Jornal Página 3
Coluna
Nascer
Por Ellen Mendes

Uma dança a dois

 

Hoje recebi uma mensagem muito significativa de uma gestante, que um tempo atrás pediu ajuda, pois tinha pânico do parto. Quantas mulheres vivem sentimentos ambivalentes durante a gestação? Hoje essa mulher disse que estava empolgada e esperando seu bebê vir no tempo dele.
O que será que fez ela passar do pânico para a vontade de vivenciar o parto?

Não existe milagre que faça uma mulher perder o medo. O que existe é o conhecimento do processo e entender que quanto mais conectada com seu corpo e seu bebê mais a natureza irá agir (e ela é perfeita). Entender a fisiologia do parto é entender que ele funciona como uma dança a dois, onde a mãe se movimenta aqui fora sentindo as contrações e achando uma melhor posição e o bebê se movimenta lá dentro, fazendo as rotações, movendo o corpinho e se encaixando para sair. Tudo ocorre sincronizada e perfeitamente.

O empoderar da mulher, o tornar-se dona de si é como uma escada, a cada leitura, um degrau, a cada conversa de qualidade, mais um degrau, e a cada degrau, menos medo. E quanto menor o medo, mais felicidade em passar por todo o processo.

Se você está gestando, se presenteie com informação de qualidade. Se conecte com sua essência e se abra para viver a melhor aventura de sua vida.

 

Escrito por Ellen Mendes, 18/11/2020 às 10h19 | ellenmendesfotografia@gmail.com



Ellen Mendes

Assina a coluna Nascer

Ellen Mendes é mãe de três meninas, fotógrafa de nascimentos e encantada pelo universo do parto natural.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
Nascer
Por Ellen Mendes

Uma dança a dois

 

Hoje recebi uma mensagem muito significativa de uma gestante, que um tempo atrás pediu ajuda, pois tinha pânico do parto. Quantas mulheres vivem sentimentos ambivalentes durante a gestação? Hoje essa mulher disse que estava empolgada e esperando seu bebê vir no tempo dele.
O que será que fez ela passar do pânico para a vontade de vivenciar o parto?

Não existe milagre que faça uma mulher perder o medo. O que existe é o conhecimento do processo e entender que quanto mais conectada com seu corpo e seu bebê mais a natureza irá agir (e ela é perfeita). Entender a fisiologia do parto é entender que ele funciona como uma dança a dois, onde a mãe se movimenta aqui fora sentindo as contrações e achando uma melhor posição e o bebê se movimenta lá dentro, fazendo as rotações, movendo o corpinho e se encaixando para sair. Tudo ocorre sincronizada e perfeitamente.

O empoderar da mulher, o tornar-se dona de si é como uma escada, a cada leitura, um degrau, a cada conversa de qualidade, mais um degrau, e a cada degrau, menos medo. E quanto menor o medo, mais felicidade em passar por todo o processo.

Se você está gestando, se presenteie com informação de qualidade. Se conecte com sua essência e se abra para viver a melhor aventura de sua vida.

 

Escrito por Ellen Mendes, 18/11/2020 às 10h19 | ellenmendesfotografia@gmail.com



Ellen Mendes

Assina a coluna Nascer

Ellen Mendes é mãe de três meninas, fotógrafa de nascimentos e encantada pelo universo do parto natural.