Jornal Página 3
Coluna
J. Júnior
Por Jonas Ramos Júnior

Mala Direta

FRONTEIRAS

O impossível aconteceu, as tão sonhadas barreiras de entrada e saída da cidade, que em tese, deveriam nos proteger da bandidagem, agora são uma realidade e nos protegem de um inimigo poderoso e invisível. O Covid 19 o mais temido vírus da atualidade assombra a ricos e pobres como a mesma intensidade. Trancou 1/3 do planeta em casa e nos obrigou a conviver diuturnamente com nossas famílias e em condições de cárcere privado. Pior, nos obrigou a andarmos com uma certa distância uns dos outros mesmo nos encontros casuais. Sair de casa sem um motivo aparente é motivo de xingamentos pela família e pelos vizinhos. Enfim, descobrimos o quão pequenos somos diante de um inimigo que sequer conseguimos enxergar. Caímos na real.


DESACELERAÇÃO

Se a economia já não vinha andando firme nas suas pernas, com a chegada da Covid 19 a coisa vai ficar mais feia ainda. Estamos entrando na segunda semana de lockout e se os números da proliferação da contaminação não diminuirem a tendência é seguirmos com tudo fechado. A ideia de uma paralização vertical ao invés da horizontal ganha força no seio das empresas e dos empregados receosos com a quebradeira generalizada e o fim de milhares de empregos. É o dilema entre morrer por conta do vírus ou de fome. Pra quem tem reservas ou salário garantido o pensamento é de paralização horizontal, mas quem depende de ganhar um dinheiro ao meio dia pra jantar à noite o pensamento é o da verticalização. Com a palavra as autoridades científicas e de saúde.


VITRINE

 

  • O planeta anda respirando mais aliviado com a paradeira no mundo todo e a consequente diminuição na emissão dos mais variados tipos de poluentes. Há muitos anos o planeta terra não dava uma paradinha de forma global. Nem em tempos de guerra. Pra alguma coisa vai servir a corona vírus.
  • Já o ser humano anda longe de ser referência em solidariedade haja vista com o que ocorreu nos supermercados e afins nos últimos dias. Foi um tal de salve-se quem puder. Num mercado local o comentário era de que teve consumidor que comprou quase mil reais de papel higiênico. Ou seja, daqui a pouco vai se dar conta que vai ter que cagar dezenas de vezes ao dia pra usar o exagero que adquiriu. Álcool em gel alguns tem estoque pra anos. Até a cloroquina que é usada em casos específicos foi comprada sem critério algum. O ser humano é incorrigível.
  • Tem uma geração que tem menos de 50 anos de idade que não tinha noção nenhuma do que é uma carestia geral. Não viram guerras, epidemias tipo gripe espanhola, tifo etc. Sequer conhecem a palavra inflação no seu termo mais preciso, aquele em que de manhã se paga um valor e à tarde outro. Não viram a Zélia Cardoso de Melo confiscar o dinheiro de milhões de brasileiros. Estão aprendendo que a vida tem suas mazelas, e que somente a busca pelo sucesso e o dinheiro muitas vezes tem pouca ou nenhuma eficácia em momentos como esse.Ter muito dinheiro agora só garante a subsistência, nada mais.
  • A propagação de notícias falsas nos meios sociais é alarmante e tem pessoas que se deliciam em passar pra frente notícias que sequer tem conhecimento da sua origem e veracidade. As  chamadas Fake News são junto com a Covid 19, a praga atual. Faça a sua parte, confira antes de enviar.
  • Os presidentes do Senado e da Câmara Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia sequer tocaram na palavra fundão eleitoral, essa excrecência de bilhões de reais pra financiar as campanhas e a mordomia dos partidos e seus dirigentes. Se fossem homens públicos de verdade proporiam aos líderes partidários a transferência desse dinheiro pra ajudar na crise da Covid 19, Ou ajudar no pagamento do Corona Voucher. Só pensam em dividendos políticos e ampliação da desgraça política.

ESSE ANO FAÇA CERTO. FAÇA A SUA PARTE. DIGA NÃO AS FAKE NEWS.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 26/03/2020 às 13h47 | jonasramos3011@hotmail.com

Mala Direta

BESTEIROL

Aos poucos as pessoas estão se dando conta que o governo do presidente Bolsonaro tem avanços, e que aos poucos a economia e seus reflexos começam a dar resultados. O problema reside no besteirol que o presidente e seus principais assessores disparam todo dia por meio das redes sociais, eventos públicos ou na fatídica paradinha na saída do palácio do Planalto. Até aqueles que idolatram o presidente e sua forma de governar já estão ficando cansados de tanta bobagem que sai da boca dessa gente. Até o ministro Paulo Guedes se meteu em confusão ao usar como exemplo de câmbio irreal a ida das domésticas com suas famílias a Disney. Felizmente nesse caso, recuou e pediu desculpas dizendo que sua avó paterna era doméstica. Tem que pôr um freio de arrumação nessa gente. 


CARNAVAL

A cidade começa a entrar no clima das festas de carnaval e o Rei Momo e suas princesas devem dar o ar da graça nas principais ruas da cidade nos próximos dias. A cidade como um todo se ressente desses dias de carnaval para atrair o máximo de pessoas que puder para cá, como forma de arrecadar o que puder, visando dar um pouco mais de folego para enfrentar a baixa temporada. Os feriados daqui pra frente são nossa única esperança. Que saudades daquelas senhoras da terceira idade da Argentina que lotavam a hotelaria pelo menos até o mês de maio. Bons tempos.  


VITRINE


  • Seria prudente que o setor de trânsito da PMBC olhasse com carinho a possibilidade de colocação de sinaleiras para pedestres na esquina da rua 1500 com Brasil e 2500 com Brasil. A briga nesses locais com os pedestres é constante. Mãos à obra.

  • Outro dia presenciei a passagem da tradicional Banda Mexe Mexe com o mestre Zeca na boleia de um imponente caminhão, e não pude deixar de perceber a alegria que contagia as pessoas no momento em que eles passam. Até um cara de muleta dava seus pulinhos. É disparado o que tem de melhor no nosso carnaval. Sem demérito a todos que se esforçam pra trazer alegria pras nossas ruas e avenidas.

  • Tribunal de Contas do Estado deu uma ducha de água fria no alargamento da faixa de areia. Em tempo, não é uma obra qualquer e deve ser tratado com olhos de lupa pelo poder público, órgãos de fiscalização e a população, que afinal é a maior interessada. É importante, mas não a toque de caixa.

ESSE ANO FAÇA CERTO. RESPEITE AS MULHERES. NÃO É NÃO. FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 20/02/2020 às 16h00 | jonasramos3011@hotmail.com

Mala Direta - Balneário Camboriú

START

Outro dia parei no Posto do Neco na Terceira Avenida para um cafezinho e fui abordado por um amigo que havia tempo não encontrava, queria saber o que eu estava achando da política local e do desempenho do atual prefeito. Respondi que ainda falta bastante tempo pra eleições e que a meu ver a cidade aparentemente tá bem cuidada, limpa, salários do funcionalismo em dia e, como não sou usuário da saúde pública, pouco podia opinar. Enfim, emiti a minha opinião. A seguir ele me disse que achava que a cidade tava uma porcaria, que a saúde é um fracasso etc e etc. Resumindo, a campanha já está nas ruas. Único fato a lamentar, os nomes em destaque são sempre os mesmos. Com a palavra o povo, que de bobo não tem nada.


LOS HERMANOS

Hoteleiro das antigas me disse essa semana que com o início das aulas previsto para começo de fevereiro, a temporada vai ser muito fraca. Não temos no Brasil e nos países vizinhos ninguém que consiga superar os argentinos em deslocamento pro nosso litoral. Vão fazer muita falta nas receitas de temporada, o que consequentemente irá impactar no restante do ano. A esperança são os feriados que nesse ano serão bem generosos. Deus lhe ouça.


ANIVERSARIANTE

Sara Cezar Kerber (centro) curtindo seus 14 aninhos comemorados segunda-feira (27). Na foto, com as amigas Natasha (E) e Bela (D). (Foto Carol Cezar)


VITRINE

  • Cidadão chega numa repartição pública e aguarda pacientemente sua vez de ser atendido, até que chega aquele amigo do amigo que trabalha ali e entra descaradamente na sua frente com a famosa frase, é só uma perguntinha rápida. Aí demora e sai pedindo desculpas de fininho. Isso se chama falta de educação.
  • O Plano Diretor das praias agrestes está em pleno vapor e rendendo muita discussão. Acredito ser de suma importância que se discuta muito, porque depois de aprovado vai gerar uma corrida por projetos em razão da valorização daquele eldorado. Quem sabe nasce ali uma nova Jurerê Internacional, com prédios baixos de alto valor agregado.
  • Prefeitura vai iniciar em bom tempo uma campanha nas praias agrestes pra conscientizar a população que a areia da praia não é lugar de cachorro. É ruim pra ele e pras pessoas que ali frequentam. Aqui na praia central muita gente insiste em levá-los, apesar da sinalização proibindo. Também amo os cachorros, mas se não pode, não pode.
  • Entrei no grupo dos que foram infectados pela virose e pra finalizar ainda fechei a semana com uma gripe de verão. Saúde é tudo de bom. Xô coisa ruim.
  • Pra não dizer que não meti o dedo na ferida da fritura do ministro Sérgio Moro, aí vai o meu pitaco. Moro inicia o próximo ano no STF. O que será bom pro Brasil e especialmente pra ele. O meio político deve estar deixando o nosso bastião da moralidade em pânico. Apesar de sua aparente tranquilidade. 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE. FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 30/01/2020 às 21h49 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

PASSAMOS NO TESTE

A virada do ano é sempre problemática e ao mesmo tempo financeiramente compensadora. Milhares de pessoas se dirigem prá cá em busca das belezas, atrações turísticas, gastronomia, entretenimento e enfim, se refestelar nas areias escaldantes de BC Beach e tomar um bom banho de mar. Assim tem sido nas últimas décadas, e assim espera-se que continue por outras tantas. Luz, água, telefonia, recolhimento de lixo e balneabilidade passaram no teste. Em alguns casos com louvor, como no caso da balneabilidade tão sonhada. Pontos pra todos que de uma forma ou outra se engajaram pra que tudo desse certo. Ganhamos todos nós. Feliz 2020!

GRINGOS

Como já vem acontecendo nas últimas temporadas a vinda dos argentinos será cada vez mais restrita ao litoral brasileiro. Nós, Bombinhas e Floripa especialmente vamos sentir mais a falta deles, já que além dos meses de janeiro e fevereiro eles costumam vir pra cá até maio. O novo governo apertou ainda mais a compra de dólares, o que para os argentinos é crucial para sair de férias, já que sua moeda tá mais pra baixo que barriga de cobra. Quem puder e tiver juízo deve continuar apostando em promoções para atrair os turistas brasileiros.

VITRINE

  • A queda de braço entre pedestres e motoristas persiste até nas esquinas onde tem sinaleira tanto pra carro quanto pra pedestres. Alguns não se dão conta que com o sinal aberto a preferência é para os carros obviamente. E o pau canta toda hora. Trânsito é uma questão de educação.
  • Terça-feira desabou um aguaceiro sobre a cidade no início da tarde e quem pode se escondeu embaixo de marquises, árvores etc. Eu fui um desses. Enquanto o céu desabava um cidadão deitou-se na entrada da pizzaria Heróis da Pizza e tirou um belo de um cochilo direto no piso de cimento. Fiquei com vergonha das dores que às vezes sinto no pescoço após acordar numa boa cama.
  • Depois de 20 anos minha irmã colocou os pés no Brasil e especialmente em Balneário Camboriú, onde residiu antes de ir pras terras do Tio San. Saiu daqui maravilhada com tudo que viu e curtiu. Resumiu sua estadia dizendo que reclamamos demais e queremos uma cidade perfeita. Disse que isso aqui é o paraíso. Seu filho, que também esteve aqui com a família, saiu falando o mesmo. Concordo com eles, moramos numa baita de uma cidade.
  • Fim de ano passamos em Morrinhos na residência do Sidemir e da Gema, da Contabilidade Gêmeos. Lugar lindo, paradisíaco, tranquilo. Tranquilo até demais, confesso que adorei, mas, senti falta do agito e da loucura da nossa praia. Essa cidade é maravilhosa, mesmo entupida de gente por todos os lados. BC é tudo de bom.
  • Luciano Hang, o big boss da Havan, um dos maiores empresários desse país, caminha sempre que pode pelas areias da praia central. Outro dia foi cercado por admiradores que queriam tirar fotos e abraçá-lo. Alguns gritavam pros amigos que o careca da Havan tava ali. É um case de sucesso e acima de tudo corajoso. Basta ver as faixas que circulam nos céus da cidade com dizeres nada republicanos de Lula da Silva, patrocinados por ele. O povo vai ao delírio.
  • Um problema que não tem solução a curto prazo é a BR-101 e seus eternos engarrafamentos quilométricos. Outro dia um leitor me disse que levou de Curitiba até aqui sete (7) horas. Daí fica difícil. Fazer o quê? Encarar.
  • Pra encerrar: não custa lembrar que os chuveirinhos da praia são pra tirar o excesso de areia dos pés e do corpo. Tem gente tomando banho e até lavando cachorros por ali. Consciência galera!

FELIZ 2020. VIDA LONGA E FELICIDADES A TODOS VOCÊS
ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO À IMPUNIDADE. FAÇA A SUA PARTE. 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 10/01/2020 às 12h01 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

MÃOS À OBRA

Conversa rápida com o prefeito Fabrício Oliveira e pude sentir nele o compromisso de colocar a cidade nos trilhos, e também a sua preocupação com a balneabilidade da nossa praia central, que vem a ser nosso maior cartão de visitas. Falou que as pessoas querem as obras e as melhorias, mas não querem os transtornos oriundos desses trabalhos. Entende que é normal as pessoas reclamarem, mas que os interesses coletivos da cidade estão acima dos interesses pessoais de cada um. Revelou que a ampliação da faixa de areia já é uma realidade e que até o fim do seu governo esta obra deve estar ao menos em andamento ou concluída. Enfim, disse que a cidade hoje está se desenvolvendo com responsabilidade e planejamento. Citou o molhe do pontal norte como importantíssimo para ajudar na balneabilidade daquele espaço, que em breve virará um novo cartão postal com a chegada da Roda Gigante. Tá animado.


PREPARATIVOS

Nossos principais problemas para a temporada são a balneabilidade de todas as nossas praias, fornecimento de água e luz, recolhimento de lixo e limpeza da cidade. Quanto à balneabilidade a olhos nus se percebe as melhorias, o mesmo com relação à Emasa e Celesc. A Ambiental presta um trabalho elogiável tanto no recolhimento e destino final do lixo, como na limpeza da cidade. Então, que venham os turistas e que a cidade e todos os comerciantes possam respirar aliviados.


ANIVERSÁRIO

Nanda, Tati, Vitinho, Jonas e Nicolas. Tana Mara, Taisne, Lucas e Léo, Ivete e Manuela

Ivete Loureiro, minha querida sogra, reuniu a família no resort Plaza Caldas da Imperatriz para comemorar idade nova. Foram três dias de muita união, alegrias e diversão. Ao final a família toda saiu fortalecida nos seus laços afetivos e o espirito era de estarmos todos juntos no próximo ano. Se Deus quiser. Felicidades e vida longa a D. Ivete.


BODAS DOURADAS

Foto: Arquivo Pessoal

Rosa e Carlos Haacke Junior estão comemorando Bodas de Ouro, no próximo dia 29. No domingo (16) o casal, junto de familiares, recebeu a benção do Pastor Valdim Utech, na igreja luterana Martin Luther. Carlos é o atual presidente da comunidade luterana. Esta semana, os 'nubentes' viajaram para Buenos Aires, para comemorar a união de 50 anos. Parabéns!


VITRINE 

  • Se você tem dores nos joelhos, lombar ou no quadril procure o Instituto Trata, que é especializado no tratamento de problemas nessa área com um método considerado o mais eficaz atualmente. Os fisioterapeutas do instituto estão aptos a tratar pessoas com sedentarismo, da terceira idade, atletas de alto nível e atletas de fim de semana.   Agende uma avaliação pelo fone 2122-3008 e 99903-2498. Vale conferir.
  • Comerciante tradicional da área gastronômica da praia me relatou que os turistas do feriadão só buscavam por promoções. Disse que precisamos melhorar o nível econômico dos nossos visitantes. A pergunta é? Como fazer isso com os vizinhos do Mercosul em chamas ou quebrados e com o nosso país saindo lentamente de uma recessão que vai ficar na história. Sugestão: vamos nos adequar a esse tipo de turista, sob pena de perecermos.
  • Tão logo iniciou a cobrança da Zona Azul nas principais ruas da cidade e as vagas se multiplicaram por todo lado, e chegar no comércio ficou bem mais fácil. O pessoal que vem trabalhar de carro e que usava a vaga o dia todo agora migrou pras ruas laterais. Ou seja, só mudaram de lugar e vão ter que andar um pouco mais pra ir trabalhar. A mania de vir trabalhar de carro permanece a mesma. Em cada carro uma pessoa. Não nos corrigimos nunca.
  • Dia 19, na cidade de Orlando, Flórida (EUA), foram divulgados os vencedores do Prêmio Maurício de Sousa, em evento organizado pela Adibra - Associação de Empresas de Parques de Diversão do Brasil, em parceira com o Sindepat. O objetivo da premiação é incentivar e reconhecer o desenvolvimento e implantação dos principais players de divertimento com conteúdo e visual de qualidade em parques e centros de entretenimento. Parques e atrações turísticas nacionais concorreram nas categorias Criatividade, Inovação, Design e Projeto Inédito. O Parque Unipraias, em Balneário Camboriú, concorreu com a Fantástica Floresta, uma atração lúdica e interativa, onde é possível percorrer a pé por uma trilha encantada, com vilarejo dos duendes, árvores animadas, playground temático e, ao final, embarcar em um Trem Suspenso, para um passeio encantador, com vista singular do alto do morro da Aguada e percurso em meio a Mata Atlântica. "É uma grande satisfação ter recebido esse importante reconhecimento", comemora Patrícia Tedesco, Conselheira Executiva do Parque Unipraias. Sermos vencedores na Categoria Criatividade, um dos destaques da premiação, confirma nossa posição como um dos principais Parques de Entretenimento nacional, além de reforçar nosso compromisso constante em oferecer atrações inéditas, com qualidade e excelência aos visitantes", conclui Patrícia.
  •  
  • Pra encerrar a coluna uma frase do filósofo e escritor Leandro Karnal.  "Tudo é importante em seu momento, tudo desaparecerá ao seu tempo. Vá fundo e melhore bastante para que todos os erros sejam, ao menos, inéditos”. Genial! 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE.  FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 21/11/2019 às 12h26 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

EXPECTATIVAS

Outro dia escrevi aqui que a vitória de Fernando e Cristina Kirchner na Argentina poderia ser muito ruim para nós. Agora que a vitória deles se consolidou e o grupo de Macri deixa o governo com índices bem abaixo do esperado, é hora de rever posições. Senão vejamos. Foi a partir da eleição de Macri e com sua obstinação em por em dia as finanças da Argentina que nós brasileiros e, em especial nós de Santa Catarina, deixamos de receber a massa de Argentinos que antes vinha em peso para cá. Traduzindo, para nós nos tempos de Cristina e seu governo desorganizado nas finanças, que jogava tudo para debaixo do tapete, que nós catarinenses faturávamos com a Argentina. Então, o melhor que temos a fazer é torcer para que de novo os gringos voltem a nos visitar. Quanto as finanças, aí já é um problema deles.


BR 101

Soube que o amigo do peito do presidente Bolsonaro e seu maior defensor nas redes sociais Luciano Hang, o big boss do grupo Havan, teria feito entre outros pedidos para Santa Catarina a terceira pista ligando nosso estado ao Paraná. Seria uma espécie de terceira pista usando as marginais.O objetivo é trazer de volta os paranaenses e paulistas para o litoral catarinense. Esses turistas são conhecidos por abrir mais a carteira do que os gaúchos que atualmente lideram a vinda pro nosso litoral. Resta saber se é verdade.


Belén, campeã de mountain bike

A ciclista Maria Belém Pignolo Luz sagrou-se campeã geral na categoria Mountain Bike do 12º Desafio da Serra do Rio Do Rastro. A largada foi em Lauro Muller e a chegada no mirante do topo da serra. Belém deixou prá trás outras 162 participantes, e escalou a serra em 1h22m. Tá nascendo uma nova superatleta treinada na Academia CPH, juntamente com o maridão Carlinhos Luz e o filho Lipe. Parabéns.


VITRINE

  • Não tem como deixar de lado a situação dos mendigos ou moradores de rua em nossa cidade. Sábado à tarde em frente a saída do calçadão tinha uns 15 estatelados na areia, bebendo cachaça e consumindo drogas em meio aos turistas da Oktober. O leitor que me relatou essa passagem completou dizendo que um carinha de Bike com uma pochete atravessada no peito, passou rapidinho e entregou drogas pra um deles. Chama o síndico.
  • Radares estão voltando as nossas ruas e com eles a chiadeira de sempre dos motoristas que não gostam de cumprir as leis de trânsito. Só pode ser isso, senão basta andar dentro da velocidade permitida no local que não dá problema. Dessa vez as motos que são quem mais avacalham com o trânsito também serão fiscalizadas pelos radares. Evidente que cabe ao município sinalizar e orientar para que não vire caça niqueis. Apoiado.
  • O presidente Jair Bolsonaro vive as turras com a imprensa brasileira especialmente com a Rede Globo, Época e Folha de São Paulo, travam desde a campanha uma relação de ódio que ultrapassa os limites do ponderável. A família Bolsonaro, diga-se de passagem, ajuda bastante alimentando a imprensa com as besteiras que colocam no Twitter todo dia. Perde o Brasil e as população carente que sonha em ver um governo que traga de volta a prosperidade, por meio de emprego e renda. Só isso, nada mais.
  • Vice-Prefeito Carlos Humberto tá sempre atento aos acontecimentos na cidade e acompanha diariamente as obras que a prefeitura está realizando. Ultimamente acompanha a operação tapete negro e a ampliação da Quarta avenida. Tá sempre com a cara na vitrine.
  • Segui até a Praia Brava pra acompanhar a abertura do novo mercado de Angelina no Brava Mall, e ao sair fiquei desolado com a falta de cuidado com a segunda principal via daquela charmosa praia. A Avenida Delfin Peixoto é muito mal cuidada, tá cheia de depressões, não tem calçadas e parece que sempre está suja. Na rótula que da acesso a estrada da Rainha o asfalto está em péssimo estado. De quem é a responsabilidade por aquele treco? Com a palavra as autoridades.
  • Meu filho Gustavo atualmente mora em São Paulo onde foi trabalhar na empresa de que é sócio a CoBlue Software. Lá até o presente momento pela graça de Deus tudo tranquilo. De passagem por aqui resolveu ir trabalhar de bicicleta na filial da empresa na Quarta Avenida ao lado da Emasa. Quando saiu do trabalho a bike que estava no cadeado na rua (juntamente com outras) tinha sido furtada. Noutro dia, saiu com a bicicleta da mãe e furtaram o paralamas. Tá começando achar que Sampa tá mais segura.
  • Meu particular amigo e mentor Bola Teixeira me presenteou com o livro que narra a história da família Fischer. Tô ansioso pra ler. 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE.  FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 31/10/2019 às 16h57 | jonasramos3011@hotmail.com



1 2 3 4 5 6 7

Jonas Ramos Júnior

Assina a coluna J. Júnior

Advogado pós graduado em direito ambiental, reside em BC desde dez/1981. Escreve no JP3 desde 1992, porque tem interesse na cidade e no seu desenvolvimento.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
J. Júnior
Por Jonas Ramos Júnior

Mala Direta

FRONTEIRAS

O impossível aconteceu, as tão sonhadas barreiras de entrada e saída da cidade, que em tese, deveriam nos proteger da bandidagem, agora são uma realidade e nos protegem de um inimigo poderoso e invisível. O Covid 19 o mais temido vírus da atualidade assombra a ricos e pobres como a mesma intensidade. Trancou 1/3 do planeta em casa e nos obrigou a conviver diuturnamente com nossas famílias e em condições de cárcere privado. Pior, nos obrigou a andarmos com uma certa distância uns dos outros mesmo nos encontros casuais. Sair de casa sem um motivo aparente é motivo de xingamentos pela família e pelos vizinhos. Enfim, descobrimos o quão pequenos somos diante de um inimigo que sequer conseguimos enxergar. Caímos na real.


DESACELERAÇÃO

Se a economia já não vinha andando firme nas suas pernas, com a chegada da Covid 19 a coisa vai ficar mais feia ainda. Estamos entrando na segunda semana de lockout e se os números da proliferação da contaminação não diminuirem a tendência é seguirmos com tudo fechado. A ideia de uma paralização vertical ao invés da horizontal ganha força no seio das empresas e dos empregados receosos com a quebradeira generalizada e o fim de milhares de empregos. É o dilema entre morrer por conta do vírus ou de fome. Pra quem tem reservas ou salário garantido o pensamento é de paralização horizontal, mas quem depende de ganhar um dinheiro ao meio dia pra jantar à noite o pensamento é o da verticalização. Com a palavra as autoridades científicas e de saúde.


VITRINE

 

  • O planeta anda respirando mais aliviado com a paradeira no mundo todo e a consequente diminuição na emissão dos mais variados tipos de poluentes. Há muitos anos o planeta terra não dava uma paradinha de forma global. Nem em tempos de guerra. Pra alguma coisa vai servir a corona vírus.
  • Já o ser humano anda longe de ser referência em solidariedade haja vista com o que ocorreu nos supermercados e afins nos últimos dias. Foi um tal de salve-se quem puder. Num mercado local o comentário era de que teve consumidor que comprou quase mil reais de papel higiênico. Ou seja, daqui a pouco vai se dar conta que vai ter que cagar dezenas de vezes ao dia pra usar o exagero que adquiriu. Álcool em gel alguns tem estoque pra anos. Até a cloroquina que é usada em casos específicos foi comprada sem critério algum. O ser humano é incorrigível.
  • Tem uma geração que tem menos de 50 anos de idade que não tinha noção nenhuma do que é uma carestia geral. Não viram guerras, epidemias tipo gripe espanhola, tifo etc. Sequer conhecem a palavra inflação no seu termo mais preciso, aquele em que de manhã se paga um valor e à tarde outro. Não viram a Zélia Cardoso de Melo confiscar o dinheiro de milhões de brasileiros. Estão aprendendo que a vida tem suas mazelas, e que somente a busca pelo sucesso e o dinheiro muitas vezes tem pouca ou nenhuma eficácia em momentos como esse.Ter muito dinheiro agora só garante a subsistência, nada mais.
  • A propagação de notícias falsas nos meios sociais é alarmante e tem pessoas que se deliciam em passar pra frente notícias que sequer tem conhecimento da sua origem e veracidade. As  chamadas Fake News são junto com a Covid 19, a praga atual. Faça a sua parte, confira antes de enviar.
  • Os presidentes do Senado e da Câmara Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia sequer tocaram na palavra fundão eleitoral, essa excrecência de bilhões de reais pra financiar as campanhas e a mordomia dos partidos e seus dirigentes. Se fossem homens públicos de verdade proporiam aos líderes partidários a transferência desse dinheiro pra ajudar na crise da Covid 19, Ou ajudar no pagamento do Corona Voucher. Só pensam em dividendos políticos e ampliação da desgraça política.

ESSE ANO FAÇA CERTO. FAÇA A SUA PARTE. DIGA NÃO AS FAKE NEWS.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 26/03/2020 às 13h47 | jonasramos3011@hotmail.com

Mala Direta

BESTEIROL

Aos poucos as pessoas estão se dando conta que o governo do presidente Bolsonaro tem avanços, e que aos poucos a economia e seus reflexos começam a dar resultados. O problema reside no besteirol que o presidente e seus principais assessores disparam todo dia por meio das redes sociais, eventos públicos ou na fatídica paradinha na saída do palácio do Planalto. Até aqueles que idolatram o presidente e sua forma de governar já estão ficando cansados de tanta bobagem que sai da boca dessa gente. Até o ministro Paulo Guedes se meteu em confusão ao usar como exemplo de câmbio irreal a ida das domésticas com suas famílias a Disney. Felizmente nesse caso, recuou e pediu desculpas dizendo que sua avó paterna era doméstica. Tem que pôr um freio de arrumação nessa gente. 


CARNAVAL

A cidade começa a entrar no clima das festas de carnaval e o Rei Momo e suas princesas devem dar o ar da graça nas principais ruas da cidade nos próximos dias. A cidade como um todo se ressente desses dias de carnaval para atrair o máximo de pessoas que puder para cá, como forma de arrecadar o que puder, visando dar um pouco mais de folego para enfrentar a baixa temporada. Os feriados daqui pra frente são nossa única esperança. Que saudades daquelas senhoras da terceira idade da Argentina que lotavam a hotelaria pelo menos até o mês de maio. Bons tempos.  


VITRINE


  • Seria prudente que o setor de trânsito da PMBC olhasse com carinho a possibilidade de colocação de sinaleiras para pedestres na esquina da rua 1500 com Brasil e 2500 com Brasil. A briga nesses locais com os pedestres é constante. Mãos à obra.

  • Outro dia presenciei a passagem da tradicional Banda Mexe Mexe com o mestre Zeca na boleia de um imponente caminhão, e não pude deixar de perceber a alegria que contagia as pessoas no momento em que eles passam. Até um cara de muleta dava seus pulinhos. É disparado o que tem de melhor no nosso carnaval. Sem demérito a todos que se esforçam pra trazer alegria pras nossas ruas e avenidas.

  • Tribunal de Contas do Estado deu uma ducha de água fria no alargamento da faixa de areia. Em tempo, não é uma obra qualquer e deve ser tratado com olhos de lupa pelo poder público, órgãos de fiscalização e a população, que afinal é a maior interessada. É importante, mas não a toque de caixa.

ESSE ANO FAÇA CERTO. RESPEITE AS MULHERES. NÃO É NÃO. FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 20/02/2020 às 16h00 | jonasramos3011@hotmail.com

Mala Direta - Balneário Camboriú

START

Outro dia parei no Posto do Neco na Terceira Avenida para um cafezinho e fui abordado por um amigo que havia tempo não encontrava, queria saber o que eu estava achando da política local e do desempenho do atual prefeito. Respondi que ainda falta bastante tempo pra eleições e que a meu ver a cidade aparentemente tá bem cuidada, limpa, salários do funcionalismo em dia e, como não sou usuário da saúde pública, pouco podia opinar. Enfim, emiti a minha opinião. A seguir ele me disse que achava que a cidade tava uma porcaria, que a saúde é um fracasso etc e etc. Resumindo, a campanha já está nas ruas. Único fato a lamentar, os nomes em destaque são sempre os mesmos. Com a palavra o povo, que de bobo não tem nada.


LOS HERMANOS

Hoteleiro das antigas me disse essa semana que com o início das aulas previsto para começo de fevereiro, a temporada vai ser muito fraca. Não temos no Brasil e nos países vizinhos ninguém que consiga superar os argentinos em deslocamento pro nosso litoral. Vão fazer muita falta nas receitas de temporada, o que consequentemente irá impactar no restante do ano. A esperança são os feriados que nesse ano serão bem generosos. Deus lhe ouça.


ANIVERSARIANTE

Sara Cezar Kerber (centro) curtindo seus 14 aninhos comemorados segunda-feira (27). Na foto, com as amigas Natasha (E) e Bela (D). (Foto Carol Cezar)


VITRINE

  • Cidadão chega numa repartição pública e aguarda pacientemente sua vez de ser atendido, até que chega aquele amigo do amigo que trabalha ali e entra descaradamente na sua frente com a famosa frase, é só uma perguntinha rápida. Aí demora e sai pedindo desculpas de fininho. Isso se chama falta de educação.
  • O Plano Diretor das praias agrestes está em pleno vapor e rendendo muita discussão. Acredito ser de suma importância que se discuta muito, porque depois de aprovado vai gerar uma corrida por projetos em razão da valorização daquele eldorado. Quem sabe nasce ali uma nova Jurerê Internacional, com prédios baixos de alto valor agregado.
  • Prefeitura vai iniciar em bom tempo uma campanha nas praias agrestes pra conscientizar a população que a areia da praia não é lugar de cachorro. É ruim pra ele e pras pessoas que ali frequentam. Aqui na praia central muita gente insiste em levá-los, apesar da sinalização proibindo. Também amo os cachorros, mas se não pode, não pode.
  • Entrei no grupo dos que foram infectados pela virose e pra finalizar ainda fechei a semana com uma gripe de verão. Saúde é tudo de bom. Xô coisa ruim.
  • Pra não dizer que não meti o dedo na ferida da fritura do ministro Sérgio Moro, aí vai o meu pitaco. Moro inicia o próximo ano no STF. O que será bom pro Brasil e especialmente pra ele. O meio político deve estar deixando o nosso bastião da moralidade em pânico. Apesar de sua aparente tranquilidade. 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE. FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 30/01/2020 às 21h49 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

PASSAMOS NO TESTE

A virada do ano é sempre problemática e ao mesmo tempo financeiramente compensadora. Milhares de pessoas se dirigem prá cá em busca das belezas, atrações turísticas, gastronomia, entretenimento e enfim, se refestelar nas areias escaldantes de BC Beach e tomar um bom banho de mar. Assim tem sido nas últimas décadas, e assim espera-se que continue por outras tantas. Luz, água, telefonia, recolhimento de lixo e balneabilidade passaram no teste. Em alguns casos com louvor, como no caso da balneabilidade tão sonhada. Pontos pra todos que de uma forma ou outra se engajaram pra que tudo desse certo. Ganhamos todos nós. Feliz 2020!

GRINGOS

Como já vem acontecendo nas últimas temporadas a vinda dos argentinos será cada vez mais restrita ao litoral brasileiro. Nós, Bombinhas e Floripa especialmente vamos sentir mais a falta deles, já que além dos meses de janeiro e fevereiro eles costumam vir pra cá até maio. O novo governo apertou ainda mais a compra de dólares, o que para os argentinos é crucial para sair de férias, já que sua moeda tá mais pra baixo que barriga de cobra. Quem puder e tiver juízo deve continuar apostando em promoções para atrair os turistas brasileiros.

VITRINE

  • A queda de braço entre pedestres e motoristas persiste até nas esquinas onde tem sinaleira tanto pra carro quanto pra pedestres. Alguns não se dão conta que com o sinal aberto a preferência é para os carros obviamente. E o pau canta toda hora. Trânsito é uma questão de educação.
  • Terça-feira desabou um aguaceiro sobre a cidade no início da tarde e quem pode se escondeu embaixo de marquises, árvores etc. Eu fui um desses. Enquanto o céu desabava um cidadão deitou-se na entrada da pizzaria Heróis da Pizza e tirou um belo de um cochilo direto no piso de cimento. Fiquei com vergonha das dores que às vezes sinto no pescoço após acordar numa boa cama.
  • Depois de 20 anos minha irmã colocou os pés no Brasil e especialmente em Balneário Camboriú, onde residiu antes de ir pras terras do Tio San. Saiu daqui maravilhada com tudo que viu e curtiu. Resumiu sua estadia dizendo que reclamamos demais e queremos uma cidade perfeita. Disse que isso aqui é o paraíso. Seu filho, que também esteve aqui com a família, saiu falando o mesmo. Concordo com eles, moramos numa baita de uma cidade.
  • Fim de ano passamos em Morrinhos na residência do Sidemir e da Gema, da Contabilidade Gêmeos. Lugar lindo, paradisíaco, tranquilo. Tranquilo até demais, confesso que adorei, mas, senti falta do agito e da loucura da nossa praia. Essa cidade é maravilhosa, mesmo entupida de gente por todos os lados. BC é tudo de bom.
  • Luciano Hang, o big boss da Havan, um dos maiores empresários desse país, caminha sempre que pode pelas areias da praia central. Outro dia foi cercado por admiradores que queriam tirar fotos e abraçá-lo. Alguns gritavam pros amigos que o careca da Havan tava ali. É um case de sucesso e acima de tudo corajoso. Basta ver as faixas que circulam nos céus da cidade com dizeres nada republicanos de Lula da Silva, patrocinados por ele. O povo vai ao delírio.
  • Um problema que não tem solução a curto prazo é a BR-101 e seus eternos engarrafamentos quilométricos. Outro dia um leitor me disse que levou de Curitiba até aqui sete (7) horas. Daí fica difícil. Fazer o quê? Encarar.
  • Pra encerrar: não custa lembrar que os chuveirinhos da praia são pra tirar o excesso de areia dos pés e do corpo. Tem gente tomando banho e até lavando cachorros por ali. Consciência galera!

FELIZ 2020. VIDA LONGA E FELICIDADES A TODOS VOCÊS
ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO À IMPUNIDADE. FAÇA A SUA PARTE. 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 10/01/2020 às 12h01 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

MÃOS À OBRA

Conversa rápida com o prefeito Fabrício Oliveira e pude sentir nele o compromisso de colocar a cidade nos trilhos, e também a sua preocupação com a balneabilidade da nossa praia central, que vem a ser nosso maior cartão de visitas. Falou que as pessoas querem as obras e as melhorias, mas não querem os transtornos oriundos desses trabalhos. Entende que é normal as pessoas reclamarem, mas que os interesses coletivos da cidade estão acima dos interesses pessoais de cada um. Revelou que a ampliação da faixa de areia já é uma realidade e que até o fim do seu governo esta obra deve estar ao menos em andamento ou concluída. Enfim, disse que a cidade hoje está se desenvolvendo com responsabilidade e planejamento. Citou o molhe do pontal norte como importantíssimo para ajudar na balneabilidade daquele espaço, que em breve virará um novo cartão postal com a chegada da Roda Gigante. Tá animado.


PREPARATIVOS

Nossos principais problemas para a temporada são a balneabilidade de todas as nossas praias, fornecimento de água e luz, recolhimento de lixo e limpeza da cidade. Quanto à balneabilidade a olhos nus se percebe as melhorias, o mesmo com relação à Emasa e Celesc. A Ambiental presta um trabalho elogiável tanto no recolhimento e destino final do lixo, como na limpeza da cidade. Então, que venham os turistas e que a cidade e todos os comerciantes possam respirar aliviados.


ANIVERSÁRIO

Nanda, Tati, Vitinho, Jonas e Nicolas. Tana Mara, Taisne, Lucas e Léo, Ivete e Manuela

Ivete Loureiro, minha querida sogra, reuniu a família no resort Plaza Caldas da Imperatriz para comemorar idade nova. Foram três dias de muita união, alegrias e diversão. Ao final a família toda saiu fortalecida nos seus laços afetivos e o espirito era de estarmos todos juntos no próximo ano. Se Deus quiser. Felicidades e vida longa a D. Ivete.


BODAS DOURADAS

Foto: Arquivo Pessoal

Rosa e Carlos Haacke Junior estão comemorando Bodas de Ouro, no próximo dia 29. No domingo (16) o casal, junto de familiares, recebeu a benção do Pastor Valdim Utech, na igreja luterana Martin Luther. Carlos é o atual presidente da comunidade luterana. Esta semana, os 'nubentes' viajaram para Buenos Aires, para comemorar a união de 50 anos. Parabéns!


VITRINE 

  • Se você tem dores nos joelhos, lombar ou no quadril procure o Instituto Trata, que é especializado no tratamento de problemas nessa área com um método considerado o mais eficaz atualmente. Os fisioterapeutas do instituto estão aptos a tratar pessoas com sedentarismo, da terceira idade, atletas de alto nível e atletas de fim de semana.   Agende uma avaliação pelo fone 2122-3008 e 99903-2498. Vale conferir.
  • Comerciante tradicional da área gastronômica da praia me relatou que os turistas do feriadão só buscavam por promoções. Disse que precisamos melhorar o nível econômico dos nossos visitantes. A pergunta é? Como fazer isso com os vizinhos do Mercosul em chamas ou quebrados e com o nosso país saindo lentamente de uma recessão que vai ficar na história. Sugestão: vamos nos adequar a esse tipo de turista, sob pena de perecermos.
  • Tão logo iniciou a cobrança da Zona Azul nas principais ruas da cidade e as vagas se multiplicaram por todo lado, e chegar no comércio ficou bem mais fácil. O pessoal que vem trabalhar de carro e que usava a vaga o dia todo agora migrou pras ruas laterais. Ou seja, só mudaram de lugar e vão ter que andar um pouco mais pra ir trabalhar. A mania de vir trabalhar de carro permanece a mesma. Em cada carro uma pessoa. Não nos corrigimos nunca.
  • Dia 19, na cidade de Orlando, Flórida (EUA), foram divulgados os vencedores do Prêmio Maurício de Sousa, em evento organizado pela Adibra - Associação de Empresas de Parques de Diversão do Brasil, em parceira com o Sindepat. O objetivo da premiação é incentivar e reconhecer o desenvolvimento e implantação dos principais players de divertimento com conteúdo e visual de qualidade em parques e centros de entretenimento. Parques e atrações turísticas nacionais concorreram nas categorias Criatividade, Inovação, Design e Projeto Inédito. O Parque Unipraias, em Balneário Camboriú, concorreu com a Fantástica Floresta, uma atração lúdica e interativa, onde é possível percorrer a pé por uma trilha encantada, com vilarejo dos duendes, árvores animadas, playground temático e, ao final, embarcar em um Trem Suspenso, para um passeio encantador, com vista singular do alto do morro da Aguada e percurso em meio a Mata Atlântica. "É uma grande satisfação ter recebido esse importante reconhecimento", comemora Patrícia Tedesco, Conselheira Executiva do Parque Unipraias. Sermos vencedores na Categoria Criatividade, um dos destaques da premiação, confirma nossa posição como um dos principais Parques de Entretenimento nacional, além de reforçar nosso compromisso constante em oferecer atrações inéditas, com qualidade e excelência aos visitantes", conclui Patrícia.
  •  
  • Pra encerrar a coluna uma frase do filósofo e escritor Leandro Karnal.  "Tudo é importante em seu momento, tudo desaparecerá ao seu tempo. Vá fundo e melhore bastante para que todos os erros sejam, ao menos, inéditos”. Genial! 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE.  FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 21/11/2019 às 12h26 | jonasramos3011@hotmail.com

MALA DIRETA

EXPECTATIVAS

Outro dia escrevi aqui que a vitória de Fernando e Cristina Kirchner na Argentina poderia ser muito ruim para nós. Agora que a vitória deles se consolidou e o grupo de Macri deixa o governo com índices bem abaixo do esperado, é hora de rever posições. Senão vejamos. Foi a partir da eleição de Macri e com sua obstinação em por em dia as finanças da Argentina que nós brasileiros e, em especial nós de Santa Catarina, deixamos de receber a massa de Argentinos que antes vinha em peso para cá. Traduzindo, para nós nos tempos de Cristina e seu governo desorganizado nas finanças, que jogava tudo para debaixo do tapete, que nós catarinenses faturávamos com a Argentina. Então, o melhor que temos a fazer é torcer para que de novo os gringos voltem a nos visitar. Quanto as finanças, aí já é um problema deles.


BR 101

Soube que o amigo do peito do presidente Bolsonaro e seu maior defensor nas redes sociais Luciano Hang, o big boss do grupo Havan, teria feito entre outros pedidos para Santa Catarina a terceira pista ligando nosso estado ao Paraná. Seria uma espécie de terceira pista usando as marginais.O objetivo é trazer de volta os paranaenses e paulistas para o litoral catarinense. Esses turistas são conhecidos por abrir mais a carteira do que os gaúchos que atualmente lideram a vinda pro nosso litoral. Resta saber se é verdade.


Belén, campeã de mountain bike

A ciclista Maria Belém Pignolo Luz sagrou-se campeã geral na categoria Mountain Bike do 12º Desafio da Serra do Rio Do Rastro. A largada foi em Lauro Muller e a chegada no mirante do topo da serra. Belém deixou prá trás outras 162 participantes, e escalou a serra em 1h22m. Tá nascendo uma nova superatleta treinada na Academia CPH, juntamente com o maridão Carlinhos Luz e o filho Lipe. Parabéns.


VITRINE

  • Não tem como deixar de lado a situação dos mendigos ou moradores de rua em nossa cidade. Sábado à tarde em frente a saída do calçadão tinha uns 15 estatelados na areia, bebendo cachaça e consumindo drogas em meio aos turistas da Oktober. O leitor que me relatou essa passagem completou dizendo que um carinha de Bike com uma pochete atravessada no peito, passou rapidinho e entregou drogas pra um deles. Chama o síndico.
  • Radares estão voltando as nossas ruas e com eles a chiadeira de sempre dos motoristas que não gostam de cumprir as leis de trânsito. Só pode ser isso, senão basta andar dentro da velocidade permitida no local que não dá problema. Dessa vez as motos que são quem mais avacalham com o trânsito também serão fiscalizadas pelos radares. Evidente que cabe ao município sinalizar e orientar para que não vire caça niqueis. Apoiado.
  • O presidente Jair Bolsonaro vive as turras com a imprensa brasileira especialmente com a Rede Globo, Época e Folha de São Paulo, travam desde a campanha uma relação de ódio que ultrapassa os limites do ponderável. A família Bolsonaro, diga-se de passagem, ajuda bastante alimentando a imprensa com as besteiras que colocam no Twitter todo dia. Perde o Brasil e as população carente que sonha em ver um governo que traga de volta a prosperidade, por meio de emprego e renda. Só isso, nada mais.
  • Vice-Prefeito Carlos Humberto tá sempre atento aos acontecimentos na cidade e acompanha diariamente as obras que a prefeitura está realizando. Ultimamente acompanha a operação tapete negro e a ampliação da Quarta avenida. Tá sempre com a cara na vitrine.
  • Segui até a Praia Brava pra acompanhar a abertura do novo mercado de Angelina no Brava Mall, e ao sair fiquei desolado com a falta de cuidado com a segunda principal via daquela charmosa praia. A Avenida Delfin Peixoto é muito mal cuidada, tá cheia de depressões, não tem calçadas e parece que sempre está suja. Na rótula que da acesso a estrada da Rainha o asfalto está em péssimo estado. De quem é a responsabilidade por aquele treco? Com a palavra as autoridades.
  • Meu filho Gustavo atualmente mora em São Paulo onde foi trabalhar na empresa de que é sócio a CoBlue Software. Lá até o presente momento pela graça de Deus tudo tranquilo. De passagem por aqui resolveu ir trabalhar de bicicleta na filial da empresa na Quarta Avenida ao lado da Emasa. Quando saiu do trabalho a bike que estava no cadeado na rua (juntamente com outras) tinha sido furtada. Noutro dia, saiu com a bicicleta da mãe e furtaram o paralamas. Tá começando achar que Sampa tá mais segura.
  • Meu particular amigo e mentor Bola Teixeira me presenteou com o livro que narra a história da família Fischer. Tô ansioso pra ler. 

ESSE ANO FAÇA CERTO. DIGA NÃO A IMPUNIDADE.  FAÇA A SUA PARTE.


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 31/10/2019 às 16h57 | jonasramos3011@hotmail.com



1 2 3 4 5 6 7

Jonas Ramos Júnior

Assina a coluna J. Júnior

Advogado pós graduado em direito ambiental, reside em BC desde dez/1981. Escreve no JP3 desde 1992, porque tem interesse na cidade e no seu desenvolvimento.