Jornal Página 3
Coluna
Frente & Verso
Por Daniele Sisnandes

JP3 27: um viva a todas as fases!

Estou nos meus últimos dias de férias, mas hoje o Página 3 completa 27 anos de história e também queria registrar minhas lembranças.

É normal em datas comemorativas a gente pensar no que passou, na trajetória até chegar ali e geralmente lembramos mais do que passou há mais tempo. Mas como estou na casa há 11 anos posso falar dessa parte mais recente da história, que também é uma história e tanto.

Entrei pra equipe na última semana de julho de 2007, porém o Página 3 entrou na minha vida no começo dos anos 2000, quando eu ainda era uma adolescente idealista.

Naquela época o punk rock me apresentou o Pablo, um amigo querido que já não está mais entre nós, e que entregava o jornal. Ele me conhecia e achava que eu ia gostar do Página 3 e assim passou a atirar edições fresquinhas na sacada do apartamento em que eu morava, na Rua 700. Foi assim que eu me lembro de conhecer aquele jornalão standart e invocado. Depois conheci a Carol e foi ela que abriu as portas pra mim no Página, alguns anos depois, em 2007, quando eu já cursava jornalismo.

Desde então MUITA coisa mudou, mas vejo tudo com amor. Os padrões de leitura mudaram e mudamos com ele. Também amava ver o papel chegando aos sábados com todo aquele trabalho estampado, mas gosto de pensar no digital com muito entusiasmo.

Em 2017 o Página 3 criou um novo padrão de publicações, eram mensais e com um cara toda diferente, coisa linda de se fazer e ver. Em 2018 veio a decisão de suspender a impressão. O jogo virou e o portal de notícias se tornou de verdade a prioridade número 1.

As métricas contam muito sobre o gosto do leitor, o que o atrai, por quanto tempo, conseguimos entender melhor quem está do outro lado.

Nunca fomos tão lidos ou tivemos tanto alcance. Nunca publicamos tanto online também. É frenético e constante, a notícia não precisa mais esperar.

Imprimimos nossas características no digital e temos um portal que atende muitos públicos. Que cobre de forma única e carinhosa o esporte local, a política, a cidade, a cultura. A gente sabe tragédia e fama atraem, mas produzimos pouco, também um reflexo de quem somos por trás da tela.

Na verdade, uma publicação reflete muito quem a produz. O Página 3 online tem o ideal do impresso, mas com muito mais possibilidades, é um veículo que tem a cara de Balneário Camboriú. Tem mais alcance, mais espaço para escrever, mais vozes, ele é feito por muitos…

Por isso fica aqui minha gratidão, respeito e meus parabéns a todos, de todas as épocas, que colaboraram, enviaram fax, cartas, whats de madrugada, aos apoiadores comerciais pelo reconhecimento e confiança, aos colunistas do online que dispõem de seu tempo para mostrar seu olhar para o mundo através dessa empresa, aos profissionais maravilhosos que passaram por essa redação, aos idealizadores que mantêm o sonho vivo.

E um muito obrigada especial ao leitores, tudo isso só faz sentido por causa de vocês. Vida longa!

Escrito por Daniele Sisnandes, 26/07/2018 às 15h57 | danikahc@gmail.com



Daniele Sisnandes

Assina a coluna Frente & Verso

Ama a música, as letras e gargalhadas. Sonhadora com os pés no chão. Jornalista. Quer ir além da pirâmide invertida, mas que seja frente e verso.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Frente & Verso
Por Daniele Sisnandes

JP3 27: um viva a todas as fases!

Estou nos meus últimos dias de férias, mas hoje o Página 3 completa 27 anos de história e também queria registrar minhas lembranças.

É normal em datas comemorativas a gente pensar no que passou, na trajetória até chegar ali e geralmente lembramos mais do que passou há mais tempo. Mas como estou na casa há 11 anos posso falar dessa parte mais recente da história, que também é uma história e tanto.

Entrei pra equipe na última semana de julho de 2007, porém o Página 3 entrou na minha vida no começo dos anos 2000, quando eu ainda era uma adolescente idealista.

Naquela época o punk rock me apresentou o Pablo, um amigo querido que já não está mais entre nós, e que entregava o jornal. Ele me conhecia e achava que eu ia gostar do Página 3 e assim passou a atirar edições fresquinhas na sacada do apartamento em que eu morava, na Rua 700. Foi assim que eu me lembro de conhecer aquele jornalão standart e invocado. Depois conheci a Carol e foi ela que abriu as portas pra mim no Página, alguns anos depois, em 2007, quando eu já cursava jornalismo.

Desde então MUITA coisa mudou, mas vejo tudo com amor. Os padrões de leitura mudaram e mudamos com ele. Também amava ver o papel chegando aos sábados com todo aquele trabalho estampado, mas gosto de pensar no digital com muito entusiasmo.

Em 2017 o Página 3 criou um novo padrão de publicações, eram mensais e com um cara toda diferente, coisa linda de se fazer e ver. Em 2018 veio a decisão de suspender a impressão. O jogo virou e o portal de notícias se tornou de verdade a prioridade número 1.

As métricas contam muito sobre o gosto do leitor, o que o atrai, por quanto tempo, conseguimos entender melhor quem está do outro lado.

Nunca fomos tão lidos ou tivemos tanto alcance. Nunca publicamos tanto online também. É frenético e constante, a notícia não precisa mais esperar.

Imprimimos nossas características no digital e temos um portal que atende muitos públicos. Que cobre de forma única e carinhosa o esporte local, a política, a cidade, a cultura. A gente sabe tragédia e fama atraem, mas produzimos pouco, também um reflexo de quem somos por trás da tela.

Na verdade, uma publicação reflete muito quem a produz. O Página 3 online tem o ideal do impresso, mas com muito mais possibilidades, é um veículo que tem a cara de Balneário Camboriú. Tem mais alcance, mais espaço para escrever, mais vozes, ele é feito por muitos…

Por isso fica aqui minha gratidão, respeito e meus parabéns a todos, de todas as épocas, que colaboraram, enviaram fax, cartas, whats de madrugada, aos apoiadores comerciais pelo reconhecimento e confiança, aos colunistas do online que dispõem de seu tempo para mostrar seu olhar para o mundo através dessa empresa, aos profissionais maravilhosos que passaram por essa redação, aos idealizadores que mantêm o sonho vivo.

E um muito obrigada especial ao leitores, tudo isso só faz sentido por causa de vocês. Vida longa!

Escrito por Daniele Sisnandes, 26/07/2018 às 15h57 | danikahc@gmail.com



Daniele Sisnandes

Assina a coluna Frente & Verso

Ama a música, as letras e gargalhadas. Sonhadora com os pés no chão. Jornalista. Quer ir além da pirâmide invertida, mas que seja frente e verso.