

Disseminação é uma mostra de cinema e vídeo experimentais que foi criada há oito anos e é realizada anualmente em vários espaços de Belo Horizonte.

 

A Mostra Disseminação recebe, via edital, centenas de filmes de todo o Brasil. São filmes de vários gêneros e de diversas regiões, o que oferece ao espectador um grande leque de variedades possibilitando o acesso a riqueza cultural do país. No intervalo das exibições dos filmes são apresentadas performances.

 

As performances têm a intenção de deslocar o cinema e o vídeo do seu tradicional suporte: a tela de projeção e os televisores, e conectá-os a outras artes como a pintura, teatro, dança, música e outras linguagens.

 

Confira o edital  e envie seu curta:

www.mostradisseminacao.com.br

 

 

Escrito por André Gevaerd, 21/08/2013 às 14h46 | andre@cineramabc.com



9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

Festival Audiovisual Catarinense divulga lista de filmes selecionados

 

Chapecó, Lages, Blumenau e Florianópolis vão assistir 21 filmes do 2º FAÇA, entre 24 de outubro e 23 de novembro.

 

 

Vinte e um curtas-metragens ganham projeção estadual no 2º FAÇA (Festival Audiovisual Catarinense), que vai percorrer as cidades de Chapecó, Lages, Blumenau e Florianópolis entre os meses de outubro e novembro. Foram inscritos 90 filmes, sendo 62 ficções, 18 documentários e 10 animações.

 

Os filmes selecionados este ano (confira lista abaixo) vão concorrer a quatro prêmios de R$ 5 mil cada.  Três prêmios serão eleitos segundo critérios do Júri Oficial, sem categorias pré-definidas. Já a quarta premiação é o público de todas as cidades onde o FAÇA for realizado quem elege, ou seja, o Melhor Filme, segundo Júri Popular. A lista e outras informações também podem ser conferidas no site www.faca.art.br.

 

A maioria das produções inscritas no Festival é de Florianópolis (42). Mas outras cidades de Santa Catarina também participaram ativamente, entre elas Jaraguá do Sul (seis), Joinville (cinco) e Criciúma (três). Catarinenses que moram em cidades fora do Estado e do País também enviaram seus filmes - São Paulo/SP (cinco), Santos/SP (um), Guarulhos/SP (um), Curitiba/PR (seis), Rio de Janeiro/RJ (cinco), Porto Alegre/RS (três) e Nova York (um).

 

A novidade desse ano é a entrada de Chapecó no circuito, que recebe o Festival entre os dias 24 e 26 de outubro. Depois vem Lages, de 31 de outubro a 2 de novembro; e Blumenau de 07 a 09 de novembro. Encerramento é em Florianópolis, onde o FAÇA apresenta filmes de 20 a 23 de novembro, quando também vai ser realizada a premiação no último dia. Todas as sessões competitivas serão abertas por produções resultantes das oficinas de documentário do 1ºFAÇA.

 

O Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte do Estado (SOL) e FUNCULTURAL é patrocinador do 2º FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense. O Festival conta ainda com a parceria da Alquimidia.org, Hemisfério Criativo, A3 Design Empresa Jr., com apoio da Dfato Comunicação e com o apoio institucional do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis (FUNCINE), Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Governo do Estado de Santa Catarina, CurtaDOC, SANTACINE – Sindicato da Industria do Audiovisual de Santa Catarina, SINTRACINE – Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e do Cinema e Audiovisual de Santa Catarina, Cinemateca Catarinense, Cinesupport, Catarina Criativa e Onda Sonora.

 

Mais informações pelo site www.faca.art.br ou pelos telefones da produção – Ana Paula Domingues (48) 9601-6625 ou Guto Lima (48) 9952-5657.

 

Selecionados - 2º FAÇA

A 415, de Fred Paiva (Jaraguá do Sul |Fic.|6'|2013);?

Ao Velho Lobo do Mar, de Eduardo Guerreiro (Florianópolis |Fic.|14'|2012);?

Ausência, de Jardel Tambani (São Paulo/Ibirama|Doc.|8'|2012);?

Cárcere Privado, de Oscar R. Júnior e Melissa Lipinski (Florianópolis |Fic.|20'|2012);?

De Volta pra Casa, de Richard Valentini (Florianópolis |Doc.|24'|2010);?

Desencanto, de Marco Stroisch (Florianópolis |Fic.|15'|2013);?

Inverno, de Paulo Trejes (Florianópolis |Fic.|18'|2009);?

Lembranças de Maura, de Bruna Lessa (São Paulo/Ilhota | Fic.|16'|2013);?

Los Eucaliptos, de Cristian de Ciancio (Florianópolis |Fic.|12'|2013);?

Making of, de Fabrício Porto (Joinville e São Francisco do Sul|Fic.|17'|2010);?

Mbyá Reko Pyguá - A Luz das Palavras, de Kátia Klock (Florianópolis |Doc.|19'|2012);?

Noite, de Bruno Andrade (Florianópolis|Fic.|14'|2012);?O 100º Trabalho, de Luiz Mihich (Nova York e Nova Jersey/Blumenau |Fic.|20'|2009);?

O Gigante, de Julio Vanzeler & Luis da Matta Almeida (Florianópolis |Anim.|10'|2013);?

Quem decide é o bar, de Alexandre Meldau (Jaraguá do Sul |Fic.|8'|2013);?

Quem é Rogério Carlos?, de Pedro Bughay (Porto Alegre |Fic.|14'|2012);?

Quiriri, de Filipe Cargnin (Florianópolis |Anim.|10'|2013);?

Rua Mão Única, de André Gevaerd (São Paulo|Fic.|12'|2010);?

Tudo Bem, de Christopher Faust  (Curitiba |Fic.|11'|2012);?

Upcycling, de Henrique Ogro Perrone (Porto Alegre/Fpolis|Doc.|12'|2012);?

Vento Sul, de Renan Blah (Florianópolis|Fic.|20'|2012).

 

 

Escrito por André Gevaerd, 16/09/2013 às 17h50 | andre@cineramabc.com

Cinema, arte, fotografia e história na 4ª edição da Revista Lado C

 

Revista traz textos sobre cinema, arte, fotografia e história escritos pelos principais profissionais ligados à cultura da Capital Catarinense.

 

 

A professora Adriana Maria dos Santos, orientadora dos artistas da exposição Poéticas do desenho, participa da 4ª edição da revista Lado C, ilustrando a capa e algumas páginas internas. A publicação traz ainda um texto de Pedro MC em que ele relata suas impressões sobre a conversa que teve com o pernambucano Kleber Mendonça Filho, diretor de O som ao redor, considerado pelo New York Times como um dos melhores filmes da década.

 

Fernando Boppré discorre sobre a memória do cinema catarinense, enquanto o jornalista Paulo Markun conta uma pequena história sobre a fotografia de Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha, fazendo analogia com as facilidades de produção com as novas tecnologias digitais. A produtora Flávia Person escreve sobre a gênese da “economia criativa”, discorrendo sobre sua importância nas políticas públicas implantadas pelo governo federal e cobrando devidamente a ausência desta reflexão nas políticas públicas de Santa Catarina.

 

LadoC traz ainda uma entrevista de Fifo Lima com o diretor Gilberto Scarpa e textos de Maria Augusta sobre o cineasta argentino Edgardo Cozarinsky e de Daniel Mendonça, sobre a pintura de Edward Hopper e sua influência na fotografia de alguns filmes. André Barcellos fala sobre o documentário A Caverna dos Esquecidos, de Werner Herzog, e de Chico Caprário sobre a ponte Hercílio Luz retratada no cinema. Para completar, trecho do roteiro de A Noite, de Rodrigo Amboni, fotografias de Natália Poli e os cadernos de produção do filme Diários Daltônicos, de Patrícia Monegatto.

 

Os exemplares da Revista Lado C podem ser retirados em Balneário Camboriú, gratuitamente, na recepção do Jornal Página 3 na Rua 2448, 360 em horário comercial.


 

Escrito por André Gevaerd, 12/09/2013 às 18h05 | andre@cineramabc.com

"CORES" CONQUISTA A FRANÇA E O JAPÃO

Filme Cores, produzido e montado pelo cineasta catarinense André Gevaerd, acaba de confirmar suas duas primeira janelas no mercado internacional. O filme foi negociado com a empresa Contre-Allee Distribution da França, com a Japonesa Action Inc e terá apoio financeiro do programa Cinema do Brasil para o lançamento.

Após mais de dois meses de seu lançamento o filme permanece em cartaz nos cinemas nacionais e continua sua bem-sucedida carreira em festivais ao redor do mundo em países como a Suíça, Costa Rica, Republica Dominicana, Taiwan, Filipinas, entre outros, conquistando os quatro canto do mundo.

Com direção de Francisco Garcia, "CORES" conta a história de amizade e desilusão entres três jovens amigos em uma grande metrópole, São Paulo, nos dias atuais. A narrativa desenrola-se enquanto o Brasil vive um momento de crescimento econômico que não se materializa na vida dos jovens.

Do jornalista Neil Young, da revista internacional The Hollywood Reporter: “o filme CORES deve entrar na lista do caderno de muita gente como um filme a ser observado...”.

O filme estreou durante o Festival de San Sebastian em 2012, um dos mais importantes do mundo, onde  André Gevaerd participará em 2013 com o projeto " Do Outro Lado da Lua". É o início de uma carreira internacional para um filme com DNA catarinense.

Escrito por André Gevaerd, 30/08/2013 às 09h50 | andre@cineramabc.com

Colecionador Francês solicita material do CINERAMABC

Acabo de receber um postal da França.

Um postal da França?

Sim. Ainda existem seres humanos que buscam conexão com o mundo através de antigos meios de comunicação.

O uso do postal neste caso é muito pertinente a finalizadade que o M. Bocquet Claude, ou Sr. Claude Bocquet, escolheu como projeto de realização pessoal. Ele simplesmente coleciona material gráfico de filmes e festivais que são produzidos e enchem o mundo de imagens ao redor do mundo.

É uma honra ter o trabalho reconhecido e solicitado no velho continente para fazer parte de uma das maiores coleções do mundo.

Cabe ao Festival agora fazer sua parte e enviar o material.

Esperamos seus postais também.

 

Escrito por André Gevaerd, 25/08/2013 às 18h53 | andre@cineramabc.com

Edital Catarinense de Cinema tem prazo prorrogado para 10/09/2013

 

As inscrições para o Edital Catarinense de Cinema terão prazos prorrogados em 15 dias para alterações no texto do Edital.  A decisão foi tomada no dia 8 de agosto pelo secretário de Turismo, Cultura e Esportes, José Roberto Martins, em despacho na Fundação Catarinense de Cultura (FCC), em que acatou reivindicações da classe do cinema e audiovisual do Estado. A errata com as alterações já foi publicada no Diário Oficial e está disponível para consulta e download no site da FCC (clique aqui). Com a determinação, a data limite de inscrições que era 26 de agosto, passou para 10 de setembro.  O secretário também oficializou a criação da Comissão de Organização e Acompanhamento  (COA) do Edital, que será presidida pela administradora do Museu da Imagem e do Som (MIS-SC), Cristiane Pedrini Ugolini.

Os livretos impressos do Edital do Prêmio Catarinense de Cinema, estão disponíveis na Fundação Cultural de Balneário Camboriú, na rua 300 fundos do Teatro Municipal, porém os interessados devem checar o site da FCC e verificar as correções e atualizações do texto através do link: 

http://www.fcc.sc.gov.br//pagina/14762/premiocatarinensedecinema20132014

 

Fonte: Assessoria de Comunicação FCC

 

 

Escrito por André Gevaerd, 22/08/2013 às 16h01 | andre@cineramabc.com

Estão abertas as inscrições para a 8ª Mostra Disseminação

 

 

Disseminação é uma mostra de cinema e vídeo experimentais que foi criada há oito anos e é realizada anualmente em vários espaços de Belo Horizonte.

 

A Mostra Disseminação recebe, via edital, centenas de filmes de todo o Brasil. São filmes de vários gêneros e de diversas regiões, o que oferece ao espectador um grande leque de variedades possibilitando o acesso a riqueza cultural do país. No intervalo das exibições dos filmes são apresentadas performances.

 

As performances têm a intenção de deslocar o cinema e o vídeo do seu tradicional suporte: a tela de projeção e os televisores, e conectá-os a outras artes como a pintura, teatro, dança, música e outras linguagens.

 

Confira o edital  e envie seu curta:

www.mostradisseminacao.com.br

 

 

Escrito por André Gevaerd, 21/08/2013 às 14h46 | andre@cineramabc.com



9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.