Jornal Página 3
Coluna
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

TALENTOS LOCAIS: Confira os premiados do Tainha Dourada

O 1º Festival Universitário Tainha Dourada que aconteceu em Itajaí na Univali é um evento que confirma o crescimento da produção audiovisual em nossa região.

O festival exibiu filmes para cinema, televisão e internet sendo seu formato de duração livre.

Richard Junker, um dos alunos premiados afirma que "o melhor foi ter saído da universidade com esse portfólio e de carona com o Prêmio de melhor fotografia" o que prova a importância ter o trabalho exibido e reconhecido pelo público e jurí. Kamila Souza e Leonardo Patricio receberam prêmio de melhor filme e melhor roteiro dizem satisfeitos: “Adoramos  fazê-lo e estamos  com orgulho do projeto." André Felipe Franciozy, vencedor de melhor edição pelo documentário "Sobre Eixo" diz que fez um film "Abordando também o lado sentimental e humano de quem vive nessa rotina e retratando a importância da profissão para o pais."

Espero que logo estes filmes possam ser exibidos para cada vez mais pessoas e que muitos outros filmes venham para nosso desfrute.

Quem acompanhar o crescimento da produção regional vai querer ver cada vez as produções destes jovens talentos.

Abaixo um pouco mais sobre algusns dos filmes que foram exibidos:

VEREDAS
 
15 MINUTOS / FICÇÃO
 
Breve Sinopse:


Miguel é um jovem psicólogo que trata de pessoas em diferentes estágios de luto, sem dar grande atenção para os seus problemas. Quando algo acontece com uma pessoa próxima, Miguel se põe no lugar de seus pacientes criando assim uma troca de experiências que irão ajuda-lo a superar esse momento decisivo do qual todos iremos passar um dia.
 
Palavras dos Realizadores: “Adoramos  fazê-lo e estamos  com orgulho do projeto. Acreditamos  que será bem aceito, mas é um filme denso, com um tema complexo e de certa forma obscuro, mas não deixamos explicita a morte no curta, utilizamos uma direção de maneira sutil, deixando margem para a interpretação do público”

Sobre Eixo

15 minutos / Documentário

Sinopse:

Um documentário que pretende humanizar a figura do caminhoneiro, retratando as dificuldades existentes em sua profissão, enfatizando a saudade.

Palavras dos Realizadores:

A produção do documentário Sobre Eixo, buscou retratar o lado sentimental e humano dos motoristas de caminhão, seus anseios, expectativas e a saudade da família, retratando ainda a importância da profissão para o país e a nova Lei dos Motoristas Profissionais.

Pentelho

60 segundos / Comédia

Sinopse:

Em um apartamento dividido por jovens estudantes, um deles é o típico folgado e o outro perde a paciência.

Palavras dos Realizadores:

Se trata de um curta metragem retratando o revés de dividir apartamento com os famosos "pentelhos" nos dois sentidos da palavra.

Enleio o enredo da vida

10 minutos / Suspense

Sinopse:
Marcos sente que apesar de ter se tornado um homem e sobrevivido aos desafios da vida, os traumas de sua infância retornam com força do passado e ele precisará de muita coragem para resolver esse conflito para sempre.

Palavras dos Realizadores:
Esse Filme que é nosso primeiro trabalho com essa expressão e serviu como Projeto de conclusão de curso, foi o resultado aprendizado adquirido nos quatro períodos do curso de produção Audiovisual da UNIVALI, o melhor foi ter saído da universidade com esse portfólio e de carona com o Premio de melhor fotografia. Sendo esse o primeiro de muitos outros que virão por ai. Aproveito pra agradecer a todos o professores do curso no nome do Professor Diego Lara. Espero todos no Festival de cinema CINERAMA.BC.

Escrito por André Gevaerd, 07/12/2012 às 10h09 | andre@cineramabc.com

O amor entre uma grande atriz e um cineasta único.

Ingmar Bergman é um dos principais diretores cinematográficos do mundo. Todo cinéfilo que se preze já viu pelo menos um de seus filmes (entre eles destacam-se 'O Sétimo Selo', 'Morangos Silvestres', 'Fanny e Alexander', 'O Ovo da Serpente', ‘A Fonte da Donzela’, entre muitos outros). E quem conhece o trabalho do diretor sueco conhece também a excepcional atriz norueguesa Liv Ullman, que interpretou papéis inesquecíveis em vários dos filmes de Bergman.

No auge da carreira de ambos, já trabalhando juntos, eles começam um romance super aclamado pela mídia. O relacionamento durou pouco tempo e teve como fruto um bebê.

Bergman dirigindo Liv

O que poucos sabem é que esta relação foi intensa e dura, os dois trabalharam juntos durante e depois de terminarem o casamento, e foram melhores amigos até a morte do diretor, em Julho de 2007.

O documentário 'Liv & Ingmar - Uma história de amor' retrata de maneira sensível e emocionante toda a relação dos dois, dividida por sentimentos e narrada pela própria atriz. O filme foi exibido na 36ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, e estréia nos cinema de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador no próximo dia 14.

Escrito por Barbara Sturm, 05/12/2012 às 11h59 | barbara@cineramabc.com

Dés-ci-o Pignatari

DÉS-CI-O PIGNATARI

 

 

 

 

Escrito por André Gevaerd, 03/12/2012 às 14h51 | andre@cineramabc.com

Três novos filmes infantis na web

Esta semana, Filmesquevoam lança mais três filmes no Canal Mostra Infantil, mantido em parceria com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Todo o acervo está disponível para ver e baixar gratuitamente.
Na próxima semana, para fechar a programação do ano, o portal vai lançar cinco filmes em Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Filmesquevoam adota um modelo de negócios que remunera os realizadores pela licença de exibição das obras.
O projeto é patrocinado pela Fundação Telefônica/Vivo, criada em 1999, que tem linhas de atuação voltadas para o acesso à educação, a melhoria da qualidade educativa e a divulgação do conhecimento.

Os filmes
O Pavão misterioso (SP, 2006, 16 min) é uma animação de Mario Galindo sobre dois irmãos no Oriente. Rachid viaja pelo mundo e Samir fica cuidando dos negócios. Ao passar por um povoado, Rachid vislumbra a beleza de uma moça enclausurada e leva de presente uma foto dela ao irmão, que se apaixona.

Sonhando passarinhos (DF, 2010, 11min20s), de Bruna Carolli, conta a história de uma menininha que olhava para o céu e nele enxergava a felicidade. Uma felicidade feita de sonhos, passarinhos e pregadores de roupa.

O curta-metragem de ficção O melhor lugar (SP, 2009, 12min50s), dirigido por Jefferson Paulino e Nildo Ferreira, se baseia em uma história real sobre a aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente no enfrentamento da violência doméstica.

Confira em www.filmesquevoam.com.br

Escrito por André Gevaerd, 03/12/2012 às 11h09 | andre@cineramabc.com

Mostra Doc Anuncia Programação Histórica

A partir do dia 03 de dezembro irá acontecer a MOSTRA DOC. Quem ainda não teve a chance de assistir algum dos filmes que estão presentes na curadoria do festival têm o humilde dever de ir assistir na Fundação Badesc de Floripa. Sim, caros colegas do norte, sul e oeste da ilha, vale a pena locomover-se para assistir aos ótimos títulos. Pena que não são todos no mesmo dia.

Vale destaque para "Ana Pavlova Vive em Berlim" do talentoso Theo Solnik. Quem não teve a chance de assistir ao filme durante a 2º edição do CINERAMA.BC IFF pode ver este filme que com certeza irá mudar o que se pensa sobre um doc. É um filme que dificilmente irá passar em uma tela próxima novamente.

Segue texto da Mostra.Doc:
O cinema tem por tarefa mostrar o inacreditável e assim revela o que não se pode ver. A mostra.doc 2012 propõe o questionamento entre a idéia da verdade, a realidade no cinema e a honestidade objetiva do documentário.
Entre os dias 3 e 7 de dezembro, na Fundação Badesc, 6 filmes de diferentes diretores vão mostrar como o poder quase inexplicável de convencimento do cinema, o poder da imagem falada, possibilita tornar visível o invisível, iluminar a escuridão, desmascarar o que esta mascarado, fazer da mentira a verdade* – e como somos atraídos a aceitar essa “verdade”.
A mostra.doc tem por objetivo difundir o cinema, permitindo que pessoas o vejam, discutam e descubram que caminhos nele seguir, admitindo, para isso, a inexistência de fronteiras entre filmes de documentário e cinema de ficção. É pensada por quem questiona, faz e assiste filmes. Sua primeira edição, realizada em agosto de 2011, foi motivada pela criação do Dia do Documentário promovido pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas. O Dia do Documentário, celebrado em 7 de agosto, homenageia o cineasta Olney São Paulo.

*(D. Vertov, 1924)
 
PROGRAMAÇÃO:
03 de dezembro – 19h
Moscou de Eduardo Coutinho - 2009|Brasil|80’
Os ensaios e os exercícios que os atores do Grupo Galpão executam enquanto preparam a peça As Três Irmãs, de Anton Tchekhov.

04 de dezembro – 19h
Zelig de Woody Allen - 1983|EUA|79’
Um pseudo-documentario sobre a vida de Leonard zelig, o homem-camaleão, que tinha o dom de modificar a aparência para agradar as outras pessoas.
 


05 de dezembro – 19h
Terra sem pão (Las Hurdes)  de Luis Buñuel - 1933|Espanha|30’
Em uma remota região montanhosa da Espanha chamada Las Hurdes os habitantes vivem em extrema pobreza na década de 30 e tudo é calmamente observado por uma câmera. Um documentário surrealista que se baseia em imagens e dois narradores.

Quarto 666 (Room 666) de Wim Wenders - 1982| França|46’
Wim Wenders participava do Festival de Cannes de 1982 quando resolveu usar o seu quarto, a suíte 666 do hotel em que estava hospedado, como set de gravação de uma série de entrevistas com outros cineastas que estavam acompanhando o evento na Riviera Francesa.

06 de dezembro – 19h
Anna Pavlova vive em Berlim (Anna Pavlova lives in Berlin) de Theo Solnik - 2011|Alemanha|79’
Perdida no limiar entre a insanidade e uma rara lucidez poética, Anna Pavlova nos leva para o lado escuro da lua da vida noturna. Anti-heroína da civilização, a sua existência é uma tentativa desesperada de viver numa felicidade sem fim, fugindo do mundo que começa quando a festa termina.



07 de dezembro – 19h
Além do azul selvagem (The wild blue yonder) de Werner Herzog - 2005|EUA, Alemanha|81’
O filme discorre sobre três pilares narrativos: as extraordinárias imagens de uma missão da NASA, as gravações de uma expedição ao fundo do oceano e imagens, por assim dizer, mais convencionais, de entrevistas a pesquisadores, entre as quais se poderiam destacar as de um alienígena contando a história do seu moribundo planeta.

O QUÊ? mostra.doc
QUANDO e ONDE? 03.12 à 07.12, sempre às 19h na Fundação Cultural BADESC - rua Visconde de Ouro Preto nº 216, esquina com a rua Artista Bittencourt, no centro de Florianópolis
QUANTO? entrada gratuita e livre
APOIO Fundação Cultural BADESC, VideoFilmes, OMAGO Realizações, Pingo no i – arte e cultura
CONTATOS
(48) 9969 2119
mostrapontodoc@hotmail.com
facebook.com/mostrapontodoc
REALIZAÇÃO
Natália Poli, Gabriela Bresola e Elis Rejane

Escrito por André Gevaerd, 28/11/2012 às 16h30 | andre@cineramabc.com

A Tainha Dourada nada pela Univali

É motivo de comemoração a criação do 1º Festival de Cinema Universitário TAINHA DOURADA.

O objetivo é apresentar uma nova safra de realizadores do curso de produção audiovisual. Coisas novas, filmes diferentes. É mais uma janela de exibição para os filmes universitários. Uma oportunidade para o pessoal da faculdade ter acesso aos filmes que foram produzidos ali mesmo dentro da universidade.

As exibições serão gratuitas e acontecem no dia 30/11 as 9:00 no auditório de farmacia bloco e.

Atire-se na sala para conferir o resultado.

Escrito por André Gevaerd, 28/11/2012 às 15h23 | andre@cineramabc.com



14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

TALENTOS LOCAIS: Confira os premiados do Tainha Dourada

O 1º Festival Universitário Tainha Dourada que aconteceu em Itajaí na Univali é um evento que confirma o crescimento da produção audiovisual em nossa região.

O festival exibiu filmes para cinema, televisão e internet sendo seu formato de duração livre.

Richard Junker, um dos alunos premiados afirma que "o melhor foi ter saído da universidade com esse portfólio e de carona com o Prêmio de melhor fotografia" o que prova a importância ter o trabalho exibido e reconhecido pelo público e jurí. Kamila Souza e Leonardo Patricio receberam prêmio de melhor filme e melhor roteiro dizem satisfeitos: “Adoramos  fazê-lo e estamos  com orgulho do projeto." André Felipe Franciozy, vencedor de melhor edição pelo documentário "Sobre Eixo" diz que fez um film "Abordando também o lado sentimental e humano de quem vive nessa rotina e retratando a importância da profissão para o pais."

Espero que logo estes filmes possam ser exibidos para cada vez mais pessoas e que muitos outros filmes venham para nosso desfrute.

Quem acompanhar o crescimento da produção regional vai querer ver cada vez as produções destes jovens talentos.

Abaixo um pouco mais sobre algusns dos filmes que foram exibidos:

VEREDAS
 
15 MINUTOS / FICÇÃO
 
Breve Sinopse:


Miguel é um jovem psicólogo que trata de pessoas em diferentes estágios de luto, sem dar grande atenção para os seus problemas. Quando algo acontece com uma pessoa próxima, Miguel se põe no lugar de seus pacientes criando assim uma troca de experiências que irão ajuda-lo a superar esse momento decisivo do qual todos iremos passar um dia.
 
Palavras dos Realizadores: “Adoramos  fazê-lo e estamos  com orgulho do projeto. Acreditamos  que será bem aceito, mas é um filme denso, com um tema complexo e de certa forma obscuro, mas não deixamos explicita a morte no curta, utilizamos uma direção de maneira sutil, deixando margem para a interpretação do público”

Sobre Eixo

15 minutos / Documentário

Sinopse:

Um documentário que pretende humanizar a figura do caminhoneiro, retratando as dificuldades existentes em sua profissão, enfatizando a saudade.

Palavras dos Realizadores:

A produção do documentário Sobre Eixo, buscou retratar o lado sentimental e humano dos motoristas de caminhão, seus anseios, expectativas e a saudade da família, retratando ainda a importância da profissão para o país e a nova Lei dos Motoristas Profissionais.

Pentelho

60 segundos / Comédia

Sinopse:

Em um apartamento dividido por jovens estudantes, um deles é o típico folgado e o outro perde a paciência.

Palavras dos Realizadores:

Se trata de um curta metragem retratando o revés de dividir apartamento com os famosos "pentelhos" nos dois sentidos da palavra.

Enleio o enredo da vida

10 minutos / Suspense

Sinopse:
Marcos sente que apesar de ter se tornado um homem e sobrevivido aos desafios da vida, os traumas de sua infância retornam com força do passado e ele precisará de muita coragem para resolver esse conflito para sempre.

Palavras dos Realizadores:
Esse Filme que é nosso primeiro trabalho com essa expressão e serviu como Projeto de conclusão de curso, foi o resultado aprendizado adquirido nos quatro períodos do curso de produção Audiovisual da UNIVALI, o melhor foi ter saído da universidade com esse portfólio e de carona com o Premio de melhor fotografia. Sendo esse o primeiro de muitos outros que virão por ai. Aproveito pra agradecer a todos o professores do curso no nome do Professor Diego Lara. Espero todos no Festival de cinema CINERAMA.BC.

Escrito por André Gevaerd, 07/12/2012 às 10h09 | andre@cineramabc.com

O amor entre uma grande atriz e um cineasta único.

Ingmar Bergman é um dos principais diretores cinematográficos do mundo. Todo cinéfilo que se preze já viu pelo menos um de seus filmes (entre eles destacam-se 'O Sétimo Selo', 'Morangos Silvestres', 'Fanny e Alexander', 'O Ovo da Serpente', ‘A Fonte da Donzela’, entre muitos outros). E quem conhece o trabalho do diretor sueco conhece também a excepcional atriz norueguesa Liv Ullman, que interpretou papéis inesquecíveis em vários dos filmes de Bergman.

No auge da carreira de ambos, já trabalhando juntos, eles começam um romance super aclamado pela mídia. O relacionamento durou pouco tempo e teve como fruto um bebê.

Bergman dirigindo Liv

O que poucos sabem é que esta relação foi intensa e dura, os dois trabalharam juntos durante e depois de terminarem o casamento, e foram melhores amigos até a morte do diretor, em Julho de 2007.

O documentário 'Liv & Ingmar - Uma história de amor' retrata de maneira sensível e emocionante toda a relação dos dois, dividida por sentimentos e narrada pela própria atriz. O filme foi exibido na 36ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, e estréia nos cinema de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador no próximo dia 14.

Escrito por Barbara Sturm, 05/12/2012 às 11h59 | barbara@cineramabc.com

Dés-ci-o Pignatari

DÉS-CI-O PIGNATARI

 

 

 

 

Escrito por André Gevaerd, 03/12/2012 às 14h51 | andre@cineramabc.com

Três novos filmes infantis na web

Esta semana, Filmesquevoam lança mais três filmes no Canal Mostra Infantil, mantido em parceria com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Todo o acervo está disponível para ver e baixar gratuitamente.
Na próxima semana, para fechar a programação do ano, o portal vai lançar cinco filmes em Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Filmesquevoam adota um modelo de negócios que remunera os realizadores pela licença de exibição das obras.
O projeto é patrocinado pela Fundação Telefônica/Vivo, criada em 1999, que tem linhas de atuação voltadas para o acesso à educação, a melhoria da qualidade educativa e a divulgação do conhecimento.

Os filmes
O Pavão misterioso (SP, 2006, 16 min) é uma animação de Mario Galindo sobre dois irmãos no Oriente. Rachid viaja pelo mundo e Samir fica cuidando dos negócios. Ao passar por um povoado, Rachid vislumbra a beleza de uma moça enclausurada e leva de presente uma foto dela ao irmão, que se apaixona.

Sonhando passarinhos (DF, 2010, 11min20s), de Bruna Carolli, conta a história de uma menininha que olhava para o céu e nele enxergava a felicidade. Uma felicidade feita de sonhos, passarinhos e pregadores de roupa.

O curta-metragem de ficção O melhor lugar (SP, 2009, 12min50s), dirigido por Jefferson Paulino e Nildo Ferreira, se baseia em uma história real sobre a aplicação do Estatuto da Criança e do Adolescente no enfrentamento da violência doméstica.

Confira em www.filmesquevoam.com.br

Escrito por André Gevaerd, 03/12/2012 às 11h09 | andre@cineramabc.com

Mostra Doc Anuncia Programação Histórica

A partir do dia 03 de dezembro irá acontecer a MOSTRA DOC. Quem ainda não teve a chance de assistir algum dos filmes que estão presentes na curadoria do festival têm o humilde dever de ir assistir na Fundação Badesc de Floripa. Sim, caros colegas do norte, sul e oeste da ilha, vale a pena locomover-se para assistir aos ótimos títulos. Pena que não são todos no mesmo dia.

Vale destaque para "Ana Pavlova Vive em Berlim" do talentoso Theo Solnik. Quem não teve a chance de assistir ao filme durante a 2º edição do CINERAMA.BC IFF pode ver este filme que com certeza irá mudar o que se pensa sobre um doc. É um filme que dificilmente irá passar em uma tela próxima novamente.

Segue texto da Mostra.Doc:
O cinema tem por tarefa mostrar o inacreditável e assim revela o que não se pode ver. A mostra.doc 2012 propõe o questionamento entre a idéia da verdade, a realidade no cinema e a honestidade objetiva do documentário.
Entre os dias 3 e 7 de dezembro, na Fundação Badesc, 6 filmes de diferentes diretores vão mostrar como o poder quase inexplicável de convencimento do cinema, o poder da imagem falada, possibilita tornar visível o invisível, iluminar a escuridão, desmascarar o que esta mascarado, fazer da mentira a verdade* – e como somos atraídos a aceitar essa “verdade”.
A mostra.doc tem por objetivo difundir o cinema, permitindo que pessoas o vejam, discutam e descubram que caminhos nele seguir, admitindo, para isso, a inexistência de fronteiras entre filmes de documentário e cinema de ficção. É pensada por quem questiona, faz e assiste filmes. Sua primeira edição, realizada em agosto de 2011, foi motivada pela criação do Dia do Documentário promovido pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas. O Dia do Documentário, celebrado em 7 de agosto, homenageia o cineasta Olney São Paulo.

*(D. Vertov, 1924)
 
PROGRAMAÇÃO:
03 de dezembro – 19h
Moscou de Eduardo Coutinho - 2009|Brasil|80’
Os ensaios e os exercícios que os atores do Grupo Galpão executam enquanto preparam a peça As Três Irmãs, de Anton Tchekhov.

04 de dezembro – 19h
Zelig de Woody Allen - 1983|EUA|79’
Um pseudo-documentario sobre a vida de Leonard zelig, o homem-camaleão, que tinha o dom de modificar a aparência para agradar as outras pessoas.
 


05 de dezembro – 19h
Terra sem pão (Las Hurdes)  de Luis Buñuel - 1933|Espanha|30’
Em uma remota região montanhosa da Espanha chamada Las Hurdes os habitantes vivem em extrema pobreza na década de 30 e tudo é calmamente observado por uma câmera. Um documentário surrealista que se baseia em imagens e dois narradores.

Quarto 666 (Room 666) de Wim Wenders - 1982| França|46’
Wim Wenders participava do Festival de Cannes de 1982 quando resolveu usar o seu quarto, a suíte 666 do hotel em que estava hospedado, como set de gravação de uma série de entrevistas com outros cineastas que estavam acompanhando o evento na Riviera Francesa.

06 de dezembro – 19h
Anna Pavlova vive em Berlim (Anna Pavlova lives in Berlin) de Theo Solnik - 2011|Alemanha|79’
Perdida no limiar entre a insanidade e uma rara lucidez poética, Anna Pavlova nos leva para o lado escuro da lua da vida noturna. Anti-heroína da civilização, a sua existência é uma tentativa desesperada de viver numa felicidade sem fim, fugindo do mundo que começa quando a festa termina.



07 de dezembro – 19h
Além do azul selvagem (The wild blue yonder) de Werner Herzog - 2005|EUA, Alemanha|81’
O filme discorre sobre três pilares narrativos: as extraordinárias imagens de uma missão da NASA, as gravações de uma expedição ao fundo do oceano e imagens, por assim dizer, mais convencionais, de entrevistas a pesquisadores, entre as quais se poderiam destacar as de um alienígena contando a história do seu moribundo planeta.

O QUÊ? mostra.doc
QUANDO e ONDE? 03.12 à 07.12, sempre às 19h na Fundação Cultural BADESC - rua Visconde de Ouro Preto nº 216, esquina com a rua Artista Bittencourt, no centro de Florianópolis
QUANTO? entrada gratuita e livre
APOIO Fundação Cultural BADESC, VideoFilmes, OMAGO Realizações, Pingo no i – arte e cultura
CONTATOS
(48) 9969 2119
mostrapontodoc@hotmail.com
facebook.com/mostrapontodoc
REALIZAÇÃO
Natália Poli, Gabriela Bresola e Elis Rejane

Escrito por André Gevaerd, 28/11/2012 às 16h30 | andre@cineramabc.com

A Tainha Dourada nada pela Univali

É motivo de comemoração a criação do 1º Festival de Cinema Universitário TAINHA DOURADA.

O objetivo é apresentar uma nova safra de realizadores do curso de produção audiovisual. Coisas novas, filmes diferentes. É mais uma janela de exibição para os filmes universitários. Uma oportunidade para o pessoal da faculdade ter acesso aos filmes que foram produzidos ali mesmo dentro da universidade.

As exibições serão gratuitas e acontecem no dia 30/11 as 9:00 no auditório de farmacia bloco e.

Atire-se na sala para conferir o resultado.

Escrito por André Gevaerd, 28/11/2012 às 15h23 | andre@cineramabc.com



14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.