Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Festival Internacional de Violão segue até domingo, em Balneário Camboriú

Segunda, 29/10/2018 14:01.

Com a participação de vários solistas, palestras, oficinas, master classes e o lançamento de dois livros, inicia nesta quinta-feira (1), o II Festival Internacional de Violão de Balneário Camboriú, no Teatro Municipal Bruno Nitz.

Serão quatro dias de intensa programação.

Entre os solistas convidados, Gabriel Schebor, Daniel Wolff, Cristian Faig, Jaime Zenamon, além do Quinteto de Cordas da Ilha.

“Além de grande quantidade de novidades, o principal é que teremos muita música, a maioria em estreia absoluta, primeiras audições de obras para o Brasil, primeiras audições americanas e estreias mundiais”, disse o diretor artístico do Festival, Marcos Pablo Dalmacio, lembrando sempre que todos os eventos programados são gratuitos.

Livros

O violonista e professor Max Riccio, do Rio de Janeiro, é uma das novidades do festival. Ele estará em Balneário Camboriú apresentando seu livro ‘O Violão entrou na roda’, lançado este ano.

“Ele não estava na programação oficial, mas decidiu prestigiar o festival e aqui apresentará seu livro didático. Saliento sua nobreza e boa disposição, pois fará isto com recursos próprio”, comentou Dalmacio.

Músico, compositor e organizador do festival, Dalmacio também estará lançando oficialmente seu livro ‘A sonata para guitarra na Viena de Beethoven e Schubert’.

Mais novidades

Rodrigo Valentini, da Nobre Treinamentos, fará uma palestra sobre os 'Fatores do Sucesso' ; o artista plástico Victor Siezcko estará expondo novas obras e o maestro e compositor Jaime Zenamon, a quem foi comissionada uma composição que estreará no último concerto, estará presente durante o festival.

“Tudo isto sem contar que todos os dias teremos concertos, e no domingo, dia final, não um, mas dois concertos. Os músicos convidados serão solistas juntos ao Quinteto de Cordas da Ilha (Florianópolis) oferecendo estreias de obras às 17h e às 20h. Dois programas diferentes”, destacou Dalmacio.

Público

“Eu espero que haja uma boa afluência de público. Na questão didática é surpreendente a escassa participação das pessoas do meio violonístico local e regional. Se formos considerar que em Itajaí há um curso de violão na universidade, e também no conservatório de música popular, e uma associação de violão, o grau de interesse que demonstram é muito baixo”, lamentou o violonista.

Realização

“Este festival foi possível graças a um edital de apoio criado pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, e devo dizer que além do edital em si, a própria equipe da Fundação tem sido muito atenciosa com todas as pessoas que aprovaram projetos, ajudando na capacitação para a correta realização dos mesmos, e sempre dispostos a trabalhar sobre as dúvidas decorrentes, o que representa um grande respaldo, pois são muitos detalhes a ter em conta quando se trabalha com recursos públicos”, disse o diretor do festival.

Quinteto

Na véspera do Festival, nesta quarta-feira (31), a Orquestra de Cordas da Ilha estará se apresentando no teatro Ademir Rosa, de Florianópolis, junto ao solista de violino, Juan Rossi, e de contrabaixo, Gustavo Fontes, interpretando obras de Saint-Saëns, Mendelssohn e Bottesini.

Programação

1/11 (quinta-feira)

Recepção dos inscritos - a partir das 17h

Apresentação do Festival - 19h30

Recital de abertura - 20h

-Pablo De Mello Heredia / Daniel Paranhos

-Daniel Wolff (BR)

2/11 (sexta-feira)

Masterclass - 9h às 12h

-Gabriel Schebor

-Marcos Pablo Dalmacio

Masterclass - 14h às 17h

-Gabriel Schebor

-Daniel Wolff

Palestra - 18h

- Rodrigo Rafael Valentini

Recital - 20h

-Benedikt Mensing (AL/BR)

-Exposição Victor Sieczko (Artista Plástico)

-Marcos Pablo Dalmacio (AR/BR)

3/11 (sábado)

Masterclass - 9h às 12h

-Daniel Wolff

-Marcos Pablo Dalmacio

Apresentação de livro - 17h

- Marcos Pablo Dalmacio

Recital de alunos - 18h

Recital - 20h

-Cristo Miguel De La Cruz (MX/BR)

-Gabriel Schebor (AR)

4/11 (domingo)

Concerto especial - 17h

-Daniel Wolff, Gabriel Schebor, Marcos Pablo Dalmacio e Quarteto de Cordas

Concerto de encerramento - 20h

-Solista e Orquestra de Cordas da Ilha e solista convidado Cristian Andres Faig (flauta)

-Estreia de obra comissionada ao compositor Jaime Zenamon.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Festival Internacional de Violão segue até domingo, em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 29/10/2018 14:01.

Com a participação de vários solistas, palestras, oficinas, master classes e o lançamento de dois livros, inicia nesta quinta-feira (1), o II Festival Internacional de Violão de Balneário Camboriú, no Teatro Municipal Bruno Nitz.

Serão quatro dias de intensa programação.

Entre os solistas convidados, Gabriel Schebor, Daniel Wolff, Cristian Faig, Jaime Zenamon, além do Quinteto de Cordas da Ilha.

“Além de grande quantidade de novidades, o principal é que teremos muita música, a maioria em estreia absoluta, primeiras audições de obras para o Brasil, primeiras audições americanas e estreias mundiais”, disse o diretor artístico do Festival, Marcos Pablo Dalmacio, lembrando sempre que todos os eventos programados são gratuitos.

Livros

O violonista e professor Max Riccio, do Rio de Janeiro, é uma das novidades do festival. Ele estará em Balneário Camboriú apresentando seu livro ‘O Violão entrou na roda’, lançado este ano.

“Ele não estava na programação oficial, mas decidiu prestigiar o festival e aqui apresentará seu livro didático. Saliento sua nobreza e boa disposição, pois fará isto com recursos próprio”, comentou Dalmacio.

Músico, compositor e organizador do festival, Dalmacio também estará lançando oficialmente seu livro ‘A sonata para guitarra na Viena de Beethoven e Schubert’.

Mais novidades

Rodrigo Valentini, da Nobre Treinamentos, fará uma palestra sobre os 'Fatores do Sucesso' ; o artista plástico Victor Siezcko estará expondo novas obras e o maestro e compositor Jaime Zenamon, a quem foi comissionada uma composição que estreará no último concerto, estará presente durante o festival.

“Tudo isto sem contar que todos os dias teremos concertos, e no domingo, dia final, não um, mas dois concertos. Os músicos convidados serão solistas juntos ao Quinteto de Cordas da Ilha (Florianópolis) oferecendo estreias de obras às 17h e às 20h. Dois programas diferentes”, destacou Dalmacio.

Público

“Eu espero que haja uma boa afluência de público. Na questão didática é surpreendente a escassa participação das pessoas do meio violonístico local e regional. Se formos considerar que em Itajaí há um curso de violão na universidade, e também no conservatório de música popular, e uma associação de violão, o grau de interesse que demonstram é muito baixo”, lamentou o violonista.

Realização

“Este festival foi possível graças a um edital de apoio criado pela Fundação Cultural de Balneário Camboriú, e devo dizer que além do edital em si, a própria equipe da Fundação tem sido muito atenciosa com todas as pessoas que aprovaram projetos, ajudando na capacitação para a correta realização dos mesmos, e sempre dispostos a trabalhar sobre as dúvidas decorrentes, o que representa um grande respaldo, pois são muitos detalhes a ter em conta quando se trabalha com recursos públicos”, disse o diretor do festival.

Quinteto

Na véspera do Festival, nesta quarta-feira (31), a Orquestra de Cordas da Ilha estará se apresentando no teatro Ademir Rosa, de Florianópolis, junto ao solista de violino, Juan Rossi, e de contrabaixo, Gustavo Fontes, interpretando obras de Saint-Saëns, Mendelssohn e Bottesini.

Programação

1/11 (quinta-feira)

Recepção dos inscritos - a partir das 17h

Apresentação do Festival - 19h30

Recital de abertura - 20h

-Pablo De Mello Heredia / Daniel Paranhos

-Daniel Wolff (BR)

2/11 (sexta-feira)

Masterclass - 9h às 12h

-Gabriel Schebor

-Marcos Pablo Dalmacio

Masterclass - 14h às 17h

-Gabriel Schebor

-Daniel Wolff

Palestra - 18h

- Rodrigo Rafael Valentini

Recital - 20h

-Benedikt Mensing (AL/BR)

-Exposição Victor Sieczko (Artista Plástico)

-Marcos Pablo Dalmacio (AR/BR)

3/11 (sábado)

Masterclass - 9h às 12h

-Daniel Wolff

-Marcos Pablo Dalmacio

Apresentação de livro - 17h

- Marcos Pablo Dalmacio

Recital de alunos - 18h

Recital - 20h

-Cristo Miguel De La Cruz (MX/BR)

-Gabriel Schebor (AR)

4/11 (domingo)

Concerto especial - 17h

-Daniel Wolff, Gabriel Schebor, Marcos Pablo Dalmacio e Quarteto de Cordas

Concerto de encerramento - 20h

-Solista e Orquestra de Cordas da Ilha e solista convidado Cristian Andres Faig (flauta)

-Estreia de obra comissionada ao compositor Jaime Zenamon.

Publicidade

Publicidade