Jornal Página 3
Coluna
Mobilidade Urbana BC
Por Henrique da Silva Wendhausen

Aonde podemos melhorar a mobilidade urbana e humana de Balneário Camboriú

 
Há algum tempo atrás, quando ainda estava presidente da ACBC, um pouco antes da ciclofaixa da Avenida Atlântica ser implementada, conversei com o proprietário da empresa de transporte Expressul, Sr Evandro Ern.
 
Empresa está que detém a concessão do transporte público de Balneário Camboriú. Entre outros assuntos sobre mobilidade urbana, levei a idéia para que fosse implementada uma linha de ônibus, que só circula se pelas avenidas Brasil e Atlântica, diferente da do Bondinho. Linha esta que faria este trajeto sem parada final. Seria implementado também um sistema on line via celular, que o usuário poderia saber aonde se localizava o próximo ônibus que passaria pelo seu endereço naquele momento.
 
O Sr Evandro se mostrou interessado pela idéia e me garantiu que iria estudar o caso. Pois bem, por que toco neste assunto, a idéia que passei ao Sr Evandro é uma idéia que se implementada, vai garantir o aumento da circulação das pessoas não só pela avenida Atlântica mas também pela avenida Brasil. Desde que sejam colocados ônibus modernos e com o sistema on line da qual mencionei acima.
 
Muitos podem dizer que já temos o bondinho, mas este deveria servir somente aos turistas com o preço diferenciado que tem. Balneário carece e muito da melhora deste sistema de modal urbano, onde muita gente deixa de usá-lo pela falta não só do conforto, como também dos itinerários mal projetados.
 
Para encerrar, outra ação que já deveria estar sendo implementada, seria a dos corredores exclusivos para ônibus e taxis. As cidades comportam cada vez menos os automóveis e com a implementação desta obra é certo que vamos fazer com que as pessoas tenham um olhar diferenciado e mais positivo para estes modais, principalmente o ônibus, que leva o número de passageiros de quatro carros em seu interior.

Ps. Conceito pessoal "a mobilidade urbana é o conjunto da infraestrutura de ruas, calçadas e ciclovias e mobilidade humana é o próprio ser humano se deslocando a pé, de bicicleta, de cadeira de rodas, motocicletas, carros, ônibus, carretas e outros".

 

 

Escrito por Henrique da Silva Wendhausen, 20/05/2015 às 08h44 | h.s.wendhausen@gmail.com



Henrique da Silva Wendhausen

Assina a coluna Mobilidade Urbana BC

Administrador e cicloativista. Presidente da Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Mobilidade Urbana BC
Por Henrique da Silva Wendhausen

Aonde podemos melhorar a mobilidade urbana e humana de Balneário Camboriú

 
Há algum tempo atrás, quando ainda estava presidente da ACBC, um pouco antes da ciclofaixa da Avenida Atlântica ser implementada, conversei com o proprietário da empresa de transporte Expressul, Sr Evandro Ern.
 
Empresa está que detém a concessão do transporte público de Balneário Camboriú. Entre outros assuntos sobre mobilidade urbana, levei a idéia para que fosse implementada uma linha de ônibus, que só circula se pelas avenidas Brasil e Atlântica, diferente da do Bondinho. Linha esta que faria este trajeto sem parada final. Seria implementado também um sistema on line via celular, que o usuário poderia saber aonde se localizava o próximo ônibus que passaria pelo seu endereço naquele momento.
 
O Sr Evandro se mostrou interessado pela idéia e me garantiu que iria estudar o caso. Pois bem, por que toco neste assunto, a idéia que passei ao Sr Evandro é uma idéia que se implementada, vai garantir o aumento da circulação das pessoas não só pela avenida Atlântica mas também pela avenida Brasil. Desde que sejam colocados ônibus modernos e com o sistema on line da qual mencionei acima.
 
Muitos podem dizer que já temos o bondinho, mas este deveria servir somente aos turistas com o preço diferenciado que tem. Balneário carece e muito da melhora deste sistema de modal urbano, onde muita gente deixa de usá-lo pela falta não só do conforto, como também dos itinerários mal projetados.
 
Para encerrar, outra ação que já deveria estar sendo implementada, seria a dos corredores exclusivos para ônibus e taxis. As cidades comportam cada vez menos os automóveis e com a implementação desta obra é certo que vamos fazer com que as pessoas tenham um olhar diferenciado e mais positivo para estes modais, principalmente o ônibus, que leva o número de passageiros de quatro carros em seu interior.

Ps. Conceito pessoal "a mobilidade urbana é o conjunto da infraestrutura de ruas, calçadas e ciclovias e mobilidade humana é o próprio ser humano se deslocando a pé, de bicicleta, de cadeira de rodas, motocicletas, carros, ônibus, carretas e outros".

 

 

Escrito por Henrique da Silva Wendhausen, 20/05/2015 às 08h44 | h.s.wendhausen@gmail.com



Henrique da Silva Wendhausen

Assina a coluna Mobilidade Urbana BC

Administrador e cicloativista. Presidente da Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú