Jornal Página 3
Coluna
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

5ª edição do Fest’Afilm Montpellier

As inscrições para a 5ª edição do Fest’Afilm Montpellier já estão abertas e se encerraram no dia 02 de julho de 2012.
O Fest’Afilm é uma janela aberta para quem gosta e para quem produz o cinema lusófono e o cinema francófono.

Para os interessados em se inscrever no Festival, a Competição de Curtas-metragens e o Panorama Janela Aberta Curta-metragem, aceitam filmes com a duração entre 6 e 20 minutos,
o Panorama Filmes Curtíssimos aceita filmes com até 5 minutos e o Panorama Fenêtre Ouverte Documentaires  aceita filmes com até 90 minutos.

A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site do Festival
www.wix.com/festafilm/2012

O Festival será realizado em Montpellier - França, entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro de 2012.


Informações:

[email protected]

Escrito por André Gevaerd, 29/05/2012 às 15h16 | andre@cineramabc.com

o 3D como narrativa.

O primeiro filme a usar a tecnologia 3D como influência na história a ser contada foi 'Pina', documentário dirigido pelo cultuado cineasta alemão Wim Wenders, sobre a coreógrafa e dançarina alemã Pina Bausch.
A personagem título revolucionou o espetáculo da dança por contar histórias em  suas coreografias, que eram baseadas nas experiências de vida dos bailarinos e desenvolvidas conjuntamente com estes. Ela rompeu com as formas tradicionais da dança-teatro, utilizando-se de contraposições estéticas, repetições propositais e muito uso de interação dos bailarinos com materiais orgânico, como terra e água.
cena do documentário 'Pina'
 
Entre os seus temas recorrentes estavam as interações entre masculino e feminino, uma grande inspiração para o cineasta espanhol Pedro Almodóvar em seu filme 'Fale com Ela', onde ele inclusive convida Pina para atuar em uma bela sequência de dança.
Logo, encontra-se uma forte ligação do trabalho de Pina com a arte cinematográfica.
Win Wenders no set de filmagem do documentário
 
É aí que entra Wim Wenders e o 3D. Nos primeiros minutos do filme é preciso acostumar-se com a tecnologia inovadora em planos calmos, sem efeitos especiais, como estamos acostuamos até então. A experiência ganha força conforme vamos nos aprofundando no universo de Pina, da originalidade dos espetáculos, e principalmente na sensibilidade que Wenders sublinha colocando os mesmos bailarinos que dançam no palco, dançando em lugares vazios, em cima de uma montanha ou no meio da rua, com trens e ônibus passando por eles, sempre com diferentes camadas de profundidade fixas contrastadas com o movimento da dança.
É literalmente uma obra de arte que salta aos olhos. 
 
Escrito por Barbara Sturm, 23/05/2012 às 12h20 | barbara@cineramabc.com

E começa o maior festival do mundo!

Ontem foi a sessão de abertura do 65º Festival de Cannes, com a pré-estreia mundial de "Moonrise Kingdom", do diretor americano Wes Anderson.
A sessão de gala, como sempre, teve a presença de várias celebridades do meio cinematográfico. O elenco do longa, que também concorre na competição, estavam os famosos: Bruce Willis, Edward Norton, Tilda Swinton e até o recluso Bill Murray, que trocou o terno colorido usado durante a tarde na coletiva de imprensa, pelo smoking tradicional e gravata borboleta, vestuário exigido á todos para todas as sessões dos filmes em competição (desde grandes nomes até simples mortais, sem o traje completo, não entra).
diretor e elenco do filme "Moonrise Kingdom" em foto oficial antes da sessão de gala
 
A cada ano são cerca de 50 longas e 30 curtas-metragens dentro da Seleção Oficial, que compreende as obras que integram as mostras Competitiva, Um Certo Olhar e Cinéfondation. Dentro deste grupo também estão os filmes que são exibidos em sessões especiais, homenagens e em um festival fora de competição. Mas, além desta programação oficial, há também apresentações paralelas, como a Quinzena dos Diretores e a Semana Internacional da Crítica.
A principal dessas mostras é a Seleção Oficial, que premia o melhor filme com a Palma de Ouro, prêmio máximo do cinema de autor. Para poder ser selecionado em Competição, o filme deve ter sido produzido no último ano e nunca ter sido exibido em um festival de cinema internacional ou na internet. O material tem que ser completamente inédito no contexto mundial.

 

Escrito por Barbara Sturm, 17/05/2012 às 10h58 | barbara@cineramabc.com

Fórum e Seminário propõem cidades criativas e humanas a partir do desenvolvimento cultural

Mostra de Cinema Infantil  de Florianópolis faz parceria com a FECAM (Federação de Municípios Catarinenses) para lançamento do 2º Circuito Estadual de Cinema Infantil e Seminário sobre Cultura como elemento transformador da sociedade.

Como a cidade de Parati tornou-se uma referência do Turismo Cultural no Brasil é o assunto da palestra em Florianópolis de José Carlos Porto Neto, prefeito do pequeno município histórico do litoral do Rio de Janeiro. Porto Neto participa do 2º Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura e do Seminário Cultura Como Elemento Transformador da Sociedade, que ocorrem nos dias 28 e 29 de maio, no SESC Cacupé, e vai falar de eventos como a FLIP, a Festa Literária Internacional de Parati, que transformaram a economia da cidade.

Indicado para os gestores municipais de cultura e aberto ao público, a promoção é da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e da Federação Catarinense de Municípios – FECAM . Além do prefeito de Parati, outra convidada é a Secretária de Economia Criativa do Ministério da Cultura, Cláudia Leitão, que abordará o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico das cidades por meio da cultura.
 

O tema será complementado por Ana Carla Fonseca Reis, economista, administradora, doutoranda em urbanismo e considerada uma das mais importantes autoridades em economia da cultura, economia criativa e cidades criativas. Durante o evento, será exibido o filme Quem se importa, de Mara Mourão, um documentário brasileiro sobre o trabalho de empreendedores sociais ao redor do mundo.
A programação é integrada também pelo 2ª Circuito Estadual de Cinema Infantil. Luiza Lins, diretora da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis fará a capacitação para que cada gestor cultural realize uma Mostra de cinema para a infância e a juventude em suas cidades. “O objetivo principal desta parceria com a FECAM é oferecer para os gestores municipais caminhos de desenvolvimento a partir da cultura”, diz Luiza
Após a capacitação, será entregue um kit contendo 44 filmes de curtas-metragens brasileiros em quatro DVDs, cartazes e camisetas. Em parceria com o site www.filmesquevoam, o quarto DVD vem com legendas em português para atender os portadores de deficiência auditiva.  A 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis ocorre de 29 de junho a 15 de julho no Teatro Pedro Ivo.
O quê: 2º Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura e Seminário Cultura como elemento transformador da sociedade
Quando: 28 e 29 de maio, das 8h30min às 18h.
Onde: SESC de Cacupé. Rodovia Haroldo Soares Glavam, 1.670, Cacupé - Florianópolis.
Informações e inscrições em:  www.fecam.org.br.

CONTATO
Luiza Lins
Diretora da Mostra
[email protected]
(48) 3235-5996 / 9980-6908

Fifo Lima e Sarah Goulart
Assessoria de Imprensa da Mostra
(48) 9146-0251 / 8855-0693
[email protected]
www.mostradecinemainfantil.com.br

Escrito por André Gevaerd, 16/05/2012 às 05h03 | andre@cineramabc.com

Cultura Inglesa Festival

A Cultura Inglesa realiza de 25 de Maio a 30 de Junho o ’16 Cultura Inglesa Festival’.
Tirando as baladas, o Festival é todo gratuito e acontece principalmente em São Paulo, tendo também algumas atrações pontuais em outras quatro cidades: Campinas, São José dos Campos, Santos e Sorocaba.
Serão peças de teatro (adulto e infantil), espetáculos de dança, exposições, shows e claro, cinema.

A programação de cinema é rica. A principal mostra é a do Panorama do Cinema Britânico Contemporâneo, que apresentará filmes ingleses de longa-metragem numa curadoria bem variada, indo, por exemplo, de um filme pesado e intenso que aborda a violência e o abuso nos relacionamentos (o excelente ‘Tiranossauro’) até uma comédia com Helena Bohan Carter (‘Toast’) que teve suas sessões lotadas na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo ano passado.
                 'Tiranossauro', de Paddy Considine
 
Há também a mostra Mockumentários, que exibe falsos documentários, gênero cinematográfico pouco conhecido que inclui grandes filmes; Curtas-metragens digitais, realizados através de um edital que a própria Cultura Inglesa promove; e a cereja do bolo que é a Mostra Bowie no Cinema, que exibirá na telona grandes filmes que contam com a outra faceta do camaleão inglês: seu ótimo trabalho como ator.
 
'Fome de Viver', de Tony Scott
 
As duas atrações gratuitas incríveis e imperdíveis são: bate-papo com o diretor Julien Temple, realizador de grandes vídeo-clipes, curtas e documentários sobre música; e o show da banda Franz Ferdinand no Parque da Independência.
 
Confirma a programação completa em festival.culturainglesasp.com.br

 

Escrito por André Gevaerd, 10/05/2012 às 13h00 | andre@cineramabc.com

11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis divulga lista de selecionados

Dos 127 filmes inscritos, 87 foram selecionados para a 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que ocorre de 29 de junho a 15 de julho no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. Houve um crescimento de 10% no número de inscritos em relação a 2011. Com 33 curtas selecionados, São Paulo se mantém como o Estado hegemônico na produção de audiovisual para a infância, mas houve crescimento de produções provenientes do Nordeste.
 
Os selecionados concorrem a dois prêmios aquisição nas categorias Melhor Filme, votado por um Júri Oficial, e Prêmio Especial das Crianças, votado pelo público infantil. Cada uma das produções escolhidas receberá o Prêmio Aquisição no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) da TV Brasil, e um troféu. A Mostra também é um canal de distribuição via Programadora Brasil e Projeto Curta o Curta, além de divulgar e encaminhar a produção para outros festivais, cineclubes e escolas brasileiras.
 
 
Filmes selecionados:
1. A galinha ou eu (de Denizia Moresqui, PR, 2011, 15’)
2. A garça Graça (de alunos EMEF Tânia Pôncio Leite, ES, 2010, 5’)
3. A grande viagem (de Caroline Fioratti, SP, 2011, 15’ 45’’)
4. A mula teimosa e o controle remoto (de Helio Villela Nunes, SP, 2011, 15’ 15’’)
5. Antes que o verão acabe (de Marília Nogueira, MG, 2012, 16')
 
Confira a lista completa dos selecionados em www.mostradecinemainfantil.com.br

 

Escrito por André Gevaerd, 19/04/2012 às 10h18 | andre@cineramabc.com



22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
CINERAMA BC
Por André Gevaerd

5ª edição do Fest’Afilm Montpellier

As inscrições para a 5ª edição do Fest’Afilm Montpellier já estão abertas e se encerraram no dia 02 de julho de 2012.
O Fest’Afilm é uma janela aberta para quem gosta e para quem produz o cinema lusófono e o cinema francófono.

Para os interessados em se inscrever no Festival, a Competição de Curtas-metragens e o Panorama Janela Aberta Curta-metragem, aceitam filmes com a duração entre 6 e 20 minutos,
o Panorama Filmes Curtíssimos aceita filmes com até 5 minutos e o Panorama Fenêtre Ouverte Documentaires  aceita filmes com até 90 minutos.

A ficha de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site do Festival
www.wix.com/festafilm/2012

O Festival será realizado em Montpellier - França, entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro de 2012.


Informações:

[email protected]

Escrito por André Gevaerd, 29/05/2012 às 15h16 | andre@cineramabc.com

o 3D como narrativa.

O primeiro filme a usar a tecnologia 3D como influência na história a ser contada foi 'Pina', documentário dirigido pelo cultuado cineasta alemão Wim Wenders, sobre a coreógrafa e dançarina alemã Pina Bausch.
A personagem título revolucionou o espetáculo da dança por contar histórias em  suas coreografias, que eram baseadas nas experiências de vida dos bailarinos e desenvolvidas conjuntamente com estes. Ela rompeu com as formas tradicionais da dança-teatro, utilizando-se de contraposições estéticas, repetições propositais e muito uso de interação dos bailarinos com materiais orgânico, como terra e água.
cena do documentário 'Pina'
 
Entre os seus temas recorrentes estavam as interações entre masculino e feminino, uma grande inspiração para o cineasta espanhol Pedro Almodóvar em seu filme 'Fale com Ela', onde ele inclusive convida Pina para atuar em uma bela sequência de dança.
Logo, encontra-se uma forte ligação do trabalho de Pina com a arte cinematográfica.
Win Wenders no set de filmagem do documentário
 
É aí que entra Wim Wenders e o 3D. Nos primeiros minutos do filme é preciso acostumar-se com a tecnologia inovadora em planos calmos, sem efeitos especiais, como estamos acostuamos até então. A experiência ganha força conforme vamos nos aprofundando no universo de Pina, da originalidade dos espetáculos, e principalmente na sensibilidade que Wenders sublinha colocando os mesmos bailarinos que dançam no palco, dançando em lugares vazios, em cima de uma montanha ou no meio da rua, com trens e ônibus passando por eles, sempre com diferentes camadas de profundidade fixas contrastadas com o movimento da dança.
É literalmente uma obra de arte que salta aos olhos. 
 
Escrito por Barbara Sturm, 23/05/2012 às 12h20 | barbara@cineramabc.com

E começa o maior festival do mundo!

Ontem foi a sessão de abertura do 65º Festival de Cannes, com a pré-estreia mundial de "Moonrise Kingdom", do diretor americano Wes Anderson.
A sessão de gala, como sempre, teve a presença de várias celebridades do meio cinematográfico. O elenco do longa, que também concorre na competição, estavam os famosos: Bruce Willis, Edward Norton, Tilda Swinton e até o recluso Bill Murray, que trocou o terno colorido usado durante a tarde na coletiva de imprensa, pelo smoking tradicional e gravata borboleta, vestuário exigido á todos para todas as sessões dos filmes em competição (desde grandes nomes até simples mortais, sem o traje completo, não entra).
diretor e elenco do filme "Moonrise Kingdom" em foto oficial antes da sessão de gala
 
A cada ano são cerca de 50 longas e 30 curtas-metragens dentro da Seleção Oficial, que compreende as obras que integram as mostras Competitiva, Um Certo Olhar e Cinéfondation. Dentro deste grupo também estão os filmes que são exibidos em sessões especiais, homenagens e em um festival fora de competição. Mas, além desta programação oficial, há também apresentações paralelas, como a Quinzena dos Diretores e a Semana Internacional da Crítica.
A principal dessas mostras é a Seleção Oficial, que premia o melhor filme com a Palma de Ouro, prêmio máximo do cinema de autor. Para poder ser selecionado em Competição, o filme deve ter sido produzido no último ano e nunca ter sido exibido em um festival de cinema internacional ou na internet. O material tem que ser completamente inédito no contexto mundial.

 

Escrito por Barbara Sturm, 17/05/2012 às 10h58 | barbara@cineramabc.com

Fórum e Seminário propõem cidades criativas e humanas a partir do desenvolvimento cultural

Mostra de Cinema Infantil  de Florianópolis faz parceria com a FECAM (Federação de Municípios Catarinenses) para lançamento do 2º Circuito Estadual de Cinema Infantil e Seminário sobre Cultura como elemento transformador da sociedade.

Como a cidade de Parati tornou-se uma referência do Turismo Cultural no Brasil é o assunto da palestra em Florianópolis de José Carlos Porto Neto, prefeito do pequeno município histórico do litoral do Rio de Janeiro. Porto Neto participa do 2º Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura e do Seminário Cultura Como Elemento Transformador da Sociedade, que ocorrem nos dias 28 e 29 de maio, no SESC Cacupé, e vai falar de eventos como a FLIP, a Festa Literária Internacional de Parati, que transformaram a economia da cidade.

Indicado para os gestores municipais de cultura e aberto ao público, a promoção é da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e da Federação Catarinense de Municípios – FECAM . Além do prefeito de Parati, outra convidada é a Secretária de Economia Criativa do Ministério da Cultura, Cláudia Leitão, que abordará o empreendedorismo e o desenvolvimento econômico das cidades por meio da cultura.
 

O tema será complementado por Ana Carla Fonseca Reis, economista, administradora, doutoranda em urbanismo e considerada uma das mais importantes autoridades em economia da cultura, economia criativa e cidades criativas. Durante o evento, será exibido o filme Quem se importa, de Mara Mourão, um documentário brasileiro sobre o trabalho de empreendedores sociais ao redor do mundo.
A programação é integrada também pelo 2ª Circuito Estadual de Cinema Infantil. Luiza Lins, diretora da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis fará a capacitação para que cada gestor cultural realize uma Mostra de cinema para a infância e a juventude em suas cidades. “O objetivo principal desta parceria com a FECAM é oferecer para os gestores municipais caminhos de desenvolvimento a partir da cultura”, diz Luiza
Após a capacitação, será entregue um kit contendo 44 filmes de curtas-metragens brasileiros em quatro DVDs, cartazes e camisetas. Em parceria com o site www.filmesquevoam, o quarto DVD vem com legendas em português para atender os portadores de deficiência auditiva.  A 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis ocorre de 29 de junho a 15 de julho no Teatro Pedro Ivo.
O quê: 2º Fórum Catarinense de Gestores Municipais de Cultura e Seminário Cultura como elemento transformador da sociedade
Quando: 28 e 29 de maio, das 8h30min às 18h.
Onde: SESC de Cacupé. Rodovia Haroldo Soares Glavam, 1.670, Cacupé - Florianópolis.
Informações e inscrições em:  www.fecam.org.br.

CONTATO
Luiza Lins
Diretora da Mostra
[email protected]
(48) 3235-5996 / 9980-6908

Fifo Lima e Sarah Goulart
Assessoria de Imprensa da Mostra
(48) 9146-0251 / 8855-0693
[email protected]
www.mostradecinemainfantil.com.br

Escrito por André Gevaerd, 16/05/2012 às 05h03 | andre@cineramabc.com

Cultura Inglesa Festival

A Cultura Inglesa realiza de 25 de Maio a 30 de Junho o ’16 Cultura Inglesa Festival’.
Tirando as baladas, o Festival é todo gratuito e acontece principalmente em São Paulo, tendo também algumas atrações pontuais em outras quatro cidades: Campinas, São José dos Campos, Santos e Sorocaba.
Serão peças de teatro (adulto e infantil), espetáculos de dança, exposições, shows e claro, cinema.

A programação de cinema é rica. A principal mostra é a do Panorama do Cinema Britânico Contemporâneo, que apresentará filmes ingleses de longa-metragem numa curadoria bem variada, indo, por exemplo, de um filme pesado e intenso que aborda a violência e o abuso nos relacionamentos (o excelente ‘Tiranossauro’) até uma comédia com Helena Bohan Carter (‘Toast’) que teve suas sessões lotadas na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo ano passado.
                 'Tiranossauro', de Paddy Considine
 
Há também a mostra Mockumentários, que exibe falsos documentários, gênero cinematográfico pouco conhecido que inclui grandes filmes; Curtas-metragens digitais, realizados através de um edital que a própria Cultura Inglesa promove; e a cereja do bolo que é a Mostra Bowie no Cinema, que exibirá na telona grandes filmes que contam com a outra faceta do camaleão inglês: seu ótimo trabalho como ator.
 
'Fome de Viver', de Tony Scott
 
As duas atrações gratuitas incríveis e imperdíveis são: bate-papo com o diretor Julien Temple, realizador de grandes vídeo-clipes, curtas e documentários sobre música; e o show da banda Franz Ferdinand no Parque da Independência.
 
Confirma a programação completa em festival.culturainglesasp.com.br

 

Escrito por André Gevaerd, 10/05/2012 às 13h00 | andre@cineramabc.com

11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis divulga lista de selecionados

Dos 127 filmes inscritos, 87 foram selecionados para a 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que ocorre de 29 de junho a 15 de julho no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. Houve um crescimento de 10% no número de inscritos em relação a 2011. Com 33 curtas selecionados, São Paulo se mantém como o Estado hegemônico na produção de audiovisual para a infância, mas houve crescimento de produções provenientes do Nordeste.
 
Os selecionados concorrem a dois prêmios aquisição nas categorias Melhor Filme, votado por um Júri Oficial, e Prêmio Especial das Crianças, votado pelo público infantil. Cada uma das produções escolhidas receberá o Prêmio Aquisição no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) da TV Brasil, e um troféu. A Mostra também é um canal de distribuição via Programadora Brasil e Projeto Curta o Curta, além de divulgar e encaminhar a produção para outros festivais, cineclubes e escolas brasileiras.
 
 
Filmes selecionados:
1. A galinha ou eu (de Denizia Moresqui, PR, 2011, 15’)
2. A garça Graça (de alunos EMEF Tânia Pôncio Leite, ES, 2010, 5’)
3. A grande viagem (de Caroline Fioratti, SP, 2011, 15’ 45’’)
4. A mula teimosa e o controle remoto (de Helio Villela Nunes, SP, 2011, 15’ 15’’)
5. Antes que o verão acabe (de Marília Nogueira, MG, 2012, 16')
 
Confira a lista completa dos selecionados em www.mostradecinemainfantil.com.br

 

Escrito por André Gevaerd, 19/04/2012 às 10h18 | andre@cineramabc.com



22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

André Gevaerd

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.