Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Surto lança edital de artes no valor de R$ 3,2 mil

Recursos foram arrecadados em leilões promovidos pela própria feira

Quarta, 13/9/2017 15:05.

Publicidade

A ‘Surto: feira de ideias impressas’ acaba de lançar o seu primeiro edital de artes, no valor de R$ 3,2 mil.

O montante foi arrecadado graças aos próprios artistas que doaram seus trabalhos para serem leiloados. O primeiro leilão arrecadou R$ 1,8 mil e o segundo R$ 1,4 mil. Os recursos serão integralmente investidos em um projeto que será selecionado pelo edital.

“Para nós da organização é muito emocionante ver esta cena acontecendo, porque criamos um novo caminho de fomento à arte com a própria arte. É mais uma prova do potencial de mudança e da força que os artistas têm, principalmente quando unidos”, defendeu um dos idealizadores da feira, Sérgio Antonio Ulber.

O edital intitulado “Não estamos mortos”, está com inscrições abertas até 15 de dezembro - apenas para projetos inéditos. Os interessados poderão enviar um email com informações, links e materiais para análise.

O contemplado deverá usar apenas os R$ 3,2 mil para desenvolver seu projeto, não poderá contar com recursos pessoais ou patrocínio. Para a organização, isso seria injusto com os demais participantes.

As propostas serão analisadas por cinco curadores convidados. O resultado será divulgado no primeiro semestre de 2018.

A ‘Surto: feira de ideias impressas’ acontece esporadicamente e de forma itinerante. Ela tem objetivo de aproximar artistas e selos independentes do público.

Saiba mais aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Surto lança edital de artes no valor de R$ 3,2 mil

Recursos foram arrecadados em leilões promovidos pela própria feira

Publicidade

Quarta, 13/9/2017 15:05.

A ‘Surto: feira de ideias impressas’ acaba de lançar o seu primeiro edital de artes, no valor de R$ 3,2 mil.

O montante foi arrecadado graças aos próprios artistas que doaram seus trabalhos para serem leiloados. O primeiro leilão arrecadou R$ 1,8 mil e o segundo R$ 1,4 mil. Os recursos serão integralmente investidos em um projeto que será selecionado pelo edital.

“Para nós da organização é muito emocionante ver esta cena acontecendo, porque criamos um novo caminho de fomento à arte com a própria arte. É mais uma prova do potencial de mudança e da força que os artistas têm, principalmente quando unidos”, defendeu um dos idealizadores da feira, Sérgio Antonio Ulber.

O edital intitulado “Não estamos mortos”, está com inscrições abertas até 15 de dezembro - apenas para projetos inéditos. Os interessados poderão enviar um email com informações, links e materiais para análise.

O contemplado deverá usar apenas os R$ 3,2 mil para desenvolver seu projeto, não poderá contar com recursos pessoais ou patrocínio. Para a organização, isso seria injusto com os demais participantes.

As propostas serão analisadas por cinco curadores convidados. O resultado será divulgado no primeiro semestre de 2018.

A ‘Surto: feira de ideias impressas’ acontece esporadicamente e de forma itinerante. Ela tem objetivo de aproximar artistas e selos independentes do público.

Saiba mais aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade