Jornal Página 3
Coluna
Condomínio Garden City
Por Saint Clair Nickelle

Brasil, potência econômica

 Hoje, 25 de outubro de 2017, acompanhei, por um telejornal, a reeleição do Secretário Geral do Comitê Central do Partido Comunista da China. Seus cerca de 350 membros, numa postura educada e comprometida, estavam reelegendo Xi Jinping e as seis demais autoridades que constituem o Comitê Executivo Central. Eles, os sete membros, continuarão a exercer a autoridade máxima dentro do Partido Comunista da China (PCC).

O Congresso Brasileiro que é bicameral, composto por duas casas: o Senado Federal, integrado por 81 senadores, representam as 27 unidades federativas   (26 estados e o distrito federal) e Câmara dos Deputados, integrada por 513 deputados federais, que representam o povo.

São portanto, 594 membros, cujo custo é astronômico, mas como o Brasil é a maior potência econômica do planeta, não se mede o que custa para cada brasileiro sustentar tamanha mordomia.

O que chama a atenção, de nós brasileiros, ao assistir qualquer reunião do Congresso Brasileiro, tanto por parte do Senado, como por parte da Câmara dos Deputados, é a postura displicente e desleixada dos nossos representantes. Só se vê conchavos, celulares em funcionamento, conversas informais pelos risos e tapinhas nas costas, mesmo que alguém esteja falando no púlpito ou membros da mesa diretora pedindo silêncio e atenção.

Para atender a esse mundaréu de representantes, existem cerca de 20.000 funcionários no Congresso Brasileiro, muitos dos quais, ganhando bem mais do que um senador ou deputado federal. Façamos as contas e veremos porquê o governo está sempre se queixando de déficit. Mas, como disse antes, se somos uma potência econômica, deixemos essas miudezas para países de economia mais fraca que a nossa, como os Estados Unidos, a China, a Alemanha, etc.

O pior de tudo é que essa organização democrática se estende para estados e municípios. Não tentem calcular o que custam as assembleias legislativas e as câmaras de vereadores, vocês deixarão de dormir e, certamente, terão pesadelos

por muitos anos. Como eternos cúmplices alienados, a cada dois anos, estaremos lá nas filas para votar e eleger aqueles que, se eleitos, sorrirão, não sei se de nós ou das mordomias que nós continuaremos sustentando. Haja fôlego para tanto trabalho de todos nós, em especial para os que não sabiam: sim, somos uma potência econômica! 

Essa incrível constatação das mordomias que sustentamos, me fez lembrar de um apadrinhado político que procurou o Presidente Getúlio Vargas, no Palácio do Catete, vindo de São Borja no Rio Grande do Sul. Como fora indicado por um político gaúcho, o Presidente se viu obrigado a recebê-lo...

- Dr. Getúlio, estou aqui para reivindicar um emprego no governo, já que sou seu correligionário e conterrâneo;

Dr. Getúlio, com aquela sua tradicional calma, perguntou-lhe:

- Em que o Sr. deseja trabalhar?

- Não querendo abusar da sua bondade, eu desejo trabalhar de estafeta, mas entregando correspondência só aqui no Palácio do Catete, preferencialmente no turno da tarde, das 14h até as 16h, segundas, quartas e sextas. Pela manhã, pretendo conhecer a cidade do Rio de Janeiro;

O Presidente Getúlio Vargas, mesmo estando admirado da cara-de-pau do conterrâneo, ainda lhe perguntou:

- E, qual é a sua pretensão salarial?

- Dr. Getúlio, uns 3 salários mínimos, ou seja cerca de 5.196,84 cruzeiros;

O Presidente, já se levantando, disse-lhe:

- Fique tranquilo, tão logo surja a oportunidade, a segunda vaga será sua;

- Como assim, a segunda vaga, Senhor Presidente?

- Sim, a segunda vaga, pois a primeira será minha...

E, assim, desde há muito tempo, estamos sustentando párias, que trabalham pouco, ganham muito e pouco contribuem para o país crescer e se tornar, de fato, uma POTÊNCA ECONÔMICA...   

Escrito por Saint Clair Nickelle, 27/10/2017 às 08h49 | sannickelle@gmail.com

publicidade





publicidade



Saint Clair Nickelle

Assina a coluna Condomínio Garden City

Arquiteto aposentado e autor das crônicas denominadas CONDOMÍNIO GARDEN CITY, as quais serão apresentadas em capítulos, descrevendo as relações humanas num condomínio hipotético.
















Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br