Jornal Página 3
Coluna
Economia & Negócios
Por Augusto Cesar Diegoli

Algodão, Saneamento, Confiança na Arbitragem, INSS, Catarinense armado

Algodão

Com aproximadamente 25% da área total já colhida, a produção brasileira de algodão deve bater novo recorde neste ciclo 2019/2020. Segundo a Conab, foram cultivados 1,7 milhão de hectares, 3,1% mais que em 2018/19 e sairão dos campos 2,9 milhões de toneladas de algodão em pluma, um avanço de 4% na mesma ocupação.

Saneamento

Dados do IBGE mostram que 35% dos municípios do país não têm rede de coleta de esgoto. Entre os 61% que dispõem do serviço, quase metade lança de volta o esgoto na natureza sem nenhum tipo de tratamento. No abastecimento de água tratada, 40% do total captado se perde até chegar ao consumidor final.

Confiança na Arbitragem

Com mais de 100 milhões de processos tramitando no Brasil, não é incomum que casos até simples fiquem aguardando julgamento. A situação pode se tornar ainda muito mais grave se o processo envolver questão de alta complexidade técnica. Uma solução que tem sido cada vez mais aplicada, especialmente por empresas, é o instituto da Mediação e Arbitragem. Numa corte arbitral, as partes aceitam se submeter a decisão do árbitro, que não é necessariamente advogado ou juiz, podendo ser um especialista da área onde há a controvérsia. Esse sistema é um método complementar de solução de controvérsias legais, disponível para empresas e cidadãos. Em países do 1º mundo, a Arbitragem é a regra geral, sendo o Judiciário uma exceção pelo seu alto custo.

Recadastramento

O INSS deverá iniciar em agosto uma nova etapa de testes para que aposentados e pensionistas passem a realizar a prova de vida anual sem a necessidade de ir a uma agência bancária. Isso será possível devido à tecnologia de reconhecimento facial, pela qual o beneficiário pode fazer um autorretrato com o celular e submeter a fotografia à verificação de programa de computador. Em agosto do ano passado, o INSS já havia anunciado que testaria a biometria para substituir a prova de vida tradicional. Uma das formas de garantir o reconhecimento dos beneficiários seria a comparação com imagens já cadastradas nos bancos de dados do governo, como no caso de segurados que possuem a versão digital da CNH.

Catarinense armado

Há em Santa Catarina, atualmente, 51,3 mil registros de armas ativas, ou a média de 716,4 para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto a média nacional é de 242. O que surpreende é que SC é o segundo Estado com a população mais armada do país. Só fica atrás do Acre, onde há 759 armas para cada grupo de 100 mil habitantes.

Dívidas fiscais

Em SC há mais de 1,07 milhão de processos de execução fiscal no sistema judiciário, das quais 32% com valor inferior a R$ 1 mil, mais baixo que as próprias custas de tramitação, que chegam a no mínimo R$ 1,6 mil. Para evitar que esses processos sobrecarreguem o fluxo do Judiciário, desde 2018 só se permite o ajuizamento de dívidas superiores a R$ 20 mil. Dado assombroso: se fossem cobradas as 20,400 mil ações fiscais com valores acima de 100 mil (sonegadores em sua grande maioria) as burras do Estado receberiam R$ 16 bilhões.

Clube Filatélico

Dia 21 de julho, o Clube Filatélico Brusquense completou 85 anos de existência. Fundado em 21 de julho de 1935, o clube é o mais antigo de Santa Catarina e reúne colecionadores de selos, moedas e cartões postais. A ideia de reunir esses colecionadores num Clube específico partiu de quatro amigos: Ayres Gevaerd, Érico Krieger, José Boiteux Piazza e Oscar Gustavo Krieger, tendo a primeira reunião se realizado na casa deste último. Para lembrar essa data no âmbito filatélico brusquense e nacional, os Correios lançaram um carimbo comemorativo, que ficará na agência local dos Correios durante 30 dias, período em que será utilizado em todas as correspondências expedidas em Brusque.

Auxílio cortado

Cerca de 3 milhões de pessoas tiveram o auxílio emergencial cancelado por possível invasão. De acordo com a Caixa, quem teve a conta digital (pela qual recebe o benefício) bloqueada deverá ir até a agência para comprovar a identidade. O banco alega que o processo de liberação será rápido. Centenas de milhares de contas foram suspensas. A grande maioria foi utilizada por hackers. A Polícia Federal investiga as irregularidades cometidas.

Trigo russo

Mais de seis meses depois de o Brasil criar uma cota de 750 mil toneladas para importação de trigo de países de fora do Mercosul, sem tarifa, a Rússia, maior exportador mundial do cereal, embarcou 70 mil toneladas para a M. Dias Branco neste mês. Em toda a safra 2019/2020, encerrada em 30 de junho, as vendas russas somam 90 mil toneladas, boa parte sem a isenção.

Atrasados do INSS

O Conselho da Justiça Federal (CJF) comunicou a liberação de R$ 1,8 bilhão para o pagamento de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) autuadas em junho. Do valor total disponibilizado, R$ 1,3 bilhão correspondem a valores previdenciários e assistenciais, cuja maioria dos credores é composta por segurados do INSS que ganharam ações judiciais de concessão ou de revisão de benefícios, como aposentadorias e pensões. Ao todo, 199 mil beneficiários foram incluídos neste lote de RPVs, sendo 103,5 mil segurados do INSS.

Reforma dos impostos

O ministro da Economia apresentou ao Congresso a primeira fase da proposta de reforma tributária do governo, restrita à unificação de PIS e Cofins. Embora estabeleça alíquota geral de 12%, a proposta traz cobrança menor para instituições financeiras, preserva parte dos regimes diferenciados existentes hoje e mantém isenções de itens da cesta básica. Esta será a primeira de quatro etapas da reforma preparada pelo governo. Entidades financeiras, incluindo bancos, planos de saúde e seguradoras, poderão manter a forma de apuração antiga com alíquota de 5,8%. O Simples Nacional será mantido integralmente.

Seguro-desemprego (1)

O governo está liberando o seguro-desemprego para que seja depositado em contas de outros bancos. Antes, o benefício era depositado em conta-poupança ou simplificada para correntistas da Caixa, pelo Cartão do Cidadão ou presencialmente. Essas opções seguem disponíveis. Ao fazer a solicitação, deve-se indicar em qual conta quer receber, desde que seja da mesma titularidade.

Reforma da previdência

SC continua atrasando a reforma da sua previdência estadual. Todo mês, o contribuinte catarinense banca cerca de R$ 400 milhões, porque o que o Estado arrecada dos servidores ativos não é suficiente para pagar inativos e pensionistas. Dinheiro que deixa de ir para outras prioridades. Dezoito Estados já fizeram a sua reforma.

Escalada do desemprego

A taxa de desemprego subiu para 12,4% em junho. Segundo o IBGE, a situação deve piorar ainda mais nos próximos meses, apesar da retomada discreta da economia, que não vai compensar o contingente excluído. Além disso, mais pessoas que estavam em isolamento devem voltar ao mercado à procura de vagas.

Justiça britânica

A Justiça britânica começou a decidir se a BPH pode ser processada no Reino Unido pelo rompimento da barragem do Fundão, em Mariana (MG). A ação movida por um escritório de advocacia internacional, reúne 200 mil pessoas e 22 municípios. Ao buscar a jurisdição britânica, o objetivo é acelerar uma decisão e as indenizações.

Construção sólida

A indústria e o varejo de materiais de construção devem conseguir, neste ano, faturamento muito próximo ao registrado em 2019, segundo a Votorantim Cimentos, Gerdau e Tigre.

Alta na gasolina

O aumento no preço da gasolina, após alguns meses de quedas pressionadas pela pandemia, fez com que a prévia da inflação de julho ficasse em 0,30%, segundo o IBGE. A gasolina subiu 4,47%, puxando o aumento nos transportes para 1,11% e exercendo o principal impacto no IPCA-15. Em junho, o índice ficou em 0,02%. Outros combustíveis também subiram: etanol (+4,92%), óleo diesel (+2,50%) e gás veicular (+0,01%). De nove grupos pesquisados, cinco tiveram aumento, com destaque para habitação (+0,5%) e artigos de residência (+0,68%).

Regras do consignado

O INSS vai adotar novas regras para o crédito consignado de aposentados e pensionistas. Uma delas é a redução do período de bloqueio para o endividamento de novos aposentados, de 90 dias para 30 dias. Além disso, o órgão criou uma carência de até 90 dias para o pagamento da primeira parcela. Os segurados também terão um limite maior para dívidas que são pagas por meio do cartão de crédito. As alterações são válidas até o final do ano, durante o estado de calamidade pública por causa da pandemia do corona.

Olhar para o futuro

Líderes populistas apenas levantam questões ligadas a temas como nacionalismo ou imigração, mas não trazem respostas para problemas reais. A solução para países como o Brasil é conhecida: eliminar a corrupção, criar um Estado de Direito, regras estáveis para as empresas e investimento maciço em educação, mas difícil de colocar em práticas.

Chevron

A Chevron fechou acordo para comprar a Noble Energy por US$ 13 bilhões, inteiramente em ações, incluídas dívidas. É o primeiro grande negócio na indústria mundial do petróleo desde que as tensões geopolíticas e a pandemia do Covid-19 desencadearam o colapso dos preços da commodity.

Benefícios federais

As medidas do governo para segurar a queda na renda durante a pandemia devem atenuar a contração no consumo das famílias, que ainda assim irá alcançar patamares recordes neste ano, superiores a 7%. Sem o pagamento de auxílio a trabalhadores formais e informais, além da liberação do saque emergencial do FGTS, essa queda poderia chegar a quase 10%. O alcance dos programas tem contribuído para melhorar as expectativas para a economia neste ano.

Nubank

O Nubank fechou acordo para comprar a empresa americana Cognitect, referência no mercado de engenharia de software, responsável pela criação de dois sistemas de tecnologia amplamente usados por engenheiros de programação: Clojure e Datomic. Fundado há 7 anos no Brasil, o banco digital atua também na Alemanha, México e Argentina.

Proibição ao corte

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter até o fim de 2020 a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores classificados como baixa renda. A medida vale enquanto durar o estado de emergência da pandemia de Covid-19. No entanto, volta a ser permitida, a partir de 1º de agosto, a possibilidade de corte de energia para consumidores residenciais e as relacionadas ao fornecimento de energia aos serviços e atividades consideradas essenciais, desde que os consumidores sejam reavisados.

Serviços

Em reunião com o ministro da Economia, empresários do ramo de serviços contestaram a ideia do governo de criar um imposto com alíquota de 12% sem que haja compensação, como desonerar encargos sobre a contratação de funcionários. Representantes do setor alegam que, sem a redução de encargos, o tributo elevaria a carga tributária. Integrantes do ministério dizem que a reforma não visa elevar a carga, e sim simplificar.

Protegendo aposentadoria

Bloquear empréstimos consignados, não informar dados pessoais pelo telefone, evitar emprestar o nome a parentes e amigos e acompanhar o extrato do benefício são algumas das recomendações para não colocar a grana em risco. A aposentadoria virou alvo ao servir de garantia para bancos e financeiras na contratação, principalmente, de empréstimos.

Auxílio-doença na Justiça

O trabalhador que não consegue receber o auxílio-doença administrativamente e recorre à Justiça pode garantir atrasados maiores, assegurar o pagamento do benefício integral e fugir da fila do INSS. Com as agências fechadas, o INSS está pagando auxílios no valor de R$ 1.045. Quem tiver direito a um benefício maior só receberá a diferença quando as perícias voltarem. Para quem tem ação judicial, os atrasados devem contar desde o dia em que o trabalhador agendou a perícia no INSS.

Auxílio vital

Os dados mais recentes indicam que o pior momento para a atividade econômica já ficou para trás. Depois do tombo recorde entre março e abril, resultante das medidas sanitárias de combate à pandemia, já se observou uma recuperação que parece continuar na entrada deste terceiro trimestre. O consumo das famílias, a produção da indústria e o movimento nas cidades mostram melhora suficiente para pelo menos afastar as previsões mais pessimistas para os resultados do ano. No auge da crise, houve quem falasse em encolhimento da economia de até 10%. Agora, já se dá como mais provável um número mais próximo dos 5%, que ainda é uma tragédia, aliás.

Índices desiguais

Primeiros dados antecedentes conhecidos para julho, os índices de confiança reforçam a percepção de que a retomada continuou no início do terceiro trimestre, mas de forma desigual e insuficiente para recuperar níveis pré-pandemia. A indústria saiu na frente. No comércio, 60% da queda foram compensadas.

Trabalho por projeto

Flexibilidade de horário, autonomia, equilíbrio entre o trabalho e vida pessoal, aprendizado e possibilidade de crescimento entre as motivações para profissionais qualificados que constroem uma carteira como freelancer. Embora 40% escolham a opção de trabalhar por projetos porque perderam o emprego, esta não é a motivação exclusiva, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Exportação agrícola

Não é só o Brasil, na América Latina, que está conseguindo ampliar suas exportações agrícolas em tempos de pandemia. Costa Rica, Argentina, Bolívia e Guatemala fazem parte do grupo de países da região que tem conseguido bons resultados nessa frente. Peru e Uruguai estão enfrentando problemas.

Pró-negócio Web

A mudança causada pela pandemia da Covid-19 em todo o planeta foi encarada pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) com muita seriedade. Com os eventos cancelados em todo o Estado de SC, inclusive a 53ª Pró-negócio, que seria realizada no mês de maio em Brusque, a entidade estudou caminhos e formas de possibilitar as negociações entre clientes e fabricantes do segmento de confecção, através da Pró-negócio Web. O evento realizado de 13 a 17 de julho, entra para a história da entidade brusquense e das próprias rodadas de negócios, realizadas no município desde 1997. Participaram desta edição inédita e totalmente online do evento, 150 empresas fabricantes de SC, que apresentaram a coleção Verão 2021. Quanto aos clientes, foram cerca de 600 compradores de empresas de todo o país, que prestigiaram a Pró-negócio Web e tiveram a oportunidade de realizar negócios.

Seguro-desemprego (2)

O aumento nos pedidos de seguro-desemprego está fazendo o ministro da Economia estudar como obter mais recursos para o benefício. Depois de pedir crédito a agências internacionais, ele planeja usar uma folga criada no cálculo do teto de gastos. O impacto da crise no mercado de trabalho já levou 3,9 milhões de pessoas a pedirem seguro-desemprego no primeiro semestre, o que representa alta de 14,8% ante igual período de 2019.

Unificação de tributos

Embora demonstrem apoio à proposta do governo de unificar impostos como PIS e Cofins, o presidente da Câmara dos Deputados e líderes partidários defendem que o Congresso siga com o debate em torno de uma proposta mais ampla. Líderes ressaltam que a primeira fase da reforma do governo, representa só uma parte das matérias discutidas pelos parlamentares. 

Escrito por Augusto Cesar Diegoli, 31/07/2020 às 14h11 | acdiegoli@gmail.com



Augusto Cesar Diegoli

Assina a coluna Economia & Negócios

Contabilista aposentado, graduado em Direito pela Univali (ex-Fepevi), pós graduado em Direito tributário e Finanças Empresariais pela Furb, árbitro/mediador e diretor da Câmara de Mediação e Arbitragrem de Brusque e diretor da Facema - Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
Economia & Negócios
Por Augusto Cesar Diegoli

Algodão, Saneamento, Confiança na Arbitragem, INSS, Catarinense armado

Algodão

Com aproximadamente 25% da área total já colhida, a produção brasileira de algodão deve bater novo recorde neste ciclo 2019/2020. Segundo a Conab, foram cultivados 1,7 milhão de hectares, 3,1% mais que em 2018/19 e sairão dos campos 2,9 milhões de toneladas de algodão em pluma, um avanço de 4% na mesma ocupação.

Saneamento

Dados do IBGE mostram que 35% dos municípios do país não têm rede de coleta de esgoto. Entre os 61% que dispõem do serviço, quase metade lança de volta o esgoto na natureza sem nenhum tipo de tratamento. No abastecimento de água tratada, 40% do total captado se perde até chegar ao consumidor final.

Confiança na Arbitragem

Com mais de 100 milhões de processos tramitando no Brasil, não é incomum que casos até simples fiquem aguardando julgamento. A situação pode se tornar ainda muito mais grave se o processo envolver questão de alta complexidade técnica. Uma solução que tem sido cada vez mais aplicada, especialmente por empresas, é o instituto da Mediação e Arbitragem. Numa corte arbitral, as partes aceitam se submeter a decisão do árbitro, que não é necessariamente advogado ou juiz, podendo ser um especialista da área onde há a controvérsia. Esse sistema é um método complementar de solução de controvérsias legais, disponível para empresas e cidadãos. Em países do 1º mundo, a Arbitragem é a regra geral, sendo o Judiciário uma exceção pelo seu alto custo.

Recadastramento

O INSS deverá iniciar em agosto uma nova etapa de testes para que aposentados e pensionistas passem a realizar a prova de vida anual sem a necessidade de ir a uma agência bancária. Isso será possível devido à tecnologia de reconhecimento facial, pela qual o beneficiário pode fazer um autorretrato com o celular e submeter a fotografia à verificação de programa de computador. Em agosto do ano passado, o INSS já havia anunciado que testaria a biometria para substituir a prova de vida tradicional. Uma das formas de garantir o reconhecimento dos beneficiários seria a comparação com imagens já cadastradas nos bancos de dados do governo, como no caso de segurados que possuem a versão digital da CNH.

Catarinense armado

Há em Santa Catarina, atualmente, 51,3 mil registros de armas ativas, ou a média de 716,4 para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto a média nacional é de 242. O que surpreende é que SC é o segundo Estado com a população mais armada do país. Só fica atrás do Acre, onde há 759 armas para cada grupo de 100 mil habitantes.

Dívidas fiscais

Em SC há mais de 1,07 milhão de processos de execução fiscal no sistema judiciário, das quais 32% com valor inferior a R$ 1 mil, mais baixo que as próprias custas de tramitação, que chegam a no mínimo R$ 1,6 mil. Para evitar que esses processos sobrecarreguem o fluxo do Judiciário, desde 2018 só se permite o ajuizamento de dívidas superiores a R$ 20 mil. Dado assombroso: se fossem cobradas as 20,400 mil ações fiscais com valores acima de 100 mil (sonegadores em sua grande maioria) as burras do Estado receberiam R$ 16 bilhões.

Clube Filatélico

Dia 21 de julho, o Clube Filatélico Brusquense completou 85 anos de existência. Fundado em 21 de julho de 1935, o clube é o mais antigo de Santa Catarina e reúne colecionadores de selos, moedas e cartões postais. A ideia de reunir esses colecionadores num Clube específico partiu de quatro amigos: Ayres Gevaerd, Érico Krieger, José Boiteux Piazza e Oscar Gustavo Krieger, tendo a primeira reunião se realizado na casa deste último. Para lembrar essa data no âmbito filatélico brusquense e nacional, os Correios lançaram um carimbo comemorativo, que ficará na agência local dos Correios durante 30 dias, período em que será utilizado em todas as correspondências expedidas em Brusque.

Auxílio cortado

Cerca de 3 milhões de pessoas tiveram o auxílio emergencial cancelado por possível invasão. De acordo com a Caixa, quem teve a conta digital (pela qual recebe o benefício) bloqueada deverá ir até a agência para comprovar a identidade. O banco alega que o processo de liberação será rápido. Centenas de milhares de contas foram suspensas. A grande maioria foi utilizada por hackers. A Polícia Federal investiga as irregularidades cometidas.

Trigo russo

Mais de seis meses depois de o Brasil criar uma cota de 750 mil toneladas para importação de trigo de países de fora do Mercosul, sem tarifa, a Rússia, maior exportador mundial do cereal, embarcou 70 mil toneladas para a M. Dias Branco neste mês. Em toda a safra 2019/2020, encerrada em 30 de junho, as vendas russas somam 90 mil toneladas, boa parte sem a isenção.

Atrasados do INSS

O Conselho da Justiça Federal (CJF) comunicou a liberação de R$ 1,8 bilhão para o pagamento de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) autuadas em junho. Do valor total disponibilizado, R$ 1,3 bilhão correspondem a valores previdenciários e assistenciais, cuja maioria dos credores é composta por segurados do INSS que ganharam ações judiciais de concessão ou de revisão de benefícios, como aposentadorias e pensões. Ao todo, 199 mil beneficiários foram incluídos neste lote de RPVs, sendo 103,5 mil segurados do INSS.

Reforma dos impostos

O ministro da Economia apresentou ao Congresso a primeira fase da proposta de reforma tributária do governo, restrita à unificação de PIS e Cofins. Embora estabeleça alíquota geral de 12%, a proposta traz cobrança menor para instituições financeiras, preserva parte dos regimes diferenciados existentes hoje e mantém isenções de itens da cesta básica. Esta será a primeira de quatro etapas da reforma preparada pelo governo. Entidades financeiras, incluindo bancos, planos de saúde e seguradoras, poderão manter a forma de apuração antiga com alíquota de 5,8%. O Simples Nacional será mantido integralmente.

Seguro-desemprego (1)

O governo está liberando o seguro-desemprego para que seja depositado em contas de outros bancos. Antes, o benefício era depositado em conta-poupança ou simplificada para correntistas da Caixa, pelo Cartão do Cidadão ou presencialmente. Essas opções seguem disponíveis. Ao fazer a solicitação, deve-se indicar em qual conta quer receber, desde que seja da mesma titularidade.

Reforma da previdência

SC continua atrasando a reforma da sua previdência estadual. Todo mês, o contribuinte catarinense banca cerca de R$ 400 milhões, porque o que o Estado arrecada dos servidores ativos não é suficiente para pagar inativos e pensionistas. Dinheiro que deixa de ir para outras prioridades. Dezoito Estados já fizeram a sua reforma.

Escalada do desemprego

A taxa de desemprego subiu para 12,4% em junho. Segundo o IBGE, a situação deve piorar ainda mais nos próximos meses, apesar da retomada discreta da economia, que não vai compensar o contingente excluído. Além disso, mais pessoas que estavam em isolamento devem voltar ao mercado à procura de vagas.

Justiça britânica

A Justiça britânica começou a decidir se a BPH pode ser processada no Reino Unido pelo rompimento da barragem do Fundão, em Mariana (MG). A ação movida por um escritório de advocacia internacional, reúne 200 mil pessoas e 22 municípios. Ao buscar a jurisdição britânica, o objetivo é acelerar uma decisão e as indenizações.

Construção sólida

A indústria e o varejo de materiais de construção devem conseguir, neste ano, faturamento muito próximo ao registrado em 2019, segundo a Votorantim Cimentos, Gerdau e Tigre.

Alta na gasolina

O aumento no preço da gasolina, após alguns meses de quedas pressionadas pela pandemia, fez com que a prévia da inflação de julho ficasse em 0,30%, segundo o IBGE. A gasolina subiu 4,47%, puxando o aumento nos transportes para 1,11% e exercendo o principal impacto no IPCA-15. Em junho, o índice ficou em 0,02%. Outros combustíveis também subiram: etanol (+4,92%), óleo diesel (+2,50%) e gás veicular (+0,01%). De nove grupos pesquisados, cinco tiveram aumento, com destaque para habitação (+0,5%) e artigos de residência (+0,68%).

Regras do consignado

O INSS vai adotar novas regras para o crédito consignado de aposentados e pensionistas. Uma delas é a redução do período de bloqueio para o endividamento de novos aposentados, de 90 dias para 30 dias. Além disso, o órgão criou uma carência de até 90 dias para o pagamento da primeira parcela. Os segurados também terão um limite maior para dívidas que são pagas por meio do cartão de crédito. As alterações são válidas até o final do ano, durante o estado de calamidade pública por causa da pandemia do corona.

Olhar para o futuro

Líderes populistas apenas levantam questões ligadas a temas como nacionalismo ou imigração, mas não trazem respostas para problemas reais. A solução para países como o Brasil é conhecida: eliminar a corrupção, criar um Estado de Direito, regras estáveis para as empresas e investimento maciço em educação, mas difícil de colocar em práticas.

Chevron

A Chevron fechou acordo para comprar a Noble Energy por US$ 13 bilhões, inteiramente em ações, incluídas dívidas. É o primeiro grande negócio na indústria mundial do petróleo desde que as tensões geopolíticas e a pandemia do Covid-19 desencadearam o colapso dos preços da commodity.

Benefícios federais

As medidas do governo para segurar a queda na renda durante a pandemia devem atenuar a contração no consumo das famílias, que ainda assim irá alcançar patamares recordes neste ano, superiores a 7%. Sem o pagamento de auxílio a trabalhadores formais e informais, além da liberação do saque emergencial do FGTS, essa queda poderia chegar a quase 10%. O alcance dos programas tem contribuído para melhorar as expectativas para a economia neste ano.

Nubank

O Nubank fechou acordo para comprar a empresa americana Cognitect, referência no mercado de engenharia de software, responsável pela criação de dois sistemas de tecnologia amplamente usados por engenheiros de programação: Clojure e Datomic. Fundado há 7 anos no Brasil, o banco digital atua também na Alemanha, México e Argentina.

Proibição ao corte

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter até o fim de 2020 a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores classificados como baixa renda. A medida vale enquanto durar o estado de emergência da pandemia de Covid-19. No entanto, volta a ser permitida, a partir de 1º de agosto, a possibilidade de corte de energia para consumidores residenciais e as relacionadas ao fornecimento de energia aos serviços e atividades consideradas essenciais, desde que os consumidores sejam reavisados.

Serviços

Em reunião com o ministro da Economia, empresários do ramo de serviços contestaram a ideia do governo de criar um imposto com alíquota de 12% sem que haja compensação, como desonerar encargos sobre a contratação de funcionários. Representantes do setor alegam que, sem a redução de encargos, o tributo elevaria a carga tributária. Integrantes do ministério dizem que a reforma não visa elevar a carga, e sim simplificar.

Protegendo aposentadoria

Bloquear empréstimos consignados, não informar dados pessoais pelo telefone, evitar emprestar o nome a parentes e amigos e acompanhar o extrato do benefício são algumas das recomendações para não colocar a grana em risco. A aposentadoria virou alvo ao servir de garantia para bancos e financeiras na contratação, principalmente, de empréstimos.

Auxílio-doença na Justiça

O trabalhador que não consegue receber o auxílio-doença administrativamente e recorre à Justiça pode garantir atrasados maiores, assegurar o pagamento do benefício integral e fugir da fila do INSS. Com as agências fechadas, o INSS está pagando auxílios no valor de R$ 1.045. Quem tiver direito a um benefício maior só receberá a diferença quando as perícias voltarem. Para quem tem ação judicial, os atrasados devem contar desde o dia em que o trabalhador agendou a perícia no INSS.

Auxílio vital

Os dados mais recentes indicam que o pior momento para a atividade econômica já ficou para trás. Depois do tombo recorde entre março e abril, resultante das medidas sanitárias de combate à pandemia, já se observou uma recuperação que parece continuar na entrada deste terceiro trimestre. O consumo das famílias, a produção da indústria e o movimento nas cidades mostram melhora suficiente para pelo menos afastar as previsões mais pessimistas para os resultados do ano. No auge da crise, houve quem falasse em encolhimento da economia de até 10%. Agora, já se dá como mais provável um número mais próximo dos 5%, que ainda é uma tragédia, aliás.

Índices desiguais

Primeiros dados antecedentes conhecidos para julho, os índices de confiança reforçam a percepção de que a retomada continuou no início do terceiro trimestre, mas de forma desigual e insuficiente para recuperar níveis pré-pandemia. A indústria saiu na frente. No comércio, 60% da queda foram compensadas.

Trabalho por projeto

Flexibilidade de horário, autonomia, equilíbrio entre o trabalho e vida pessoal, aprendizado e possibilidade de crescimento entre as motivações para profissionais qualificados que constroem uma carteira como freelancer. Embora 40% escolham a opção de trabalhar por projetos porque perderam o emprego, esta não é a motivação exclusiva, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Exportação agrícola

Não é só o Brasil, na América Latina, que está conseguindo ampliar suas exportações agrícolas em tempos de pandemia. Costa Rica, Argentina, Bolívia e Guatemala fazem parte do grupo de países da região que tem conseguido bons resultados nessa frente. Peru e Uruguai estão enfrentando problemas.

Pró-negócio Web

A mudança causada pela pandemia da Covid-19 em todo o planeta foi encarada pela Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e Região (AmpeBr) com muita seriedade. Com os eventos cancelados em todo o Estado de SC, inclusive a 53ª Pró-negócio, que seria realizada no mês de maio em Brusque, a entidade estudou caminhos e formas de possibilitar as negociações entre clientes e fabricantes do segmento de confecção, através da Pró-negócio Web. O evento realizado de 13 a 17 de julho, entra para a história da entidade brusquense e das próprias rodadas de negócios, realizadas no município desde 1997. Participaram desta edição inédita e totalmente online do evento, 150 empresas fabricantes de SC, que apresentaram a coleção Verão 2021. Quanto aos clientes, foram cerca de 600 compradores de empresas de todo o país, que prestigiaram a Pró-negócio Web e tiveram a oportunidade de realizar negócios.

Seguro-desemprego (2)

O aumento nos pedidos de seguro-desemprego está fazendo o ministro da Economia estudar como obter mais recursos para o benefício. Depois de pedir crédito a agências internacionais, ele planeja usar uma folga criada no cálculo do teto de gastos. O impacto da crise no mercado de trabalho já levou 3,9 milhões de pessoas a pedirem seguro-desemprego no primeiro semestre, o que representa alta de 14,8% ante igual período de 2019.

Unificação de tributos

Embora demonstrem apoio à proposta do governo de unificar impostos como PIS e Cofins, o presidente da Câmara dos Deputados e líderes partidários defendem que o Congresso siga com o debate em torno de uma proposta mais ampla. Líderes ressaltam que a primeira fase da reforma do governo, representa só uma parte das matérias discutidas pelos parlamentares. 

Escrito por Augusto Cesar Diegoli, 31/07/2020 às 14h11 | acdiegoli@gmail.com



Augusto Cesar Diegoli

Assina a coluna Economia & Negócios

Contabilista aposentado, graduado em Direito pela Univali (ex-Fepevi), pós graduado em Direito tributário e Finanças Empresariais pela Furb, árbitro/mediador e diretor da Câmara de Mediação e Arbitragrem de Brusque e diretor da Facema - Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem.