Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
‘O Ambientalista’ estreia nesta quarta-feira no Teatro Municipal

A peça fala sobre meio ambiente e o ingresso é gratuito

Quarta, 16/8/2017 9:31.
José Guimarães.

Publicidade

O espetáculo “O Ambientalista: uma aventura mística em Balneário Camboriú” será apresentado no Teatro Bruno Nitz, nesta quarta e quinta-feira (16 e 17), às 20h. A entrada é gratuita.

A historia se desenvolve em Balneário Camboriú e apresenta a preocupação de dois jovens sobre o futuro deles e do planeta em que vivem, sempre com foco nas questões ambientais.

Após um grave acidente, a personagem Bia vem passar as férias de verão na casa de sua tia. Na cidade, a garota conhece uma figura misteriosa que perambula pelas praias e deixa anotações na areia.

“O Ambientalista” estreou em março, é baseado no livro homônimo da escritora Eliana Ruiz Jimenez.

O espetáculo da Cia.Ler e Viver tem o apoio do Ministério Público e da Fundação Cultural e duração de 60 minutos. A direção geral é de Potyra Najara, e a produção, de Deyvid Kevitz. Fábio Castilho fez a adaptação do texto.

Homenagem

Na opinião de Potyra Najara, diretora geral da peça, esta é uma bela homenagem a Balneário Camboriú, porque toda a história é ambientada na cidade e estão em cena as praias agrestes, o sítio histórico da cidade, bairro da Barra, e os personagens moram aqui.

“É uma ficção, mas com histórias que podem ter acontecido com qualquer morador. A maior parte do elenco é de jovens atores que vem construindo sua trajetória artística em Balneário e na produção e direção também estão moradores de BC. Nos dá muito orgulho apresentar O Ambientalista no Teatro Municipal, trazer o público para assistir um espetáculo que foi feito com tanto cuidado e carinho para o nosso teatro.

Ser diretora de O Ambientalista me faz ter ainda mais certeza de que estamos escrevendo uma linda história na cultura de nossa cidade”, afirmou Potyra.

A montagem do cenário e a escolha dos figurinos também mostra a preocupação da produção do espetáculo com o meio ambiente, porque investiu em elementos da natureza.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
José Guimarães.

‘O Ambientalista’ estreia nesta quarta-feira no Teatro Municipal

A peça fala sobre meio ambiente e o ingresso é gratuito

Publicidade

Quarta, 16/8/2017 9:31.

O espetáculo “O Ambientalista: uma aventura mística em Balneário Camboriú” será apresentado no Teatro Bruno Nitz, nesta quarta e quinta-feira (16 e 17), às 20h. A entrada é gratuita.

A historia se desenvolve em Balneário Camboriú e apresenta a preocupação de dois jovens sobre o futuro deles e do planeta em que vivem, sempre com foco nas questões ambientais.

Após um grave acidente, a personagem Bia vem passar as férias de verão na casa de sua tia. Na cidade, a garota conhece uma figura misteriosa que perambula pelas praias e deixa anotações na areia.

“O Ambientalista” estreou em março, é baseado no livro homônimo da escritora Eliana Ruiz Jimenez.

O espetáculo da Cia.Ler e Viver tem o apoio do Ministério Público e da Fundação Cultural e duração de 60 minutos. A direção geral é de Potyra Najara, e a produção, de Deyvid Kevitz. Fábio Castilho fez a adaptação do texto.

Homenagem

Na opinião de Potyra Najara, diretora geral da peça, esta é uma bela homenagem a Balneário Camboriú, porque toda a história é ambientada na cidade e estão em cena as praias agrestes, o sítio histórico da cidade, bairro da Barra, e os personagens moram aqui.

“É uma ficção, mas com histórias que podem ter acontecido com qualquer morador. A maior parte do elenco é de jovens atores que vem construindo sua trajetória artística em Balneário e na produção e direção também estão moradores de BC. Nos dá muito orgulho apresentar O Ambientalista no Teatro Municipal, trazer o público para assistir um espetáculo que foi feito com tanto cuidado e carinho para o nosso teatro.

Ser diretora de O Ambientalista me faz ter ainda mais certeza de que estamos escrevendo uma linda história na cultura de nossa cidade”, afirmou Potyra.

A montagem do cenário e a escolha dos figurinos também mostra a preocupação da produção do espetáculo com o meio ambiente, porque investiu em elementos da natureza.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade