Jornal Página 3
Coluna
Frente & Verso
Por Daniele Sisnandes

Horário de verão

Primeira semana do horário de verão é aquele "estrago biológico" como bem resumiu meu amigo poeta Ernesto Wenth Filho no poema "Assalto". 

Não é de todo mal ter mais luz no fim do dia, mas que dói essa adaptação inicial, ah isso dói! Protestamos, entre um bocejo e outro.


Assalto (por Ernesto Wenth Filho)

Roubaram meu sono
mexeram no meu relógio
ficou tudo diferente
um estrago biológico
O cansaço tomou conta
a fome se atrasou
os olhos ficaram pesados
a boca bocejou
Não sei como gostar
não consigo me adaptar
duas vezes por ano
o organismo a reclamar
Falam da economia
de alguns milhões de reais
e a nossa saúde
como ficam os sinais vitais?
Ah...
Mas se aproveita melhor o dia
a noite chega mais tarde
é tudo pura ilusão
para enganar a realidade
Não gosto não
um assalto com armas à mão
devolvam a minha hora
e acabem com o horário de verão

EWF - 2017

Escrito por Daniele Sisnandes, 16/10/2017 às 11h06 | danikahc@gmail.com

publicidade





publicidade



Daniele Sisnandes

Assina a coluna Frente & Verso

Ama a música, as letras e gargalhadas. Sonhadora com os pés no chão. Jornalista. Editoria do Página 3 Online. Quer ir além da pirâmide invertida, mas que seja frente e verso.
















Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br