Jornal Página 3
Coluna
Drone
Por Hélvion Ribeiro

D A C H A U - Campo de Concentração Nazista

"O Trabalho Liberta ".

É esta a inscrição em cima do portão de entrada do fatídico primeiro Campo de Concentração, criado a 20 km de Munique.

Tem coisas que a gente tem que fazer.

Hoje foi O Dia do Sofrimento, com 4 horas passadas dentro deste monumento de selvageria, monstruosidade e último degrau da degradação humana.

Não é preciso carregar na descrição, porque isto é bem conhecido de todos nós, mas é necessário lembrar para que "jamais aconteça de novo".

3 das imagens mais cruéis das milhares que lá estão, mostram um prisioneiro que passou por uma das "experiências médicas" com aplicação artificial de ar para embolia que resultou fatal em 3 tempos.

Escrito por Hélvion Ribeiro, 31/08/2018 às 17h47 | helvionr@yahoo.com.br



Hélvion Ribeiro

Assina a coluna Drone

Hélvion A. Ribeiro, 69. Atuou como Dentista em Lages, Urubici, Fpolis, RJ, Camboriú, Itajaí, Blumenau e BC. Seu trabalho mais importante é contribuir como voluntário, especialmente pela Universidade Gratuita. Pai de 3 médicos, tem 5 netos, faz academia rural no sítio em B. Camboriú onde tem a felicidade de viver há 20 anos.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Drone
Por Hélvion Ribeiro

D A C H A U - Campo de Concentração Nazista

"O Trabalho Liberta ".

É esta a inscrição em cima do portão de entrada do fatídico primeiro Campo de Concentração, criado a 20 km de Munique.

Tem coisas que a gente tem que fazer.

Hoje foi O Dia do Sofrimento, com 4 horas passadas dentro deste monumento de selvageria, monstruosidade e último degrau da degradação humana.

Não é preciso carregar na descrição, porque isto é bem conhecido de todos nós, mas é necessário lembrar para que "jamais aconteça de novo".

3 das imagens mais cruéis das milhares que lá estão, mostram um prisioneiro que passou por uma das "experiências médicas" com aplicação artificial de ar para embolia que resultou fatal em 3 tempos.

Escrito por Hélvion Ribeiro, 31/08/2018 às 17h47 | helvionr@yahoo.com.br



Hélvion Ribeiro

Assina a coluna Drone

Hélvion A. Ribeiro, 69. Atuou como Dentista em Lages, Urubici, Fpolis, RJ, Camboriú, Itajaí, Blumenau e BC. Seu trabalho mais importante é contribuir como voluntário, especialmente pela Universidade Gratuita. Pai de 3 médicos, tem 5 netos, faz academia rural no sítio em B. Camboriú onde tem a felicidade de viver há 20 anos.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade