Jornal Página 3
Coluna
CINERAMA BC
Por Barbara Sturm

Filme israelense é o grande vencedor da 36ª Mostra.

"Preenchendo o Vazio" da diretora estreante Rama Burshtein, foi eleito vencedor da 36ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. O filme concorria na principal categoria da Mostra, a seção Novos Diretores.

O longa foi exibido no último Festival de Veneza, e conquistou o prêmio de Melhor Atriz para Hadas Yaron, o que surpreendeu a imprensa mundial por ter sido entregue para uma atriz tão jovem.

Com sua excelente direção e movimentos de câmera que perseguem a personagem principal, Shira, o filme envolve o espectador á cada cena. A história se passa em Israel em meio á uma comunidade judia ortodoxa. O rabino Aharon perde a filha mais velha quando ela dá à luz á seu primeiro neto. Com receio de ficar distante do neto, a matriarca da família começa a pensar na possibilidade de casar a caçula, Shira, com o viúvo da filha mais velha. 

 

Escrito por Barbara Sturm, 07/11/2012 às 16h40 | barbara@cineramabc.com



Barbara Sturm

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
CINERAMA BC
Por Barbara Sturm

Filme israelense é o grande vencedor da 36ª Mostra.

"Preenchendo o Vazio" da diretora estreante Rama Burshtein, foi eleito vencedor da 36ª edição da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. O filme concorria na principal categoria da Mostra, a seção Novos Diretores.

O longa foi exibido no último Festival de Veneza, e conquistou o prêmio de Melhor Atriz para Hadas Yaron, o que surpreendeu a imprensa mundial por ter sido entregue para uma atriz tão jovem.

Com sua excelente direção e movimentos de câmera que perseguem a personagem principal, Shira, o filme envolve o espectador á cada cena. A história se passa em Israel em meio á uma comunidade judia ortodoxa. O rabino Aharon perde a filha mais velha quando ela dá à luz á seu primeiro neto. Com receio de ficar distante do neto, a matriarca da família começa a pensar na possibilidade de casar a caçula, Shira, com o viúvo da filha mais velha. 

 

Escrito por Barbara Sturm, 07/11/2012 às 16h40 | barbara@cineramabc.com



Barbara Sturm

Assina a coluna CINERAMA BC

Nasceu em Balneário Camboriú, resolveu fazer cinema, mudou-se para São Paulo, fez muitos filmes, voltou para Balneário. Continua fazendo filmes. Diretor do Festival CinemaramaBC e idealizador da sala de cinema e eventos, ArtHouse.