Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Artistas catarinenses mostram sua arte na Suécia

Terça, 25/4/2017 14:02.
Suelene Junkes

Publicidade

Onze artistas catarinenses, inclusive com representantes de Balneário Camboriú, foram selecionados e vão expor, de 26 de maio a 1º de junho, na Galeria Bellman, em Estocolmo, na Suécia.

De acordo com a organizadora do evento, a catarinense e artista plástica Suelene Junkes, “estamos fazendo a primeira Ponte Cultural Brasil-Suécia, mostrando o que temos de melhor em arte contemporânea catarinense para os suecos”.

Além de Suelene Junkes, vão participar da mostra os artistas: Meg Tomio Roussenq, Giovanna Mubarac Detoni, Haro Wolff, Angela Mackrodt, Olga Aquino, Miriam Freitas Porto, Luiz Heinzen, Rosane Granzotto, Rute Siegel, Suelene Junkes e Joana Öberg.

Suelene, que já mostrou seu trabalho no Museu do Louvre, mora na Europa há mais de uma década e há mais de cinco está sediada em Estocolmo.

Foi dela a iniciativa de contatar os artistas locais e falar com as autoridades suecas, acertando a exposição.

Ela criou até um site, o www.pontecultural.com para centralizar as informações.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Suelene Junkes

Artistas catarinenses mostram sua arte na Suécia

Publicidade

Terça, 25/4/2017 14:02.

Onze artistas catarinenses, inclusive com representantes de Balneário Camboriú, foram selecionados e vão expor, de 26 de maio a 1º de junho, na Galeria Bellman, em Estocolmo, na Suécia.

De acordo com a organizadora do evento, a catarinense e artista plástica Suelene Junkes, “estamos fazendo a primeira Ponte Cultural Brasil-Suécia, mostrando o que temos de melhor em arte contemporânea catarinense para os suecos”.

Além de Suelene Junkes, vão participar da mostra os artistas: Meg Tomio Roussenq, Giovanna Mubarac Detoni, Haro Wolff, Angela Mackrodt, Olga Aquino, Miriam Freitas Porto, Luiz Heinzen, Rosane Granzotto, Rute Siegel, Suelene Junkes e Joana Öberg.

Suelene, que já mostrou seu trabalho no Museu do Louvre, mora na Europa há mais de uma década e há mais de cinco está sediada em Estocolmo.

Foi dela a iniciativa de contatar os artistas locais e falar com as autoridades suecas, acertando a exposição.

Ela criou até um site, o www.pontecultural.com para centralizar as informações.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade